Viação Nova Integração

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Viação Nova Integração
Nova-integracao.png
N-integracao.jpg
Ônibus da empresa Viação Nova Integração.
Razão social Viação Nova Integração Ltda.[1]
Tipo Empresa de capital fechado
Indústria Transportes
Gênero Privada
Fundação 1987 (30 anos)
Sede Cascavel,[1] Brasil
Área(s) servida(s) Brasil:
 Mato Grosso
 Mato Grosso do Sul
 Paraná
 Rio Grande do Sul
 Santa Catarina
 São Paulo
Proprietário(s) Grupo Eucatur[1]
Produtos Ônibus: 37[2]
Website oficial não informado

A Viação Nova Integração é uma empresa brasileira de transportes rodoviários de passageiros que surgiu em 1987 de um acordo entre a Andorinha, Expresso Maringá e Eucatur, sendo inicialmente sua sede em Maringá, Paraná. No ano seguinte foi transferida para Cascavel, onde mantém sua sede atual. Posteriormente houve uma ruptura com a Andorinha, em que passou a fazer parte de um joint-venture com a Eucatur.

A Viação Nova Integração é uma das empresas de ônibus mais tradicionais do Paraná, com atuação também nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. É atualmente uma das empresas rodoviárias mais importantes do grupo Eucatur, ao lado da Serra Azul.

História[editar | editar código-fonte]

A então Viação Integração foi fundada em meados de 1987 com suas operações inicialmente em Maringá, no Norte do Paraná, dividindo espaço com a Expresso Maringá, que ganhou rotas para o Centro-Oeste e Sul do Brasil. A empresa começou então a perder eficiência no serviço oferecido por causa da grande demanda e abrangência de linhas operadas pelas duas empresas.

Em 11 de março de 1988 a sede da empresa é transferida para Cascavel. Com o tempo, a Expresso Maringá abriu mão das linhas, e a Eucatur com a Andorinha continuaram suas operações com a então viação Integração, mais tarde passando para Nova Integração, nome usado até hoje, com isso ganhou algumas linhas do DNER, ligando Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e também a região Sudeste e Sul do Brasil, desenvolveram um projeto para então atender à demanda que se impunha. A partir de então inicia o processo de expansão com várias filiais. A maior parte delas iniciou as atividades nos anos 90.

Posteriormente (por motivos não esclarecidos) em 2005 houve uma ruptura de sociedade da Eucatur com a Andorinha, fazendo com que a Nova Integração passasse a ser apenas da Eucatur praticamente. Apesar dessa ruptura, a Andorinha ainda detém 10% de participação na Nova Integração. A partir daí o Grupo Eucatur passou por uma crise financeira que quase a levou a falência, situação que durou quase 10 anos. Essa situação atingiu também a Nova Integração, visto que ela também faz parte do grupo.

Em 2011, o Grupo Eucatur utilizou a Nova Integração no processo licitatório onde passou a operar no transporte coletivo urbano para atender todas partes da Zona Norte de Manaus.

Atualmente a Viação Nova Integração segue operando linhas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Realiza hoje em dia aproximadamente 400 rotas com grande fluxo de passageiros que utilizam seus serviços para viajar.

Atendimento[editar | editar código-fonte]

Linhas[editar | editar código-fonte]

Presente em 6 estados brasileiros, a Nova Integração atende linhas de grandes distâncias. Entre as principais estão:[3]

  • Presidente Prudente (SP) - Foz do Iguaçu (PR)
  • Cascavel (PR) - Guarantã do Norte (MT)
  • Porto Alegre (RS) - Alta Floresta (MT)
  • Alta Floresta (MT) - São Paulo (SP)

Destinos[editar | editar código-fonte]

A empresa hoje atende vários destinos nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

*Mato Grosso

*Mato Grosso do Sul

*Paraná

*Rio Grande do Sul

*Santa Catarina

*São Paulo

Relações comerciais e empresariais[editar | editar código-fonte]

A sede administrativa da Viação Nova Integração está localizada na cidade de Cascavel, no Paraná, com garagens em vários municípios. Alguns dos principais destinos de transporte rodoviário de passageiros realizados pela Nova Integração, além da sede, são Campo Grande, Dourados, Naviraí, Cuiabá, Rondonópolis, Sinop, Porto Alegre, Passo Fundo, Carazinho, Lajeado, São Paulo, Presidente Prudente, Toledo e Guaíra. No ano de 2011, a Nova Integração passou a operar, após processo licitatório, no transporte coletivo urbano e atende a todas as partes da Zona Norte da cidade de Manaus. Além dos serviços citados, a Viação Nova Integração também faz serviços de fretamento, transporte de cargas, aluguel de ônibus e turismo.

Como qualquer atividade, a Viação Nova Integração busca encontrar seu ponto de excelência, principalmente no transporte de passageiros, buscando oferecer a quem utiliza seus serviços o melhor possível. Também se preocupa com os padrões de segurança, treinando seus motoristas regularmente, bem como faz revisão periódica e manutenção de todos os ônibus.

Frota e veículos[editar | editar código-fonte]

Segundo o site Via Circular, a frota atual da Viação Nova Integração é composta por 37 ônibus especialmente da encarroçadora Marcopolo, modelos Paradiso G6 LD, Paradiso G6 DD e Paradiso G7. Como a Viação Nova Integração pertence ao Grupo Eucatur há anos, alguns veículos são ex-Eucatur.[2]

Os chassis que equipam os frota da empresa são Volvo e Mercedes-Benz.[2]

Referências

  1. a b c Viação Nova Integração – Empresas CNPJ
  2. a b c Frota da Viação Nova Integração – Via Circular
  3. Consultas – ANTT