Vitinho (futebolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o personagem de animação infantil, veja Vitinho.
Vitinho
Vitinho
Vitinho em 2013 pelo CSKA Moscou.
Informações pessoais
Nome completo Victor Vinícius Coelho dos Santos
Data de nasc. 9 de outubro de 1993 (28 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,80 m
ambidestro
Apelido Vitinho, Mitinho, Mini-Mago[1]
Informações profissionais
Período em atividade 2011–presente
Clube atual Flamengo
Número 11
Posição ponta-esquerda
Clubes de juventude
2007–2010
2011–2012
Audax Rio
Botafogo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2013
2013–2018
2015–2016
2018–
Botafogo
CSKA Moscou
Internacional (emp.)
Flamengo
00041 000(11)
00084 000(18)
00098 000(29)
00120 000(15)
Seleção nacional3
2014
2015
Brasil Sub-21
Brasil Sub-23
00002 0000(0)
00003 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 26 de dezembro de 2020.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 12 de outubro de 2015.

Victor Vinícius Coelho dos Santos, mais conhecido apenas como Vitinho (Rio de Janeiro, 9 de outubro de 1993), é um futebolista brasileiro que atua como ponta. Atualmente joga no Flamengo.

Carreira

Início

Vitinho nasceu e cresceu na Nova Brasília, uma das favelas do Complexo do Alemão. Começou jogando bola nas peladas de rua de seu bairro e na região era conhecido como Pará, em referência as raízes de sua família. Seu pai, Rinaldo sustentava a família com o salário da construção civil. Com a separação de seus pais (Vitinho tinha 11 anos), começou a alternar entre Nova Brasília, onde morava e defendia o União, um projeto social voltado ao futebol e onde foi seu primeiro time, e Bonsucesso, onde estudava na Escola Municipal Pedro Lessa e jogava na escolinha da Associação Cohab Futebol Clube.[2] Nessa época, Vitinho ainda jogava no Mello Tênis Clube, na Vila da Penha, como atacante. Formava uma dupla entrosada com Wellington Silva. O único título do clube foi justamente um citadino em 2001, no sub-9, por obra Vitinho e Wellington.[2]

Sendas

Seu pai, um de seus maiores entusiastas, estava no supermercado Pão de Açúcar quando viu um cartaz para a Copa Sendas, uma competição feita pelo clube recém-criado Sendas (hoje Audax Rio) e inscreveu Vitinho, que acabou sendo aprovado.[2] Quando Vitinho chegou ao clube era muito franzino, pois se alimentava mal em casa. Por isso, o Audax precisou fazer um reeducação alimentar com Vitinho que ficava em período integral no clube, todos os dias. Tomava café da manhã, almoçava e jantava, além dos trabalhos de musculação.[3]

Botafogo

Michel Cravo, gerente executivo do clube e o presidente do Botafogo à época, Maurício Assumpção, eram colegas em um MBA em Gestão e Marketing Esportivo. Por coincidência, se encontraram nas arquibancadas do CT do Sendas. Decidiram ver juntos a semifinal de turno do Estadual Juvenil de 2010 entre os dois times, partida que Vitinho se destacou e logo após ao fim, Assumpção exigiu a contratação de Vitinho, que ingressou na base do clube carioca em 2011.[2]

"Foi o Botafogo que viu o Victor, mapeou, propôs parceria com o Audax e fez ele evoluir como jogador. Foi o Botafogo que criou o garoto, não essa empresa que hoje se diz dona."
— Afirmou Mauricio[4]

Desde que chegou a base do Botafogo, Vitinho foi destaque ganhando diversos prêmios individuais e títulos ao lado dos jogadores da sua geração. Vitinho começou a despertar atenção dos torcedores pelo seu desempenho na base, principalmente após atuações contra Milan e Juventus pelo torneio juvenil de Tirreno e Sport na Itália,[5] o que gerou uma grande expectativa na torcida. E recebeu até o apelido de "Mini-Mago".[6][7][8] A sua estreia no profissional foi adiada devido a um acidente em casa em que ele caiu em um buraco. Vitinho teve a sua estreia no Campeonato Carioca de 2013 e teve como momento marcante no torneio e no próprio Botafogo um gol de voleio decisivo contra o Flamengo, que foi o seu primeiro gol como profissional após ele entrar na partida. Vitinho foi eleito a revelação do torneio.

