ViaSat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
ViaSat, Inc.
Empresa de capital aberto
Cotação NASDAQVSAT
Atividade Comunicações
Fundação Carlsbad, Califórnia, Estados Unidos 1986 (1986)
Presidente Richard A. Baldridge
Pessoas-chave
Empregados 4 700 (2017)[1]
Produtos
Subsidiárias NetNearU
Lucro Aumento US$ 23,8 milhões (2017) [2]
Faturamento Aumento US$ 1,56 bilhões (2017) [2]
Website oficial viasat.com

A ViaSat Inc. é uma empresa de comunicação com sede em Carlsbad, na Califórnia, que fornece equipamentos e serviços para comunicações militares e comerciais norte-americanos, principalmente em tecnologias relacionadas a satélite.[3]

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

WildBlue Communications[editar | editar código-fonte]

Esta entidade é um provedor de serviços de Internet via satélite de duas vias da ViaSat.[4]

Comsat Labs[editar | editar código-fonte]

Comsat Laboratories é um desenvolvedor de tecnologia e produto do grupo Viasat para sistemas de comunicação via satélite com foco em desenvolvimento de novas tecnologias para a transmissão por satélite de banda com extremamente alta taxa eficiência.

Sistemas de segurança[editar | editar código-fonte]

Os discos rígidos Eclypt e as unidades USB externas produzidas pela Viasat são criptografados para garantir que os dados armazenados não possam ser recuperados se um computador ou dispositivo de armazenamento for roubado. As unidades Eclypt são usadas por governos, forças militares e agências de aplicação da lei.[5]

O Viasat Critical Infrastructure Security foi introduzido em 2013, projetado para interromper violações de segurança e monitorar a operação de redes de grade usando inteligência em tempo real. O processo adiciona sensores criptografados às redes críticas de infraestrutura nacional e monitora todas as atividades anormais por meio de um centro de operações de segurança. A Viasat está trabalhando em conjunto com a Southern California Edison para aprimorar seus sistemas de segurança de infraestrutura crítica por meio de um financiamento do Departamento de Energia dos EUA destinado a melhorar a proteção da rede elétrica e da infraestrutura de petróleo e gás do país contra ataques cibernéticos.[6][7][8][9]

Comunicações governamentais[editar | editar código-fonte]

A Viasat também oferece serviços móveis de banda larga via satélite bidirecional para o governo dos Estados Unidos.[10] As comunicações táticas para os militares dos EUA envolvem dados táticos, garantia de informações e comunicações via satélite. Links de dados táticos fornecem rede segura para voz e dados. A garantia de informações para dispositivos de criptografia permite a transferência de dados classificados em redes públicas. As comunicações via satélite fornecem inteligência em tempo real para funções de comando e controle.[11] O governo dos EUA usa a tecnologia ArcLight em uma rede privada gerenciada que opera em links de satélite de banda Ku e também pode usar a rede global de satélites Yonder. O acesso de banda larga via satélite em todo o mundo que a Viasat oferece permite banda larga móvel aérea para comunicações em rota. A empresa tem um programa de mobilidade aerotransportada para jatos C-17 e criptografa as conexões de satélite para hub para o governo.[12] O Satellite Access Manager (SAM) da Viasat apóia as missões do Departamento de Defesa por meio de inteligência aérea para operações de vigilância e reconhecimento. O SAM aumenta a utilização e a eficiência da largura de banda por meio de sistemas de monitoramento de rede em tempo real para os terminais de banda larga ArcLight2.[13]

Satélites[editar | editar código-fonte]

Satélite Fabricante Data do lançamento Veículo de lançamento Estado Nota
WildBlue 1 Space Systems/Loral 8 de dezembro de 2006 Ariane 5 ECA Ativo Anteriormente denominado de iSKY 1 e KaStar 1.[14]
ViaSat 1 Space Systems/Loral 19 de outubro de 2011 Proton-M/Briz-M Ativo [15]
ViaSat 2 Boeing Satellite Systems 1 de junho de 2017 Ariane 5 ECA Ativo [16]
ViaSat 3 Americas Space Systems/Loral (plataforma)
ViaSat Inc. (carga)
Ariane 5 ECA ou Falcon Heavy Em construção [17]
ViaSat 3 Asia Space Systems/Loral (plataforma)
ViaSat Inc. (carga)
Ariane 5 ECA Em desenvolvimento [17]
ViaSat 3 EMEA Space Systems/Loral (plataforma)
ViaSat Inc. (carga)
Falcon Heavy ou Ariane 5 ECA Em desenvolvimento [17]
ViaSat 3 TBD Space Systems/Loral (plataforma)
ViaSat Inc. (carga)
Em desenvolvimento [17]

Referências

  1. «Company Overview». Bloomberg. Consultado em 1 de setembro de 2017 
  2. a b «Income Statement». Consultado em 1 de setembro de 2017 
  3. «ViaSat CEO Aiming for the Sky» 
  4. «ViaSat To Buy Internet Provider WildBlue For $568 Million» (em inglês). Dow Jones Newswires. 1 de outubro de 2006. Consultado em 28 de julho de 2013 
  5. «Encrypted Hard Disk Drives | Steatite Rugged Systems». web.archive.org. 17 de julho de 2017. Consultado em 2 de maio de 2023 
  6. «ViaSat demonstrates critical infrastructure protection at DistribuTECH». Electric Light and Power. 30 de janeiro de 2013 
  7. Bob Tarzey (3 de novembro de 2014). «Critical National Infrastructure: How to Protect Vital Systems». InfoSecurity 
  8. «DOE funds ViaSat cybersecurity development with two utilities». Electric Light and Power. 24 de outubro de 2013. Consultado em 2 de março de 2015. Cópia arquivada em 19 de julho de 2019 
  9. «US Department of Energy awards USD 30M for cyber-attack protection». SatellitePro. 25 de outubro de 2013. Consultado em 2 de março de 2015 
  10. «Government Satcom Overview». ViaSat 
  11. «VIASAT INC». Value Investors Club. 24 de março de 2011 
  12. «ViaSat». Pathfinder Defense Systems 
  13. «ViaSat deploys SAM for military airborne ISR». Strategic Defense Intelligence. 22 de março de 2012 
  14. «WildBlue 1» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 2 de junho de 2018 
  15. «ViaSat 1» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 2 de junho de 2018 
  16. «ViaSat 2» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 2 de junho de 2018 
  17. a b c d «ViaSat 3 Americas, Asia, EMEA» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 2 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]