Vila Nova da Baronia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Vila Nova.
Portugal Portugal Vila Nova da Baronia 
  Freguesia  
Brasão de armas de Vila Nova da Baronia
Brasão de armas
Vila Nova da Baronia está localizado em: Portugal Continental
Vila Nova da Baronia
Localização de Vila Nova da Baronia em Portugal
Coordenadas 38° 17' 20" N 8° 02' 28" O
País Portugal Portugal
Concelho AVT.png Alvito
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Agostinho José do Ó Mira (PS)
Área
 - Total 128,33 km²
População (2011)
 - Total 1 245
    • Densidade 9,7 hab./km²
Código postal 7920 - xxx Vila Nova da Baronia
Sítio http://www.vilanovadabaronia.freguesias.pt

Vila Nova da Baronia é uma freguesia portuguesa do concelho do Alvito, situada no Baixo Alentejo, com 128,33 km² de área e 1 245 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 9,7 hab/km². Situa-se a pouco menos de 150 km a sul da capital do país, Lisboa, e a cerca de 40 km da sede de distrito, Beja.

Outrora foi chamada Vila Nova de Alvito, Vila Nova a par de Alvito e Vila Nova a par de Viana, tendo recebido o actual nome no século XVIII, por fazer parte dos domínios do barão de Alvito. Foi vila e sede de concelho entre 1280 e 1836. Era constituído apenas pela freguesia da sede e tinha, em 1801, 704 habitantes.

É servida pela Estrada Nacional nº 383, que assegura a ligação à localidade do Torrão ( 18 km) e por estradas intermunicipais e municipais que asseguram as ligações à sede de concelho, Viana do Alentejo e Odivelas. A Estação Ferroviária de Vila Nova da Baronia foi uma importante estação na região, sendo uma das poucas a ser servida por comboios Intercidades no Baixo Alentejo, fazendo várias ligações diárias a Lisboa, Évora e Beja. Actualmente, no Baixo Alentejo, não há estações ferroviárias com serviço de Intercidades, sendo necessário efectuar a viagem de automotora (comboio regional) até à Estação de Casa Branca e depois fazer transbordo para o Intercidades proveniente de Évora com destino a Lisboa. As viagens com destino a Évora e Beja são efectuadas por automotoras.

História[editar | editar código-fonte]

A povoação é muito antiga e existem vestígios que datam da época dos romanos, tal como a ponte romana (presume-se ser da época romana, pelas suas caracteristícas arquitéctónicas) situada a menos de 300 metros da vila, bem como outros vestígios encontrados perto da Ermida de Santa Águeda, que dista cerca de 1 km da localidade.

Vila Nova da Baronia teve o primeiro foral atribuído pelo provincial da ordem de Santa Trindade, a 18 de Agosto de 1280 (II Maço de forais antigos n.º 2 e n.º 3). O novo foral foi-lhe atribuído por D. Manuel I em Lisboa a 20 de Novembro de 1516, conforme o que consta no Livro de Forais Novos do Alentejo (III 100 V, col. I).

Não há dúvida alguma que o povoamento do território desta freguesia ascende a épocas não apenas anteriores ao século XII, mas que remontam por certo a épocas anteriores à ocupação romana.

Vila Nova da Baronia teve, inicialmente, o nome de "Vila Nova de a par de Alvito" e, depois, "Vila Nova de Alvito", passando em 1708 para o actual nome de Vila Nova Da Baronia por pertencer ao mesmo donatário, Conde e Barão de Alvito.

Foi elevado à categoria de concelho no mesmo ano de 1708, o qual foi extinto em 1836, passando a ser parte integrante do actual concelho de Alvito. Existe como recordação dos 128 anos em que foi concelho, o Pelourinho, hoje colocado na praça da República e classificado de monumento nacional.

