Vila Ipiranga (Porto Alegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vila Ipiranga
  Bairro do Brasil  
Vila Ipiranga Porto Alegre.PNG
Município Porto Alegre
Área
- Total 220 hectares
População
 - Total 20,951 moradores (2 000)
9,315 homens
11,636 mulheres
    • Densidade 95 hab/ha hab./km²
Taxa de crescimento (-) 0,6%
Domicílios 7.682
Rendimento médio mensal 8,99 salários mínimos
Fonte: Não disponível

Vila Ipiranga é um bairro da zona norte do município de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. Foi criado pela Lei 2 022, de 7 de dezembro de 1959 e alterado pela Lei 12112 de 2016.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Ipiranga" é uma palavra de origem tupi que significa "rio vermelho", através da junção dos termos 'y (rio) e pyrang (vermelho)[1].

Histórico[editar | editar código-fonte]

O início da ocupação do bairro ocorreu nas primeiras décadas do século XX, mas só passou a ser intensa por volta de 1960, com a implementação dos transportes e com o investimento em infraestrutura.[2] Outro fator importante para o crescimento da Vila Ipiranga foi a inauguração do Hospital Banco de Olhos[3], em 1956, que atrai pacientes tanto da capital como do interior do estado. Além disso, na década de 1950, ergueu-se a primeira igreja do bairro, a Paróquia Nossa Senhora do Trabalho. Em 1967, houve a instalação do Ginásio Ipiranga no local em que hoje funciona a casa da referida paróquia. Em 1980, o Ginásio foi adquirido pelo Instituto Don Luís Guanella, dando origem à escola homônima.

Pontos de referência[editar | editar código-fonte]

Áreas verdes
  • Parque Vinte de Maio (parte oeste; a leste pertence ao bairro Jardim Itu-Sabará)
  • Praça Alfred Sehbe
  • Praça Cabrália
  • Praça Catanzaro
  • Praça Colônia
  • Praça da República
  • Praça Fortunato Pimentel
  • Praça Frederico Ozanan
  • Praça Império
  • Praça Itati
  • Praça John Kennedy
  • Praça José Dornelles Medina
  • Praça Leopoldo Bernardo Boeck
  • Praça Nações Árabes
  • Praça Parque dos Nativos
  • Praça Paulo de Aragão Bozano
  • Praça San Martin
  • Praça Walter Schultz
  • Praça Wolfgang Klaus Sopher
Educação
  • Escola São Luís Guanella
  • Escola Estadual de Educação Básica Gomes Carneiro
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Brigadeiro Francisco de Lima e Silva
  • Colégio Adventista Marechal Rondon
  • Colégio Santa Doroteia
  • Colégio Sinodal do Salvador
  • Escola Especial ULBRA Concórdia, dedicada ao ensino de alunos com deficiência auditiva.
Outros
  • Congregação Evangélica Luterana São Paulo (Celsp)
  • [Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre|Hospital Banco de Olhos]
  • Paróquia Nossa Senhora do Trabalho

Limites atuais[editar | editar código-fonte]

Ponto inicial e final: encontro da Rua Dário Bittencourt com a Rua Coronel Francisco Bitencourt; desse ponto segue pela Rua Coronel Francisco Bitencourt até a Rua Doutor Ary Ramos de Lima, por essa até a Rua Affonso Celso Pupe da Silveira, por essa até a Rua Sapé, por essa a Avenida do Forte, por essa até a Travessa Orion, por essa até a Rua Alberto Silva, por essa até a Avenida Assis Brasil, por essa até a Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, por essa até a Rua Gomes de Freitas, por essa até a Rua Líbia, por essa até a Rua Duarte Andrade Soares, por essa até a Rua Nicolau Faillace, por essa até a Rua Porto Belo, por essa até a Rua do Contestado, por essa até a Rua Professor José Maria Rodrigues, por essa até a Rua Arnaldo Ballve, por essa até a Rua Ilhéus, por essa até a Rua Bartolomeu Dias, por essa até a Rua Gaspar de Lemos, por essa até a Avenida Benno Mentz, por essa até a Rua Dom Luiz Guanella, por essa até a Avenida do Forte; desse ponto segue por uma linha reta e imaginária até o entroncamento entre a Rua Pascoal Parulla e a Rua Doutor Alberto Barbosa, por essa até a Rua Marcos Fichbein, por essa até a Avenida Engenheiro Ary de Abreu Lima, por essa até a Rua Padre Alois Kades S J, por essa até a Rua Dário Bittencourt, por essa até a Rua Coronel Francisco Bittencourt, ponto inicial.

Seus bairros vizinhos são: Vila Jardim, Passo d'Areia, Jardim Europa, Cristo Redentor e Jardim Itu-Sabará.

Lei dos limites de bairros- proposta 2015-2016[editar | editar código-fonte]

No fim do ano de 2015, as propostas com as emendas foram aprovadas pela câmara de vereadores de Porto Alegre. Em relação aos limites atuais, há algumas alterações. A alteração mais importante é que parte do terrítório do bairro foi anexado ao novo bairro Jardim Europa. [4] [5] . O Parque Germânia faz parte do novo bairro Jardim Europa.

Referências

  1. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 42.
  2. História dos bairros de Porto Alegre
  3. Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 10 de abril de 2016. Arquivado do original em 20 de abril de 2016 
  5. http://200.169.19.94/documentos/draco/processos/121312/Proc_279E09_2014_2015_12_07_14_27_36_745.pdf

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Vila Ipiranga (Porto Alegre)