Vera Magalhães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura a economista e socióloga, veja Vera Sílvia Magalhães.
Vera Magalhães
Line-style-icons-newspaper.svg
Nome completo Vera Regina Magalhães
Nascimento 14 de outubro de 1972 (48 anos)
São Paulo, SP, Brasil
Ocupação Jornalista e comentarista
Nacionalidade brasileira
Trabalhos notáveis Roda Viva
Jovem Pan
Estadão
VEJA
Folha de S.Paulo
Primeira Leitura
Diário do Grande ABC

Vera Regina Magalhães dos Santos Cabral (São Paulo, 14 de outubro de 1972) é uma jornalista, radialista, comentarista de política e apresentadora brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vera Regina Magalhães nasceu em São Paulo em 14 de outubro de 1972. Obteve o seu bacharelado em jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).[1][2][3]

Em 1993, embora ainda acadêmica de jornalismo, começou a atuar como repórter no Diário do Grande ABC.

Em 1995, obteve o seu bacharelado e continuou a exercer a função de repórter até 1996, quando foi promovida a editora naquele periódico.[2][3][4]

É casada com ex-assessor do PSDB e ex-diretor executivo da revista Veja, Otávio Cabral, e tem dois filhos.[5][6]

Folha de S.Paulo[editar | editar código-fonte]

Em 1997, foi contratada como redatora no jornal Folha de S.Paulo, do Grupo Folha. Naquele veículo, ela passou também pelos cargos de pauteira do caderno Brasil, coordenadora de Política da sucursal de Brasília e repórter naquela mesma cidade.[2][3][4]

No ano de 2001, assumiu como editora da revista e do site Primeira Leitura.[2]

Em 2005, voltou a Folha de S.Paulo, como repórter da coluna Painel.

Em 2009, assumiu o cargo de editora do caderno Poder.

Em 2011, assumiu como repórter especial da Folha e responsável pelo blog É tudo Política, do site daquele periódico.

No ano de 2012, assumiu a edição da coluna Painel, tradicional espaço publicado diariamente na página A4 do jornal.[2][3][7][8][9]

Em 2014, se ausentou da coluna no Painel na Folha de S.Paulo pois seu marido estava trabalhando para campanha do Aécio Neves do PSDB.[10][11]

Veja[editar | editar código-fonte]

Porém, em 2015, saiu da Folha de S.Paulo e foi contratada pela revista Veja. Assumiu o comando da coluna Radar, nas versões online e impressa.[12][13][14][15]

Jovem Pan e Estadão[editar | editar código-fonte]

No ano seguinte, foi contratada pela rádio Jovem Pan. Lá se tornou responsável pelos boletins diários sobre política no programa Jornal da Manhã.

Também passou a integrar o elenco do programa vespertino 3 em 1 na rádio Jovem Pan de São Paulo, ao lado de Carlos Andreazza, Marcelo Madureira e Patrick Santos.[16]

Também em 2016, foi contratada como colunista de política do jornal Estadão.[2][3][5][17][18]

No mesmo ano participou do quadro Meninas do Jô, do Programa do Jô, na Rede Globo, debatendo assuntos relacionados a política e economia.

Roda Viva[editar | editar código-fonte]

A partir de janeiro de 2020, passou a comandar o programa Roda Viva na TV Cultura, o mais antigo programa de entrevistas da televisão brasileira.[19][20] Por conta desse trabalho, deixou a Jovem Pan.[19]

Grupo Globo[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2021, torna-se colunista do programa Ponto Final, da rádio CBN, além de colunista do jornal O Globo. [21]

Homenagens[editar | editar código-fonte]

Ganhou o Prêmio AMB 2004, promovido pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), na categoria "Melhor Reportagem em Revista", com a matéria “De carona na Anaconda”, em que aborda a reforma do Judiciário e do Ministério Público na Operação Anaconda.[2][3][22][23]

Em 2007, conquistou o Prêmio Folha de Reportagem de 2007, com a matéria “Tendência era amaciar para Dirceu, diz ministro do STF”.

Em 2011, a reportagem também foi listada pela Folha de S.Paulo entre "As 90 reportagens que fizeram história" daquele veículo de comunicação.[2][3][24][25]

Em 2013, ficou entre os finalistas na 58ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo, ao lado dos jornalistas Leandro Colon e Filipe Coutinho, pela reportagem "Nas asas da FAB", publicado na Folha de S.Paulo.[26]

Em 2017, a jornalista recebeu o prêmio “Troféu Mulher Imprensa” pelo seu trabalho como colunista da Jovem Pan, em que venceu pelo voto popular.

