Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d'Eça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d'Eça
Nascimento 31 de julho de 1918
Morte 14 de outubro de 2018 (100 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação administrador colonial
Prêmios legionário da Legião do Mérito, Comendador da Ordem Militar de Avis, Oficial da Ordem Militar de Avis

Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d'Eça OAComA (Cabo Verde, 31 de Julho de 1918 - 13 de Outubro de 2018) foi um oficial da Marinha Portuguesa (vice-almirante reformado), e foi o último Governador de Cabo Verde.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d'Eça era filho de Paulo de Moura Coutinho de Almeida d'Eça e de sua mulher Maria Clotilde Ferreira Pinto Basto Couceiro da Costa. Era neto do também vice-almirante Vicente Maria de Moura Coutinho de Almeida d'Eça.

Em 1936 entrou para a Escola Naval, onde integrou a primeira turma a ter aulas nas instalações do Alfeite, e de onde se gradou em 1939. Posteriormente, em 1942, obteve o brevet de aviador naval. No ano seguinte casou com Maria Emília dos Reis Neto de Almeida d'Eça, com quem teve três filhos (Paulo Manuel Neto de Almeida d'Eça; Fernando Neto de Almeida d'Eça; e Maria Teresa Neto de Almeida d'Eça).

A 10 de Dezembro de 1954 foi feito Oficial da Ordem Militar de Avis, tendo sido elevado a Comendador da mesma Ordem a 17 de Julho de 1956. A 30 de Julho de 1957 foi feito Comendador da Ordem do Mérito Naval de Espanha, a 28 de Abril de 1966 foi feito Oficial da Ordem Nacional da Legião de Honra de França e a 25 de Julho de 1977 foi elevado a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Naval de Espanha.[1][2]

Faleceu a 13 de Outubro de 2018, tendo sido sepultado no cemitério dos Prazeres. À data do seu falecimento era o decano dos oficiais da Armada, com 100 anos.

Carreira Militar[editar | editar código-fonte]

  • Ingressa na Escola Naval (1936);
  • Imediato do patrulha "NRP Mandovi (P1142)" (3Nov40 a 21Jan41);
  • Instrutor de Radiotelegrafia na escola da Aviação Naval “Almirante Gago Coutinho” (1947-1949);
  • Chefe da Secção de Comunicações do Naval Staff NATO (Dec53-Jan54);
  • Comandante do Grupo Independente de Contratorpedeiros (May57-Jul57);
  • Adido Naval na Embaixada portuguesa em Washington e na Embaixada de Ottawa (5Sept61 to 16Dec65);
  • N.T. "Ana Mafalda" (27Oct66-5Nov66);
  • Comandante da fragata "NRP Pacheco Pereira (F337)" ( 27Jul67-15Jan70);
  • Director da Divisão de Electricidade e Comunicações (13Feb70-26 Sept73);
  • Comandante do extinto Grupos Nº1 de Escolas da Armada (26Sept73-29May74);
  • Imediato do Comandante de Defesa Naval da Guiné (4June74 to 28Oct74
  • Governador, e posteriormente Alto-Comissário, de Cabo Verde (Jan75);
  • Adjunto do Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas(Mar76);

Passou à reserva a 31 de Julho de 1977, e à reforma em 1988.

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d' Eça". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de março de 2016 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Estrangeiras». Resultado da busca de "Vicente Manuel de Moura Coutinho de Almeida d' Eça". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de março de 2016