Durante o Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, o Engenhão foi interditado fazendo o Botafogo perder o titular Fellype Gabriel, além dos jogadores Andrezinho, Elkeson, Jadson e Márcio Azevedo aumentando a responsabilidade de Vitinho em se tornar protagonista da equipe com o enfraquecimento do plantel do Botafogo e que resultou na sua transformação de principal jogador do clube. Vitinho destacou-se em jogos contra o Atlético-MG e o Internacional respectivamente pela Copa do Brasil e Brasileirão, o que culminou na sua saída do clube no segundo do turno campeonato após receber uma oferta milionária de fora do país que coincidiu com a crise financeira do clube e que o fez abrir mão dos prêmios individuais considerados certos pela mídia esportiva como os prêmios de revelação e craque da competição. Em números, Vitinho era o jogador que mais driblava, segundo que mais chutava e atacante que mais desarmava no país.[9]

Vitinho em um treino pelo CSKA Moscou.

Vitinho acertou com o CSKA na maior venda da história do Rio de Janeiro, mesmo contestada pela torcida que não aceitou a sua venda,[10] por causa da sua venda polêmica.[11] Mas não foi lamentada pelos adversários.[12]

CSKA Moscou

Após ser destaque pelo Botafogo no Brasileirão de 2013, Vitinho foi negociado nos últimos dias da janela internacional de transferência, em 26 de agosto de 2013, para o CSKA Moscou por cinco temporadas.[13]

No seu primeiro jogo, Vitinho marcou um gol pelo seu novo clube, o terceiro da vitória de 3–0 sobre o Znamya Truda em 8 de setembro de 2013.[14]

No seu primeiro jogo oficial, Vitinho não marcou, mas também teve boa atuação com direito a bola na trave.[15] Em seu 20º jogo pelo clube, Vitinho fez seu primeiro gol em jogos oficiais somente na temporada 2014–15 na primeira rodada do campeonato russo, na vitória de 4 a 1 contra o Torpedo Moscou, fazendo o quarto gol do CSKA.[16]

Internacional

Em 16 de janeiro de 2015, Vitinho foi cedido por empréstimo até o fim do ano para ao Internacional.[17] Estreou pelo clube na segunda rodada do Campeonato Gaúcho de 2015 no empate por 4 a 4 contra o São José no Estádio Beira Rio.[18] Vitinho foi um dos artilheiros do time colorado em 2015, sendo o artilheiro do clube no Brasileirão de com 11 gols e ao 15 tentos e seis assistências, o que fez o clube renovar seu empréstimo por mais um ano.[19] Em 2016, não teve o mesmo destaque do ano anterior, quando o Inter acabou rebaixado pra série B.[20] Cotado para reforçar times como o Flamengo em 2017, Vitinho acabou retornando ao CSKA. Ao todo, atuou em 98 partidas, tendo feito 28 gols e 13 assistências.[21]

Flamengo

2018

No dia 24 de julho de 2018, Vitinho foi contratado pelo Flamengo por um valor de 10 milhões de euros (cerca de R$ 44 milhões)[22], tornando-se assim a contratação mais cara da história do clube, e a segunda do futebol brasileiro em geral.[23]

Estreou oficialmente pelo Flamengo no dia 1° de agosto, no empate de 1 a 1 no duelo contra o Grêmio pela Copa do Brasil, entrando no 2° tempo no lugar de Marlos Moreno e fazendo uma boa partida, ajudando seu time a conseguir um resultado importante no final do jogo, onde Lincoln marcou o gol de empate.[24]

Fez seu primeiro gol com a camisa do Flamengo no dia 5 de setembro, contra o Internacional marcando o gol de empate. O jogo terminou em 2-1 para o Internacional.[25]

2019

No começo de 2019, com a saída de Lucas Paquetá para o Milan, Vitinho herdou a camisa 11 que já pertenceu a Lico, Romário, Renato Abreu, entre outros.[26] Marcou o gol do título do Campeonato Carioca de 2019, sobre o rival Vasco da Gama, o segundo da vitória por 2 a 0 (formando 4 a 0 no agregado com o jogo de ida).[27]

2020

Contra o Fluminense, pela final do Campeonato Carioca de 2020, no jogo de volta, Vitinho, repetindo o feito do ano passado, marcou o gol do título, na vitória por 1 a 0 (3 a 1 no placar agregado),[28] ajudando o Rubro-negro a sagrar-se bicampeão consecutivamente, conquistando também o seu sexto título como jogador pelo clube. No dia 15 de abril, marcou o único gol da derrota por 1 a 3 para o Vasco, válido pela 9a rodada do Campeonato Carioca.[29]