No mesmo ano, foi indicada ao “Prêmio Comunique-se de Jornalismo”, em que concorre no voto popular pelas categorias "Colunista de notícias de veículo impresso" e "Jornalista Nacional".[27][28][29]

Em 2018, pelo segundo ano consecutivo, ganhou o prêmio "Troféu Mulher Imprensa".[30]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Aos 45 - Política - Estadão». Estadão 
  2. a b c d e f g h «Vera Magalhães - Portal dos Jornalistas». www.portaldosjornalistas.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  3. a b c d e f g «Vera Magalhães estreia coluna sobre o poder». ANJ. 1 de setembro de 2016. Consultado em 21 de julho de 2017 
  4. a b «Folha.com - Blogs - Presidente 40». presidente40.folha.blog.uol.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  5. a b «Vera Magalhães estreia coluna sobre o poder - Política - Estadão». Estadão 
  6. «Editor de Veja assume campanha de Aécio». Julia Duailibi. Consultado em 3 de março de 2020 
  7. «Folha de S.Paulo - Colunistas». Folha de S.Paulo 
  8. «Folha de S.Paulo - Poder - Jornalista Vera Magalhães assume a coluna Painel - 23/02/2012». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  9. «Jornalista Vera Magalhães assume a coluna Painel». AdNews 
  10. «Contratação de marido para campanha de Aécio leva editora da "Folha" a se licenciar». Portal IMPRENSA - Notícias, Jornalismo, Comunicação (em inglês). Consultado em 3 de março de 2020 
  11. «Ombudsman aprova saída de Vera Magalhães do Painel». Brasil 247. 25 de maio de 2014. Consultado em 3 de março de 2020 
  12. «Vera Magalhães deixa o Painel e a Folha para assumir a coluna Radar da Veja - Portal dos Jornalistas». portaldosjornalistas.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  13. «Vera Magalhães é demitida de "Veja"; Mauricio Lima assume a coluna "Radar"». Portal IMPRENSA - Notícias, Jornalismo, Comunicação (em inglês) 
  14. «Folha perde Natuza Nery para a GloboNews e movimenta redação - Portal Comunique-se». Portal Comunique-se. 2 de fevereiro de 2017 
  15. «Jornalista da VEJA que noticou que Temer ia chamar Moro pro STF foi demitida». www.plantaobrasil.net. Consultado em 21 de julho de 2017 
  16. «Vera Magalhães reforça o jornalismo da Jovem Pan - Jovem Pan Online». Jovem Pan Online. 16 de agosto de 2016 
  17. «O Antagonista - Xingue o Mario» 
  18. «Carlos Graieb e Vera Magalhães reforçam o time da Jovem Pan - Portal dos Jornalistas». portaldosjornalistas.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  19. a b Vera Magalhães será a nova apresentadora do Roda Viva
  20. Vera Magalhães troca Jovem Pan pela TV Cultura e assume apresentação do ‘Roda Viva’
  21. «Vera Magalhães será colunista do Ponto Final CBN». cbn.globoradio.globo.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2021 
  22. AMB (15 de dezembro de 2004). «I Prêmio AMB de Jornalismo - AMB - Associação dos Magistrados do Brasil». amb.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  23. «Selecionados os finalistas do Prêmio AMB de Jornalismo». Perfil News - Notícias de Três Lagoas e região. Consultado em 21 de julho de 2017 
  24. «Folha de S.Paulo - Folha premia relato sobre trabalho ilegal em confecções de SP - 19/02/2008». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  25. «Folha.com - Folha 90 anos - As 90 reportagens que fizeram história - 19/02/2011». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  26. «58ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo anuncia finalistas». Portal IMPRENSA - Notícias, Jornalismo, Comunicação (em inglês) 
  27. «Troféu Mulher Imprensa premia jornalistas que se destacaram em 2016». G1 
  28. «Vera Magalhães vence "Troféu Mulher Imprensa" como melhor colunista de rádio - Jovem Pan Online». Jovem Pan Online. 12 de junho de 2017 
  29. «Prêmio Comunique-se». premio.comunique-se.com.br. Consultado em 21 de julho de 2017 
  30. Jovem Pan (5 de julho de 2018), Vera Magalhães fatura o Prêmio "Mulher Imprensa", consultado em 6 de julho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Precedida por
Daniela Lima
Apresentadora do Roda Viva
2019–presente
Sucedida por
Precedida por
?
Editora da coluna Painel
2012–2015
Sucedida por
Natuza Nery