Voyage to the Bottom of the Sea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Viagem ao Fundo do Mar)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a jogada do voleibol, veja Viagem ao fundo do mar (voleibol).
Voyage to the Bottom of the Sea
Viagem ao fundo do mar (BR)
 Estados Unidos
1961 •  45 minutos aprox. min 
Direção Irwin Allen
Roteiro Irwin Allen
Charles Bennett
Elenco Walter Pidgeon
Joan Fontaine
Barbara Eden
Género ficção científica
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Voyage to the Bottom of the Sea (br / pt: Viagem ao Fundo do Mar) é um filme americano de 1961, do gênero ficção científica, dirigido por Irwin Allen. O filme foi o piloto para o famoso seriado de TV de mesmo nome.

No filme, Walter Pidgeon estrelava como Almirante Harriman Nelson, o criador e desenvolvedor de um futurístico submarino nuclear.

Elenco do filme[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O novo submarino atômico norte-americano, o USOS Seaview, navega para o Oceano Ártico. Ele foi construído pelo grande cientista e engenheiro Almirante Harriman Nelson. A bordo, além do Capitão Lee Crane e de outro cientista e comodoro aposentado, Lucius Emery, estão os observadores civis Drª. Susan Hiller e o congressista Parker, acompanhados do vice-almirante Crawford. Ao chegarem no Polo Norte, a tripulação e os observadores são surpreendidos por enormes blocos de gelo soltos que ameaçam a integridade da embarcação. Ao saírem à superfície, eles vêem um céu em chamas, causador de um brutal aumento na temperatura e que está derretendo a calota polar. O Almirante Nelson entra em contato com o Diretor da Missão Bergan e este lhe informa que um estranho fenômeno espacial incendiou o Cinturão de Van Allen. Imediatamente ele e Lucius elaboram um plano de disparar um míssil atômico no cinturão, a partir das Fossas Marianas, com o objetivo de extinguir o fenômeno que, se durar mais alguns dias alcançará uma temperatura tal que terminará com a vida humana. Mas os cientistas da ONU não concordam com o plano pois acham que o cinturão voltará ao normal por si só. Nelson se rebela e parte para o local assinalado para efetuar o disparo. A partir daí ele se torna caçado pelos diferentes países que enviam submarinos para persegui-lo. Também a tripulação ameaça um motim e ocorrem sabotagens, além da suspeita de que o Almirante tenha sucumbido à pressão e não esteja em pleno uso de suas faculdades mentais.

A série[editar | editar código-fonte]

Título: Viagem ao Fundo do Mar (Voyage to the Bottom of the Sea)

Período: 1964-1968

Criação: Irwin Allen

Elenco: 

Richard Basehart (Almirante Harriman Nelson)

David Hedison (Capitão Lee Crane)

Robert Dowdell (Oficial Chip Morton)

Henry Kulky (Chefe Curley Jones)

Terry Becker (Chefe Francis Ethelbert Sharkey)

Del Monroe (Kowalski)

Paul Trinka (Patterson)

Allen Hunt (Marujo Stuart Riley)

Richard Bull (O Doutor)

Arch Whiting (Sparks)

Paul Carr (Casey Clark)

Derrick Lewis (Tenente O’Brien – 1ª Temp.).

Estúdio: 20th Century Fox

Formato: 110 episódios de 60 minutos (incluindo intervalos) em 4 temporadas (EUA/P&B-Cor).

Richard Basehart em episódio de 1968

Estrelada por Richard Basehart, como o Almirante Nelson, e David Hedison, como o Capitão Crane, a série contava as venturas e desventuras do submarino Seaview em suas missões. No primeiro ano, os episódios foram filmados em preto e branco. Nessa primeira temporada, o tema quase sempre foi a Guerra Fria, sendo os inimigos recorrentes os comunistas, normalmente de países fictícios mas que nos remetiam, quase sempre, aos soviéticos e os cubanos. Com os episódios coloridos, os alienígenas e outros seres fantásticos (lobisomens, bonecos e brinquedos mortais) passaram a trazer problemas para os tripulantes.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O submarino tinha uma visão panorâmica do fundo do mar, encontrando mistérios que ameaçavam a vida dos tripulantes.

A partir da terceira temporada, foi incorporado à série um pequeno submarino com capacidade de voar que marcou presença em vários episódios. Ele era chamado de "Sub-Voador".

Entre os vários tripulantes, havia um marinheiro de ascendência polonesa chamado Kowalski, que frequentemente era escolhido pelo seu superior imediato (Chef Shark) para ser o "voluntário" em todas as missões externas ao submarino que envolviam grande risco de morte. O intérprete de Kowalski, o ator Del Monroe, foi o único integralmente da série que esteve no elenco do longa metragem de 1961.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.