Piaggio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vespa (motocicleta))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Piaggio & C. SpA
Pública (Borsa Italiana:PIA)
Atividade Transportes
Fundação 1884
Pessoas-chave Roberto Colaninno, CEO
Produtos Aprilia
Derbi
Gilera
Ligier
Moto Guzzi
Piaggio
Vespa
Piaggio Aero
Lucro Aumento €43.3 million (2008)
Faturamento Aumento 1.57 billion (2008)
Website oficial Piaggio.com

Piaggio & C. SpA é uma companhia italiana de fabricação de veículos que produz uma série de veículos de duas rodas e veículos comerciais compactos sob 7 marcas: Piaggio, Vespa, Gilera, Aprilia, Moto Guzzi, Derbi e Scarabeo. A matriz central da companhia é localizada em Pontedera, Itália. A empresa foi fundada por Rinaldo Piaggio em 1884, inicialmente produzindo locomotivas e vagões de trem.

As subsidiárias da Piaggio empregam cerca de 7000 trabalhadores e produziu um total de 519.700 veículos em 2014. A companhia tem 6 centrais de pesquisa e desenvolvimento e opera em mais de 50 países.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1882, Enrico Piaggio comprou um terreno em Sestri Ponente (Genoa) para instalar uma madeireira. Dois anos depois, em 1884, seu filho de 20 anos de idade, Rinaldo Piaggio, fundou a Piaggio & C. A empresa inicialmente construía locomotivas e vagões de trem mas em 1917, próximo ao fim da primeira guerra mundial, Rinaldo Piaggio resolveu focar na indústria militar. Nesta empreitada, a empresa produziu barcos anti-submarinos, aviões e hidroaviões sob licenças Ansaldo, Macchi, Caproni e Dornier mas aos poucos foram desenvolvendo veículos de acordo com os desenhos do próprio Piaggio.

Entre 1937 e 1939, Piaggio bateu 21 recordes mundiais com seus aviões e motores fabricados na mais nova fábrica da empresa em Pontedera, culminando no avião de bombardeio com 4 motores “Piaggio P.108”.

Rinaldo morreu em 1938 na época em que a empresa pertencia a vários acionistas dentro da família, incluindo o empresário Attilio Odero. A administração da empresa passou para os seus filhos Enrico e Armando.

Em 1940 Piaggio fabricava trens, acessórios náuticos, motores de aeronaves, aviões, caminhões, bondes, ônibus, funiculares e janelas de alumínio. A fábrica de Pontedera foi destruída pelo bombardeio dos aliados durante a segunda guerra mundial então a produção teve que ser relocada para a região de Biella. Após a guerra, Enrico Piaggio decidiu diversificar as atividades da empresa para fora da indústria aeronáutica para focar nas necessidades da população por um meio de transporte moderno, barato e prático para os cidadãos italianos. A primeira tentativa, baseada em uma pequena motocicleta utilizada por paraquedistas, foi um modelo de moto conhecido como “MP5”  e apelidada de ”Paperino” ( o nome italiano do Pato donald ) por causa do seu formato peculiar. Eventualmente, Enrico Piaggio não gostou do modelo e pediu para Corradino D’Ascanio remodelá-lo.

D’Ascanio, um engenheiro aeronáutico responsável pela criação e construção do primeiro helicóptero moderno, fabricado pela Agusta, naturalmente não se interessava por motocicletas, julgando-as como desconfortáveis, massudas e pouco práticas. Quando foi requisitado a criar uma motocicleta para Ferdinando Innocenti, D’Ascanio criou uma scooter cujo piloto pudesse andar por cima, mas ele e Innocenti discordavam sobre o uso de imprensados ao invés de tubos. Innocenti eventualmente utilizaria o design original de D’Ascanio no projeto da scooter lambretta.

Piaggio pediu para D’Ascanio criar um veículo simples, robusto e barato. A motocicleta deveria ser fácil de pilotar tanto para homens quanto mulheres, ser capaz de comportar um passageiro, e não deixar as roupas do seu piloto sujas. O modelo do motor provava-se significantemente diferente do motor presente no Papperino. Com a ajuda de Mario D’Este, ele criou o primeiro projeto de Vespa, que seria fabricada na nova re-inaugurada fábrica da Piaggio na Pontedera em abril de 1946. Piaggio lançou a Vespa e em 10 anos mais de um milhão de unidades da scooter fora produzida. A língua italiana ganhou mais uma palavra, “Vespare”, que significa "ir para algum lugar de Vespa".

Marcas e modelos[editar | editar código-fonte]

Marcas do grupo[editar | editar código-fonte]

Modelos Piaggio[editar | editar código-fonte]

  • Vespa ET2 (50 cc) & ET4 (125 cc & 150 cc) 1996-2005
  • Vespa LX50 (50 cc) LX125 (125 cc) LX150 (150 cc)
  • Vespa GT125/GT200/GTS250ie
  • Vespa LXV125/LXV150/GTV/GT60
  • Vespa PX125/150/200
  • Vespa Cosa
  • Vespa PK 50/100/125
  • Vespa ET3
  • Vespa Primavera
  • Vespa V90 & V50
  • Vespa GS150/160
  • Vespa SS180
  • Vespa Rally 180/200
  • Vespa Sprint
  • Vespa Super 125/150
  • Piaggio Ape
  • Piaggio Porter
  • Piaggio P180 Avanti
  • Piaggio MP3
  • Piaggio BV500
  • X9 500 cc
  • BV200 / BV250 / BV500
  • FLY50
  • FLY125
  • FLY150
  • Free50
  • Free90
  • Free125
  • Typhoon (50 cc)
  • Typhoon (125 cc) 1996-2000
  • Sfera NSL (50 cc & 80 cc) 1991-1995
  • Sfera RST (50 cc 2-Stroke & 125 cc 4-Stroke) 1995 - ??
  • NRG mc1-3 (50 cc) (mc standing for mark.)
  • NRG Power PureJet (50 cc Fuel Inj, Water Cooling)
  • NRG Power DT (Air Cooled), DD (Liquid Cooled)
  • Zip (50 cc 2-Stroke cat & 125 cc 4-Stroke)
  • Liberty (50 cc 2-Stroke, 125 cc & 150 cc Quattrotempi)
  • Liberty S (50 cc & 125 cc)
  • Skipper ST (125 cc)
  • Piaggio Ciao (50 cc)
  • Si (50 cc)
  • Superbravo (50 cc)
  • Avanti (50 cc)
  • Grillo (50 cc)
  • Bravo (50 cc)
  • Boxer (50 cc)
  • X8 (125 cc)
  • X8 (250 cc)
  • X8 (400 cc)
  • XEvo (125 cc)
  • XEvo (250 cc)
  • XEvo (400 cc)
  • Beverly (125 cc; 250 cc; 400 cc; 500 cc:
  • Carnaby (125 cc & 200 cc)
  • Free 50 (50 cc)
  • Hexagon (125 cc; 150 cc; 180 cc; 250 cc)
  • T (125 cc; 150 cc)
  • Zip 2000 (50 cc 4-Stroke)
  • Zip sp '98 (50 cc 2-Stroke, Liquid Cooled)
  • Zip sp h2o (50 cc 2-Stroke, Liquid Cooled)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Piaggio
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.