Viaduto Procurador José Alves de Morais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Viaduto Procurador José Alves de Morais
Município do Rio de Janeiro Rio de Janeiro - RJ,  Brasil
Tipo Viaduto / Via expressa
Extensão 440 m
Início Viaduto Engenheiro Armando Coelho de Freitas
Fim Rua Esperança
Bairros que liga Jacaré
Sampaio

O Viaduto Procurador José Alves de Morais é um viaduto que liga os bairros do Jacaré e do Sampaio, situados na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Com cerca de 440 m de extensão, estende-se desde o final Viaduto Engenheiro Armando Coelho de Freitas até o início da Rua Esperança.

A via, que possui duas faixas por sentido, tem a função de escoar o tráfego que entra e sai do Túnel Noel Rosa, que cruza a Serra do Engenho Novo. O viaduto integraria a Linha Verde, uma das vias expressas previstas no Plano Doxiadis que ligaria a Rodovia Presidente Dutra ao bairro carioca da Gávea.

A área sob o Viaduto Procurador José Alves de Morais possui um histórico de incêndios. Em maio de 2010, um incêndio de grandes proporções ocorrido em casas construídas sob o viaduto deixou mais de 25 famílias desabrigadas e mais de 250 famílias foram reassentadas posteriormente pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.[1] Outras ocorrências similares ocorreram na região nos anos de 2004, 2007 e 2011. Na área onde ficavam os barracos desapropriados surgiu, posteriormente, uma cracolândia.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Incêndio no Riachuelo deixa mais de 25 famílias desabrigadas». G1. 28 de maio de 2010. Consultado em 24 de agosto de 2019 
  2. Gorges, Leonardo (2 de janeiro de 2013). «Por causa de cracolândia, Comlurb suspende coleta de lixo no Sampaio». O Globo. Consultado em 24 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]