Latrodectus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Viúva-negra)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaLatrodectus spp.
Viúva negra americana.
Viúva negra americana.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Arachnida
Ordem: Araneae
Família: Theridiidae
Género: Latrodectus
Walckenaer, 1805
Espécies
Aprox. 31, ver texto
Apesar de seu potencial é uma especie extremamente calma e dócil.
Latrodectus Geometricus. A mais de uma década eu acompanho esta espécie por conta própria, observando seus hábitos e comportamentos. Aqui na região de Alagoas elas são bem comuns, principalmente entre os meses de chuva.

Latrodectus, conhecido pelo nome comum de aranhas-pretas ou viúvas-negras, é um género de aranhas pertencente à família Theridiidae, que inclui 32 espécies confirmadas. O nome comum viúva negra deriva da maioria das espécies deste género praticar o canibalismo sexual, sendo que a fêmea devora o macho após a cópula.[1]

Latrodectismo[editar | editar código-fonte]

Uma viúva negra americana.

Cerca de 75% das picadas em adultos injetam pouco veneno e causam apenas dor e desconforto local.[2]

Quando há envenenamento significativo de lactrotoxina 15 a 30 minutos depois da picada aparece dor irradiante, calafrios e muito suor no local. Uma hora depois começam tremores, contraturas, rigidez e câimbras dolorosas, como um tetanismo. Pode haver também febre, salivação, sede, náuseas, vômitos, hipertensão e excitação psicomotora. Possíveis complicações incluem taquicardia, hipertensão, arritmia cardíaca, choque cardiogênico, anúria e priapismo.[3]

O tratamento é feito com neostigmina, um parassimpaticomimético, para bloquear os efeitos adrenérgicos do veneno e gluconato de cálcio para reduzir a dor e os espasmos musculares. Um analgésico, relaxante muscular e/ou ansiolítico também podem ser usados para aliviar os outros sintomas. Os sintomas podem demorar de 2 a 6 dias para melhorar completamente.[4]

Vale ressaltar que são animais extremamente calmos, não agressivos, e os acidentes acusados são em situações de defesa, as Latrodectus possuem o hábito de Tanatose e apenas atacam em últimos casos. Geralmente os acidentes ocorrem quando estão dentro de roupas ou toalhas e são comprimidas contra o corpo.

Comportamento e hábitos[editar | editar código-fonte]

As aranhas do Gênero Latrodectus possuem uma expectativa de vida de 2 anos e meio a 3 anos.

Costumam sempre estar conectadas a uma teia, mesmo que enquanto caminhando elas sempre estão soltando um fio de teia para garantir que não caiam ou sejam arrastadas pelo vento.

Preferem sempre ficar de cabeça pra baixo em suas teias, sendo sempre encontradas nessa posição, com a ampulheta para cima.

Podem se alimentar de animais maiores que elas mesmas, sua teia é bastante resistente, sendo mais forte que a maioria das teias de aranhas comuns.

Outro comportamento interessante que não é exclusivo do gênero Latrodectus é o ato de quando recém nascidas, soltar um fio de teia no ar, como seus corpos ainda são pequenos e leves esse fio consegue ser arrastado pelo vento, levando assim o pequeno animal para longe. Assim as aranhas conseguem se espalhar.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Breene, R. G. and M. H. Sweet (1985). «Evidence of insemination of multiple females by the male Black Widow Spider, Latrodectus mactans (Araneae, Theridiidae)». The Journal of Arachnology. 13 (3): 331–335 PDF
  2. Vetter, Richard S., and Geoffrey K. Isbister. "Medical aspects of spider bites." Annual Review of Entomology 53 (2008): 409-429.
  3. SOUZA, Alcidéa R. B. de; BUHRNHEIM, Paulo F. and LIMA, Cinira S. C.. Relato de um caso de latrodectismo ocorrido em Manaus, Amazonas, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 1998, vol.31, n.1 [cited 2016-02-27], pp. 95-98 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86821998000100012&lng=en&nrm=iso>. ISSN 1678-9849. http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821998000100012.
  4. Jorge MT, Von Eickstedt VRD, Knysak I, Fisman LFZ, Ribeiro LA. Curso sobre acidentes com animais peçonhentos; 5ª aula - Acidentes por picada de aranha. Arquivos Brasileiros de Medicina 65:457-468, 1991.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Insects and Spiders. New York: St. Remy Media Inc. / Discovery Books. 2000. p. 35 
  • Freeman, Scott (2003). Biological Science. [S.l.]: Prentice-Hall 
  • Hillyard, Paul (1994). The Book of Spiders. New York: Random House, Inc. pp. 47–50 
  • Hillyard, Paul (1994). The Book of the Spiders. New York: Avon Books. pp. 22–35 
  • Martin, Louise (1988). Black Widow Spiders. [S.l.]: Rourke Enterprises, Inc. pp. 18–20 
  • Preston-Malfham, Ken (1998). Spiders. Edison, New Jersey: Chartwell Books. p. 40 
  • «Arthropod». Microsoft Encarta Online Encyclopedia. 2004 
  • Abalos, J.W. (1962). «The egg-sac in the Identification of Species of Latrodectus (Black-Widow Spiders)» (PDF). Consultado em 15 de dezembro de 2012. Arquivado do original (PDF) em 27 de setembro de 2007 
  • Levi, H.W. & McCrone, J.D (1964). «North American Widow Spiders of the Latrodectus curacaviensis Group» (PDF). Consultado em 15 de dezembro de 2012. Arquivado do original (PDF) em 25 de julho de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Latrodectus
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Latrodectus