Em 23 de agosto, Vitinho alcançou a marca de 100 jogos com a camisa do Flamengo no empate de 1 a 1 com o Botafogo, válido pela 5a rodada do Brasileirão,[30] mas só recebeu a camisa de homenagem em 5 de setembro, antes da partida contra o Fortaleza.[31]

2021

Fez o gol do título da Taça Guanabara de 2021, acertando um chute de fora da área e dando a vitória por 2 a 1 sobre o Volta Redonda.[32] Com esse gol chegou a 4 tentos em dez partidas, já sendo melhor que seu desempenho na temporada anterior em que havia feito apenas 3 gols em 28 partidas.[33] Fez um dos gols da goleada de 4 a 0 sobre o Volta Redonda, no jogo de volta da semifinal do Carioca.[34] Voltou a ser decisivo em 13 de junho, na vitória por 2 a 0 do Flamengo sobre o América-MG, dando o passe para os 2 gols da partida, feitos Bruno Henrique e Rodrigo Muniz, respectivamente.[35]

No dia 16 de junho, contribuiu com um gol na vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, válido pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.[36] Marcou um dos gols do Flamengo na goleada de 5 a 0 sobre o Bahia, na 12a rodada do Campeonato Brasileiro.[37] Marcou dois dos gols do Flamengo na grande vitória de 4 a 1 sobre o Defensa y Justicia, ajudando a garantir a classificação rubro-negra para as quartas da Copa Libertadores da América.[38]

Em 6 de agosto, concedeu uma assistência para João Gomes fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o ABC, no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.[39] Fez o último gol do Flamengo na vitória de 4 a 1 sobre o Olimpia, no jogo de ida das quartas da Libertadores.[40]

Em 25 de agosto, teve uma grande atuação na vitória de 4 a 0 sobre o Grêmio, válida pela ida das quartas da Copa do Brasil: entrando aos 31' do segundo tempo (placar estava 1 a 0), fez um gol (em penalidade, aos 90+6') e concedeu duas assistências (para Michael e Rodinei, aos 39' e 45', respectivamente, quando o Fla apresentava-se com um jogador a menos).[41][42]

Vitinho voltou a se destacar na vitória fora de casa contra o Palmeiras pela vigésima rodada do Campeonato Brasileiro, ele entrou ainda no primeiro tempo, substituindo um lesionado Arrascaeta, e deu 2 assistências, uma para Pedro e outra para Michael, ajudando o rubro-negro a vencer por 3 a 1 [43], chegando pela primeira vez na carreira a um "duplo duplo" (Mais de 10 gols e 10 assistências) em uma única temporada.

Voltou a ser participativo em 22 de setembro, dando assistência para Bruno Henrique fazer o 2.º gol do Flamengo na vitória de 2–0 sobre o Barcelona de Guayaquil, no jogo de ida das semifinais da Libertadores.[44] Em 23 novembro, Vitinho fez os dois gols do Flamengo no empate de 2–2 com o Grêmio, no jogo atrasado da 2.ª rodada do Campeonato Brasileiro.[45]

2022

Em 2 de fevereiro, em sua primeira partida na temporada e usando a braçadeira de capitão do time alternativo montado pelo técnico Paulo Sousa, Vitinho teve excelente atuação contra o Boavista em jogo da terceira rodada do Carioca, tendo concedido assistências para os três gols da vitória feitos por Marinho, Pedro e Gabriel, respectivamente.[46][47][48]

Em 23 de fevereiro, na vitória por 3–1 sobre o Botafogo em jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Carioca,[49] Vitinho chegou a 200 partidas com a camisa do Flamengo,[50] sendo o 6º atleta do elenco a atingir o feito.[51]

Estatísticas

Atualizadas até 30 de março de 2022.[52]

Clubes

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Botafogo 2011 1 1 0 1 1 0
2012 0 0 0 1 0 0 1 0 0 2 0 0
2013 16 4 3 7 1 0 15 5 2 38 10 5
Total 16 4 3 8 1 0 0 0 0 17 6 2 41 11 5
CSKA Moscou 2013–14 10 0 0 3 0 0 5 0 0 18 0 0
2014–15 5 1 0 0 0 0 1 0 0 6 1 0
2016–17 13 6 6 0 0 0 0 0 0 13 6 6
2017–18 30 10 6 16 2 3 46 12 9
2018–19 1 0 0 1 0 0
Total 58 17 12 3 0 0 21 2 3 2 0 0 84 19 15
Internacional 2015 33 11 2 3 1 2 4 1 0 9 2 0 49 15 4
2016 27 8 4 3 0 1 19 6 4 49 14 9
Total 60 19 6 6 1 3 4 1 0 28 8 4 98 29 13
Flamengo 2018 22 3 5 4 0 0 2 0 0 28 3 5
2019 25 5 3 4 0 0 8 1 0 17 3 1 54 9 4
2020 29 2 3 3 0 0 7 0 1 10 1 0 49 3 5
2021 31 4 8 8 2 4 11 3 2 13 5 1 63 14 15
2022 0 0 0 0 0 0 0 0 0 10 0 4 10 0 4
Total 107 14 19 19 2 4 29 4 3 48 10 6 204 29 34
Total na carreira 241 54 44 36 4 7 54 7 3 94 23 12 427 88 67