Outro dos monumentos de grande relevância é a Igreja Matriz, que alguns historiadores afirmam ter sido edificada no século XIII, mas que outros apontam para os séculos XVI e XVII. A sua planta é quadrangular e possui uma única abóbada de berço, bem como vários frescos de grande valor artístico. A ermida de Sant'Águeda, a 1,5 km da vila, também tem no seu interior frescos de enorme valor artístico, bem como nos arredores desta ermida foram encontrados possíveis vestígios que remontam à ocupação romana.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima desta zona interior Sul do País apresenta forte feição mediterrânea. Esta traduz-se nomeadamente em precipitações relativamente baixas e concentradas no Inverno, temperaturas médias altas, amplitudes térmicas elevadas, humidade relativamente baixa, nebulosidade baixa e insolação e radiações elevadas no Verão.

Geologicamente, o Concelho de Alvito, e subsequentemente a freguesia de Vila Nova da Baronia, situa-se no limite entre os terrenos antigos antemesozoitos, pertencentes ao bordo ocidental do Maciço Hespérico, na parte Sudoeste da zona de Ossa-Morena, e os terrenos mais modernos mesocenozóicos que constituem a orla ocidental, localmente representados pelas formações cenozóicas da bacia do Sado.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Vila Nova da Baronia (1864 – 2011) [1]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
928 921 1 049 1 081 1 758 1 607 1 970 2 765 2 410 2 098 1 551 1 437 1 272 1 328 1 245

O crescimento demográfico de Vila Nova da Baronia encontra-se em declínio, registando-se um crescimento acentuado da população idosa, sendo a população na sua maioria idosa. A chamada "desertificação", que tem atingido sobretudo as áreas rurais do Interior país, é uma das principais causas deste declínio acentuado da população, que leva cada vez mais os jovens a abandonar a terra. O facto de não existir possibilidades de conseguir um emprego na região por falta destes, leva cada vez mais os jovens a fixarem-se noutras regiões do país como até noutros países.

Actividades económicas[editar | editar código-fonte]

A agricultura apresenta-se como principal actividade económica da freguesia. Os outros sectores, como a construção, comércio e serviços tem um papel menor na geração de riqueza da freguesia. As principais actividades agrícolas são tipicamente mediterrânicas, tais como a extracção de cortiça, a cultura de trigo, cultura de oliveiras, criação de suínos, ovinos e bovinos. A cultura de vinha também tem vindo a ganhar alguma relevância nos últimos anos.

Festas tradicionais[editar | editar código-fonte]

Em Vila Nova da Baronia realizam-se três festas tradicionais por ano, as festas de Sant'Águeda e São Neutel, no fim de semana de Pascoela; a Feira Anual, no terceiro domingo do mês de Julho e as festas de Santa Maria nos dias 14 e 15 de Agosto.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

A gastronomia na freguesia de Vila Nova da Baronia é tipicamente alentejana e os principais pratos (típicos do Alentejo) servidos nos vários restaurantes são açorda (ou sopa) de cação, ensopado de borrego, carne de porco à alentejana, migas, sopa de beldroegas, carrasquinhas, entre outros. Mas também são confeccionados pratos típicos da cozinha portuguesa, como o cozido à portuguesa ou o bacalhau espiritual, entre outros.

Lista de Restaurantes[editar | editar código-fonte]

  • Café/Churrasqueira "Avenida
  • Café/Restaurante "Bica Nova"
  • Café/Bar/Restaurante "O Camões"
  • Café/Restaurante "O Casão"
  • Café/Restaurante "Da Vila"
  • Taberna "O Pimba"

Património[editar | editar código-fonte]

Instituições e Serviços[editar | editar código-fonte]

  • Biblioteca Municipal de Vila Nova da Baronia, Rua Bento Jesus Caraça
  • Centro Paroquial de Vila Nova da Baronia, Rua Infante D. Henrique
  • Clube de Caçadores de Vila Nova da Baronia
  • Crédito Agrícola do Guadiana Interior, balcão de Vila Nova da Baronia, Rua 5 de Outubro
  • CTT, Correios de Portugal, Largo Fialho de Almeida (largo da Igreja)
  • Escola Básica do 1º Ciclo de Vila Nova da Baronia
  • Jardim de Infância de Vila Nova da Baronia
  • Grupo Desportivo e Cultural de Vila Nova da Baronia, Av. 1.º de Maio
  • Junta de Freguesia de Vila Nova da Baronia, Rua Bento Jesus Caraça
  • Lar de Terceira Idade, Rua Infante D. Henrique

Referências

  1. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.