Verônica Ferriani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Verônica Ferriani
Benito-di-paula-veronica-ferriani.jpg
Verônica Ferriani se apresenta com Benito Di Paula, 2012
Informação geral
Nome completo Verônica Ferriani
Nascimento 7 de fevereiro de 1978 (40 anos)
Origem Ribeirão Preto, SP
País  Brasil
Gênero(s) MPB, jazz
Ocupação(ões) cantora, compositora
Instrumento(s) vocal, violão, pandeiro
Período em atividade 2004 — presente
Gravadora(s) Independente
Afiliação(ões) Ella Fitzgerald, Maria Bethânia, João Nogueira, Clara Nunes, Beth Carvalho, Luísa Maita, Paula Supelos aka Paulão
Página oficial www.veronicaferriani.com.br

Verônica Ferriani (Ribeirão Preto, 7 de fevereiro de 1978) é cantora e compositora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estreou como cantora em 2004, após ter se formado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, a convite do compositor e violonista Chico Saraiva, vencedor do Prêmio Visa (2003).

Sua primeira temporada profissional foi realizada no Traço de União, importante reduto do samba em São Paulo, abrindo e atuando como mestre de cerimônias nos shows de Monarco, Nelson Sargento, Riachão, Wilson Moreira, Wilson das Neves, Tia Doca, Tia Surica, Noca da Portela, Billy Blanco e Luiz Carlos da Vila, entre tantos outros membros da Velha Guarda do samba, o que lhe valeu convite para temporada de dois anos no Carioca da Gema (Lapa, RJ) e também no Ó do Borogodó (SP).

Gravou o programa Som Brasil (TV Globo) em 2007, antes mesmo do lançamento de seu primeiro CD. Verônica integrou também a Gafieira São Paulo, que manteve longa temporada no Tom Jazz (SP), recebendo sambistas da nova geração como Roberta Sá, Teresa Cristina, Fabiana Cozza, Moyseis Marques, entre outros. Em 2011, o grupo foi vencedor do Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Grupo de Samba. Nessa trajetória, dividiu palcos com Beth Carvalho, Jair Rodrigues, Francis Hime, Martinho da Vila, Tom Zé, Élton Medeiros, Moacyr Luz, Moska, Marcelo D2, Spokfrevo Orquestra, Mart'nália e Criolo, entre outros.

Em 2009, lançou seu álbum de estreia, intitulado Verônica Ferriani. Produzido por BiD, traz no repertório uma seleção cuidadosa de pérolas escondidas, extraídas das obras de compositores consagrados como Gonzaguinha, Marcos Valle, João Donato, Cassiano, Assis Valente e Paulinho da Viola, além de 2 composições inéditas de Rubens Nogueira e Paulo César Pinheiro.

No mesmo ano, lançou o CD Sobre Palavras em parceria com o compositor e violonista Chico Saraiva, de composições inéditas dele com o letrista Mauro Aguiar, gravado como Prêmio pelo Projeto Pixinguinha (Funarte, 2008/09). O disco deu a Verônica o Prêmio Catavento, da Rádio Cultura, na categoria melhor cantora.

Ao longo do ano de 2011 esteve em turnê com Toquinho em show voz e violão, passando por diversas capitais.

Em 2012 e 2013, integrou o projeto "Novas Vozes do Brasil", a convite do Itamaraty, em parceria com as Embaixadas do Brasil pelo mundo, apresentando-se em shows na Feira Internacional do Livro de Bogotá (Colômbia), na Casa da Música (Porto, Portugal), no Palácio da Música Catalã (Barcelona / Espanha), na Casa do Brasil (Madri / Espanha), no USADBA Festival (Moscou e Ekaterimburgo / Rússia) e no Japão (Ayoama Festival - Tóquio, além de apresentações em Nagoya, Kamakura, Yamagata e Fukuoka). Em 2014 e 2016 voltou a integrar o projeto, apresentando-se em Tel Aviv, em Israel, e em Madri, Málaga, Oviedo e Barcelona, na Espanha.

Em novembro de 2013 lançou seu primeiro álbum totalmente autoral, Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio, produzido por Marcelo Cabral e Gustavo Ruiz, percorrendo 13 países e mais de 60 cidades diferentes mundo afora, num total de 105 apresentações.