Seleção Brasileira

Abaixo estão listados todos jogos, gols e assistências do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base. Abaixo da tabela, clique em expandir para ver a lista detalhada dos jogos de acordo com a categoria selecionada.

Sub-20

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2014 2 0 0 0
Total 2 0 0 0

Sub-23 (Olímpico)

Ano
Jogos Gols Assist. Média
2015 3 2 0 0,66
Total 3 2 0 0,66

Títulos

Botafogo
CSKA Moscou
Internacional
Flamengo

Prêmios Individuais

Referências

  1. «Joia 2012: apelidado de Mini Mago, Vitinho curte bonança pós-guerra». globoesporte.com. 1 de janeiro de 2012. Consultado em 23 de setembro de 2017 
  2. a b c d «A trajetória de Vitinho: do campo de areão do Complexo do Alemão ao Gre-Nal 411». GZH. 21 de outubro de 2016. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  3. «Vitinho, de 'magrinho' no Audax a aquisição milionária do CSKA». Extra Online. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  4. «Vitinho chama a atenção do Presidente do Botafogo.» 
  5. «Botafogo perde para a Lazio e está eliminado em torneio italiano». iG. 1 de setembro de 2011 
  6. «Vitinho é visto como uma grande promessa no Botafogo» 
  7. «Vitinho é apontado como novo Jairzinho» 
  8. «Vitinho é elogiado por Jairzinho» 
  9. «Vitinho tem números assustadores.» 
  10. «Venda de Vitinho é contestada pela torcida» (em inglês). Sítio oficial CSKA Moscou. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  11. «Venda rende negócio meteórico a empresário.» (em inglês). Sítio oficial CSKA Moscou. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  12. «Adversários ficam felizes de não terem que enfrentar Vitinho de novo.» (em inglês). Sítio oficial CSKA Moscou. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  13. «Vitinho joins PFC CSKA» (em inglês). Sítio oficial CSKA Moscou. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  14. «Ex-Botafogo, Vitinho estreia pela CSKA-RUS com gol e cachorro em campo». www.uol.com.br. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  15. «Vitinho se destaca no primeiro oficial pelo CSKA» (em inglês). Sítio oficial CSKA Moscou. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  16. «Vitinho marca primeiro gol pelo CSKA após 20 partidas | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  17. «Atacante Vitinho reforça o Internacional». Sítio oficial SC Internacional. 16 de janeiro de 2015 
  18. «Vitinho marca dois na estreia, mas Inter cede empate no final: 4 a 4». Globo Esporte. 4 de fevereiro de 2015 
  19. Superesportes; Superesportes (23 de dezembro de 2015). «Internacional renova empréstimo e garante permanência do atacante Vitinho em 2016». Superesportes. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  20. Alegre, Por GloboEsporte comPorto. «Em despedida, Vitinho se declara ao Inter e pede desculpas por queda». globoesporte.com. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  21. «Especulados no Flamengo, Marinho e Vitinho oscilam na carreira». O Globo. 7 de dezembro de 2016. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  22. «Flamengo acerta compra de Vitinho com o CSKA por R$ 43 milhões - Futebol - UOL Esporte». UOL Esporte 
  23. Ferreira, Rafael (27 de julho de 2018). «Vitinho, no Flamengo, se torna a 2ª contratação mais cara do futebol brasileiro.». Torcedores.com 
  24. «Sonho realizado! Vitinho estreia pelo Fla e recebe elogios de Barbieri». m.lance.com.br. Consultado em 15 de julho de 2021 
  25. «Inter bate o Flamengo no Beira-Rio e assume a liderança do Brasileiro». www.uol.com.br. Consultado em 15 de julho de 2021 
  26. «Vitinho herda camisa 11 de Paquetá; Fla divulga numeração da temporada». m.lance.com.br. Consultado em 15 de julho de 2021 
  27. «Flamengo repete placar sobre Vasco no Maracanã e conquista o título Carioca». Globo Esporte. 21 de abril de 2019. Consultado em 15 de julho de 2020 
