Vermelho Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vermelho Brasil (PT/BR)
Brazil Red (EN)
Rouge Brésil (FR)
 Brasil  Portugal  França  Canadá
2014 •  cor •  longa metragem com 104 minutos[1]
2 telefilmes de 100 minutos cada
minissérie c/ 5 episódios de 40 min
 
Direção Sylvain Archambault
Produção Nicolas Traube
Christian Duguay[1]
Roteiro Daniel Tonachella[1]
Elenco Stellan Skarsgård
Joaquim de Almeida
Giselle Motta
Théo Frilet
Juliette Lamboley
Género Épico histórico
Companhia(s) produtora(s) Globo Filmes
Conspiração Filmes
Pampa Productions
CD Films
Stopline
Distribuição H2O
Lançamento Brasil junho de 2014
Idioma inglês
Orçamento R$ 20 milhões
Página no IMDb (em inglês)

Vermelho Brasil (títulos originais: Brazil Red ou Rouge Brésil) é um longa metragem e uma minissérie de televisão coproduzido pelas emissoras: France 2 (França), TV Globo (Brasil) e RTP (Portugal).[2][3]

As emissoras uniram-se com as empresas Globo Filmes, Conspiração Filmes, Pampa Productions (produtora francesa), CD Films (empresa do Canadá) e a Stopline (produtora portuguesa) para produziram um folhetim televisivo e um longa-metragem. A produção iniciou-se em 2011 e o lançamento do filme para o cinema ocorreu em junho de 2014,[3][4] enquanto que a exibição da minissérie na televisão francesa ocorreu em dois episódios (100 minutos cada), transmitidos nos dias 22 e 23 de janeiro de 2013.

Vermelho Brasil é um épico histórico baseado no livro homônimo (Rouge Brésil) do escritor francês Jean-Christophe Rufin e dirigido pelo canadense Sylvain Archambault. Entre os 75 atores que participaram do filme, estão nomes como Stellan Skarsgård, Joaquim de Almeida, Théo Frilet, Juliette Lamboley, Liane Balaban, Giselle Motta, Pietro Mário,[3] entre outros.[5]

Locações[editar | editar código-fonte]

As filmagens ocorreram entre 2011 e 2012, em vários pontos do estado do Rio de Janeiro, como na localidade de Taquari[3] e na praia de Trindade, regiões da cidade de Paraty,[5] ou no Alto da Boa Vista e na Barra de Guaratiba, na cidade do Rio de Janeiro, além de Xerém, em Duque de Caxias.

Produção e exibição[editar | editar código-fonte]

O projeto Brazil Red foi além de apenas um filme. Dirigido por um canadense,[3] reuniu uma babel de atores, técnicos e profissionais de 4 países, numa produção orçada em R$ 20 milhões (entre este montante, R$ 10 milhões são dos parceiros franceses e R$ 7 milhões dos parceiros brasileiros, sendo R$ 3 milhões de recursos de incentivos fiscais vinculados à TV Globo).[5] Foram utilizados 75 atores e 2 mil figurantes, além de 141 profissionais de filmagens, produção e edição.[4]

A língua predominante do filme é o inglês, pois o projeto também atende o mercado norte-americano e internacional.[5]

O lançamento do filme ocorreu nos cinemas brasileiros em junho de 2014, mas a produção também preparou 2 minisséries televisivas: uma com dois capítulos de 100 minutos cada, para ser exibida nas televisões europeias,[5] e outra, em 5 capítulos de 40 minutos de duração, para ser exibida pela Rede Globo de Televisão.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história relata a passagem da expedição francesa de Nicolas Durand de Villegagnon na baía e nas terras em que hoje é a atual Baía de Guanabara e a cidade do Rio de Janeiro, por volta da década de 1550.[5][4]

Com o patrocínio da Coroa Francesa, Villegagnon tenta criar uma colônia, a chamada França Antártica, mas este projeto é fracassado, pois a resistência portuguesa, com a ajuda dos índios, expulsam os invasores da região.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco original
Ator Papel
Stellan Skarsgård Villegagnon
Théo Frilet Just
Pietro Mário Pay Lo
Juliette Lamboley Colombe
Sagamore Stévenin Gonzague
Didier Flamand Thévet
Olivier Chantreau Martin
Joaquim de Almeida João da Silva
Roberto Birindelli Capanga de João da Silva
Giselle Motta Paraguaçu
Bruno Wolkowitch Des Granges
Agnès Soral Eléonore
Tatsu Carvalho Chevalier Gustave
Liane Balaban Aude

Referências

  1. a b c «Filme Vermelho Brasil». Globo Filmes. Consultado em 7 de março de 2015 
  2. «Uma história de amor e a tentativa, sem sucesso, da Coroa Francesa conquistar o Brasil aos portugueses, no século XVI». Televisão RPT. Consultado em 7 de março de 2015 
  3. a b c d e f Fonseca, Rodrigo. «Produção de quatro países, 'Vermelho Brasil' vai desmembrar em minissérie e filme a ocupação do Rio pelos franceses em 1555». Jornal carioca O Globo. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  4. a b c d «Veja trailer de 'Vermelho Brasil', sobre tentativa de ocupação francesa no Rio». Portal G1 da Globo.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2015  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  5. a b c d e f Gomes, Quintino. «Vermelho Brasil contará a história da Fundação do Rio de Janeiro». Jornal carioca Diário do Rio. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]