Em 2016, venceu o Prêmio Profissionais da Música, na categoria melhor cantora.

Prepara para 2017 o lançamento de seu próximo álbum autoral.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio (Independente/Tratore), Verônica Ferriani
  • 2010 - Convite à Gafieira (Selo Sonora), Gafieira São Paulo
  • 2009 - Sobre Palavras (Selo Borandá), Verônica Ferriani e Chico Saraiva
  • 2009 - Verônica Ferriani (Independente/Tratore), Verônica Ferriani

CD "Verônica Ferriani"[editar | editar código-fonte]

  1. Um sorriso nos lábios (Gonzaguinha)
  2. If you want to be a lover (Oscar Brown Jr. e Luiz Henrique)
  3. Com mais de trinta (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle)
  4. Eu amo você (Cassiano e Silvio Rochael)
  5. Perder e ganhar (Paulinho da Viola)
  6. Retalhos (Paulo Debétio e Paulinho Resende)
  7. Bem feito (Rubens Nogueira e Paulo César Pinheiro)
  8. Ahiê (João Donato e Paulo César Pinheiro)
  9. Fez bobagem (Assis Valente)
  10. Na volta da ladeira (Rubens Nogueira e Paulo César Pinheiro)

CD "Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio"[editar | editar código-fonte]

  1. Estampa e só (Verônica Ferriani)
  2. Zepelins (Verônica Ferriani)
  3. De boca cheia (Verônica Ferriani)
  4. Ele não volta mais (Verônica Ferriani)
  5. Era preciso saber (Verônica Ferriani)
  6. À segunda vista (Verônica Ferriani)
  7. Dança a menina (Verônica Ferriani)
  8. Não é não (Verônica Ferriani)
  9. Esvaziou (Verônica Ferriani)
  10. C'est la vie (Verônica Ferriani)
  11. Lábia palavra (Verônica Ferriani)

Projetos especiais[editar | editar código-fonte]