  28. «Com gol de Vitinho, Flamengo volta a bater o Fluminense e fatura 36º título do Carioca». Globo Esporte. 15 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  29. Dia, O. «Atuação Flamengo: Vitinho se salva em noite melancólica rubro-negra | Flamengo | O DIA». odia.ig.com.br. Consultado em 16 de abril de 2021 
  30. «Valorizado por Dome, Vitinho completa 100 jogos pelo Flamengo: 'Imensa gratidão no meu coração'». m.lance.com.br. Consultado em 15 de julho de 2021 
  31. «Vitinho recebe homenagem pelos 100 jogos no Flamengo; veja os lances do atacante!». m.lance.com.br. Consultado em 15 de julho de 2021 
  32. «Autor do gol que garantiu Taça Guanabara ao Flamengo no Maracanã, Vitinho comemora: "Felicidade""». ge. Consultado em 25 de abril de 2021 
  33. «Em apenas 10 jogos na temporada, Vitinho já supera seu total de gols marcados em 2020». www.uol.com.br. Consultado em 26 de fevereiro de 2022 
  34. «Vitinho vibra com gol pelo Fla: "Tenho aproveitado as oportunidades"». www.uol.com.br. Consultado em 9 de maio de 2021 
  35. «Bruno Henrique e Muniz resolvem, desfalcado Flamengo bate o América-MG e segue 100% no Brasileirão». ESPN.com. 13 de junho de 2021. Consultado em 13 de junho de 2021 
  36. «Flamengo vence o Coritiba e se classifica na Copa do Brasil». Extra Online. Consultado em 17 de junho de 2021 
  37. «Gabigol estreia com hat-trick no Brasileirão, Flamengo trucida Bahia e ganha embalo para Libertadores». ESPN.com. 18 de julho de 2021. Consultado em 18 de julho de 2021 
  38. «Vitinho marca duas vezes para o Flamengo na Libertadores e torcedores comemoram na internet: 'Fala dele'». TNT Sports. Consultado em 22 de julho de 2021 
  39. «Flamengo bate ABC com gol no fim e avança na Copa do Brasil». Terra. Consultado em 6 de agosto de 2021 
  40. «Em jogo maluco, Flamengo goleia o Olimpia no Paraguai e se aproxima da semifinal da Libertadores». Terra. Consultado em 12 de agosto de 2021 
  41. «Atuações do Flamengo: Vitinho e Michael constroem goleada, e Bruno Viana dá a volta por cima». ge. Consultado em 26 de agosto de 2021 
  42. «Grêmio 0 x 4 Flamengo - Copa do Brasil Quartas de final - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 26 de agosto de 2021 
  43. Esporte, Globo (12 de setembro de 2021). «Flamengo mostra força, supera desfalques e bate Palmeiras de virada em São Paulo». Globo Esporte. Consultado em 18 de setembro de 2021 
  44. «Flamengo 2 x 0 Barcelona de Guayaquil - Taça Libertadores Semifinal - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 23 de setembro de 2021 
  45. «Flamengo reserva abre 2 a 0, mas Grêmio arranca empate heroico mesmo com um homem a menos». ESPN.com. 24 de novembro de 2021. Consultado em 24 de novembro de 2021 
  46. «Juca Kfouri - Vitinho leva o Mengo à vitória tranquila». blogdojuca.uol.com.br. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  47. «Vitinho explica pedidos de Paulo Sousa que o levaram a dar três assistências em vitória do Flamengo». Lance!. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  48. «Em dia de garçom, Vitinho distribui assistências e dedica grande atuação ao pai». ge. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  49. «Botafogo 1 x 3 Flamengo - Campeonato Carioca rodada 8 - Tempo Real - Globo Esporte». ge.globo. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  50. Mercado do Futebol (23 de fevereiro de 2022). «Vitinho completa 200 jogos pelo Flamengo». Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  51. «Vitinho chega a 200 jogos e aumenta lista do Flamengo, líder do quesito na Série A». ge. Consultado em 26 de fevereiro de 2022 
  52. «Vitinho - Perfil de jogador 2022». www.transfermarkt.com.br (em bretão). Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  53. «Festa do Carioca tem superlotação do salão e revelações no 'vácuo'» 

Ligações externas

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vitinho (futebolista)