  • 2016 - Participação no Projeto Novas Vozes do Brasil, a convite do Itamaraty e das Embaixadas do Brasil em Madri e Buenos Aires.
  • 2016 - Participação da Virada Cultural Paulista, em Ribeirão Preto.
  • 2015 - Turnê de lançamento de seu disco autoral, Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio, através do Circuito SESI, Virada Cultural Paulista, CAIXA Cultural.
  • 2014 - Participação no Projeto Novas Vozes do Brasil, a convite do Itamaraty e da Embaixada do Brasil em Tel Aviv.
  • 2014 - Turnê de lançamento de seu disco autoral, Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio, através do Circuito Cultural Paulista, Virada Cultural Paulista, Levada Oi Futuro (RJ), Som na Faixa (SP), SESC Pompeia (SP), 'entre outros.
  • 2014 - Participação no Projeto Samba de Bamba, no Teatro da Caixa Cultural, em Curitiba.
  • 2014 - Participação no Projeto Centenário de Lupicínio Rodrigues, em 4 shows no SESC Bom Retiro, ao lado da cantora Célia e de Zé Renato.
  • 2013 - Lançamento do CD autoral "Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio" no Auditório Ibirapuera.
  • 2013 - Participação no Projeto Novas Vozes do Brasil, a convite do Itamaraty e das Embaixadas do Brasil em Bogotá, Lisboa, Madri, Moscou e Tóquio.
  • 2012 - Participação, ao lado de Monarco, no Projeto "Contos de Areia - 70 Anos de Clara Nunes" no CCBB Brasília, com curadoria de Monica Ramalho e Luís Filipe de Lima, também diretor musical e arranjador; integraram o projeto: Joyce, Teresa Cristina, Delcio Carvalho, Maíra Freitas, Nei Lopes, Nilze Carvalho, Mariene de Castro, Pedro Miranda, Elton Medeiros e Fabiana Cozza;
  • 2012 - Gravação da faixa "Muito diferente" no CD "A voz da mulher na obra de Guilherme Arantes" (Joia Moderna), com produção musical do DJ Zé Pedro e Thiago Marques Luís;
  • 2011 - Participação especial na turnê voz e violão do compositor e cantor Toquinho, com shows realizados em Natal, Porto Alegre, São Paulo (Festival Natura Nós, Clube Pinheiros e HSBC), Belo Horizonte, Jandira/SP, Curitiba, Rio de Janeiro;
  • 2011 - Participação, ao lado de Zé Renato, no Projeto "Cale-se - A Censura Musical" nos CCBBs SP e RJ, concebido e dirigido por Marcus Fernando; integraram o projeto: Eduardo Dussek e Silvia Machete, Fátima Guedes e Luiz Mazzioti, e Alfredo Del Penho e Inês Viana;
  • 2011 - Gravação do DVD "A voz da mulher na obra de Taiguara", no Memorial da América Latina, ao lado de Fafá de Belém, Fernando Porto, Cida Moreira, Vânia Bastos, entre outros;
  • 2011 - Gravação do CD "A voz da mulher na obra de Taiguara" (Joia Moderna), produzido pelo DJ Zé Pedro e Thiago Marques Luiz, lançado pela gravadora Joia Moderna;
  • 2011 - Show do CD "Verônica Ferriani" pela Virada Cultural Paulista, em Santa Bárbara D'Oeste;
  • 2011 - Show do CD "Verônica Ferriani" nas Feiras do Livro de Ribeirão Preto e São Joaquim da Barra;
  • 2011 - Gravação da faixa "Se você me ouvisse" no CD "Uma flor para Nélson Cavaquinho", (Lua Discos), produção musical de Thiago Marques Luís, e com participações de Alcione, Emílio Santiago, Beth Carvalho, Arnaldo Antunes, Luis Melodia, entre outros;
  • 2010 - Participação especial em shows de Ivan Lins no teatro do SESC Pinheiros;
  • 2010 - Participação especial em shows da Spokfrevo Orquestra, no teatro do SESC Pompeia;
  • 2010 - 2010 - Shows de lançamento do CD "Adoniran - 100 Anos" no teatro do SESC Vila Mariana, ao lado de Maria Alcina, Oswaldinho da Cuíca e Virgínia Rosa;
  • 2010 - Gravação da faixa "Nóis não usa as bleque tais" no CD "Adoniran - 100 Anos" (Lua Discos), com participações de Zélia Duncan, Mart'nália, Cauby Peixoto, entre outros, e produção de Thiago Marques Luís;
  • 2009 - Shows de lançamento do CD "Ataulfo Alves - 100 Anos" ao lado de Alaíde Costa, no CCSP (Vergueiro) e no teatro do SESC Vila Mariana, ao lado de Germano Mathias e Zezé Motta, entre outros;
  • 2009 - Gravação da faixa "Pavio da Verdade" no CD "Ataulfo Alves - 100 Anos" (Lua Discos), com participações de Elba Ramalho, Elza Soares e Luis Melodia, entre outros;
  • 2009 - Gravação e lançamento do CD "Sobre Palavras" como prêmio do Projeto Pixinguinha - Funarte, MinC;
  • 2009 - Projeto "Alô, alô?: 100 Anos de Carmem Miranda" nos CCBBs RJ, SP e Brasília, concebido e dirigido por Luís Filipe de Lima, com participações de Roberta Sá e Pedro Luís, Verônica Ferriani e Pedro Miranda, Eduardo Dussek e Rita Ribeiro, Marcos Sacramento e Beatriz Faria, além de comentários de Ruy Castro e Sérgio Cabral;
  • 2008 - Gafieira São Paulo. Temporada semanal no Tom Jazz, São Paulo (SP);
  • 2008 - Verônica Ferriani e Maestro Spok. Temporada no Bar Frida Khalo, Recife (PE);
  • 2008 - Verônica Ferriani. Palco das Meninas, Virada Cultural, São Paulo (SP);
  • 2008 - Verônica Ferriani. Virada Cultural Paulista, Ribeirão Preto (SP);
  • 2008 - Verônica Ferriani. Feira do Livro, Ribeirão Preto (SP);
  • 2008 - Verônica Ferriani, Chico Saraiva e Francis Hime na Série Encontros. Sesc Vila Mariana, São Paulo (SP);
  • 2008 - Verônica Ferriani. Projeto Realeza nos trópicos no CCBB, ao lado de Fernando Deghi - São Paulo (SP);
  • 2007 - Verônica Ferriani e Áurea Martins. Temporada quinzenal no Carioca da Gema, Rio de Janeiro (RJ).
  • 2007 - Verônica Ferriani e Moska. Projeto "Samba de Breque e outras bossas"s, nos CCBBs - Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF). Também integraram o projeto: Jards Macalé e Pedro Luís, Leny Andrade e Nei Lopes, Soraya Ravenle e Marcos Sacramento.
  • 2007 - Verônica Ferriani, Elton Medeiros e Carlinhos Vergueiro. Projeto "Quinta o samba é lei", no SESC Santana, São Paulo (SP).
  • 2007 - Verônica Ferriani, Tom Zé, Marcelo D2, Rômulo Fróes, Wado, entre outros. Projeto "É samba, sim!", no SESC Pompeia, São Paulo (SP).
  • 2007 - Verônica Ferriani, Teresa Cristina, Mariene de Castro, Quinteto em Branco e Preto, Diogo Nogueira, Ana Costa, entre outros. Show de Beth Carvalho no Dia Nacional do Samba, nos Arcos da Lapa, Rio de Janeiro (RJ).
  • 2007 - Gafieira São Paulo. Temporada semanal no Tom Jazz, São Paulo (SP).
  • 2006 - Verônica Ferriani. Temporada semanal no Ó do Borogodó, São Paulo (SP).
  • 2006 - Verônica Ferriani e Moacyr Luz. Projeto "Samba Guardado", no CCBB - Rio de Janeiro (RJ). Curadoria: Luís Filipe de Lima; também integraram o projeto: Nei Lopes, Marcos Sacramento e Wanderley Monteiro, Cristina Buarque e Alfredo Del Penho, Monarco e Tantinho.
  • 2006 - Verônica Ferriani, shows de Chico Saraiva em Florianópolis (SC); Santander Cultural, Porto Alegre (RS); Mistura Fina, Rio de Janeiro (RJ).
  • 2006 - Verônica Ferriani e Áurea Martins. Temporada quinzenal no Carioca da Gema, Rio de Janeiro (RJ).
  • 2005 - Verônica Ferriani. Temporada semanal no Ó do Borogodó, São Paulo (SP).
  • 2005 - Verônica Ferriani, shows de Chico Saraiva pelo Projeto Pixinguinha em Brasília (DF), Anápolis (GO), São Luís (MA), Manaus (AM), Santarém (PA), Macapá (AP) e Boa Vista (RR); SESC Pompeia, São Paulo (SP).
  • 2004 - Verônica Ferriani. Temporada semanal durante 6 meses no Traço de União, São Paulo (SP).

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Vencedora do Prêmio Profissionais da Música 2016, na categoria 'melhor cantora';
  • Seleção do projeto De boca cheia nos editais: Levada Oi Futuro 2014, Circuito Cultural Paulista 2014, Circuito São Paulo de Cultura 2014, CAIXA Cultural 2015, SESI Circulação 2015/16 e Quintas no BNDES 2017;
  • Seleção do projeto Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio pelo ProAC 2012/13, para gravação de disco e turnê;
  • Seleção do projeto Sobre Palavras pelo ProAC Circulação 2011/12;
  • Seleção em primeiro lugar da categoria Destaque do Edital Quintas no BNDES com o CD Sobre Palavras, de Verônica Ferriani e Chico Saraiva, com show realizado no Auditório do BNDES, no Rio de Janeiro;
  • Líder da Gafieira São Paulo, vencedora na categoria Grupo de samba do 22ª. edição do Prêmio da Música Brasileira - Vale, pelo disco Convite à Gafieira, lançado em 2010;
  • Ganhadora do Troféu Cata-vento, prêmio da Rádio Cultura (SP) comandado por Solano Ribeiro, na categoria melhor cantora de 2010;
  • Seleção, junto ao compositor e violonista Chico Saraiva, pelo Projeto Pixinguinha 2008 - edição gravação do CD, pelo qual produziram e lançaram o álbum de canções inéditas Sobre Palavras, com músicas de Chico Saraiva e letras de Mauro Aguiar, na voz de Verônica Ferriani;

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.