Água Rasa (distrito de São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Vila Rio Branco (Água Rasa))
Disambig grey.svg Nota: Se procura o bairro de mesmo nome, veja Água Rasa (bairro).
Água Rasa
Água Rasa, São Paulo City S2020008.JPG
Área 6,9 km²
População (63°) 78.556 hab. (2010)
Densidade 113,85 hab/ha
Renda média R$ 2 503,34
IDH 0,886 - alto (31°)
Subprefeitura Mooca
Região Administrativa Leste
Área Geográfica 9 Centro expandido (parte oeste) e 4 - Leste (parte leste)
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

Água Rasa é um distrito do município de São Paulo, no Brasil. Pertence tanto ao chamado Centro Expandido, na parte a oeste da Avenida Salim Farah Maluf, quanto à Área 4 (Leste), a leste da mesma via. O distrito recebeu este nome devido ao ribeirão Tatuapé.[1]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Foi o ribeirão Tatuapé, cujo leito era extremamente raso, que deu nome à Água Rasa. Sobre este curso de água seria construída, já em fins da Década de 1980 a Avenida Salim Farah Maluf.[1][2]

Formação[editar | editar código-fonte]

O distrito originou-se de uma chácara que pertencia a João Mariano, vendida ao Padre Diogo Feijó, uma das figuras mais importantes do Império. A transação aconteceu em 1829. Feijó batizou a área como Chácara Paraíso e hoje a casa do padre, tombada, está no vizinho bairro do Jardim Anália Franco, na avenida que hoje leva o nome de seu famoso proprietário.

Características[editar | editar código-fonte]

Administrativamente, a Água Rasa faz parte da Subprefeitura da Mooca. No censo de 2000 contava com uma população de 81 070 habitantes.

Tem 6,9 km² de superfície e é dividido por algumas grandes e largas avenidas, como a Salim Farah Maluf, a Sapopemba, Avenida Regente Feijó e a Avenida Vereador Abel Ferreira, fazendo com que se perca em grande extensão a noção de continuidade física do distrito.

O perfil urbano do distrito é razoavelmente homogêneo, tanto comercial quanto residencial. Porém, a maior parte do comércio situa-se nas grandes avenidas da região, deixando a maior parte dos lotes existentes entre essas avenidas, como áreas residenciais. O distrito tem um certo grau de verticalização nos bairros Água Rasa, Alto da Mooca e Vila Regente Feijó, bairros contíguos aos distritos da Mooca e Tatuapé respectivamente, com condomínios de médio e alto padrão, apesar da predominância de casas e sobrados de classe média. Não existem favelas no distrito.[3]

No bairro da Quarta Parada, bairro contíguo aos distritos da Mooca, Belém e Tatuapé, está o Cemitério da Quarta Parada.

É no distrito que está localizada a sede do Sítio do Capão, construída de taipa e pilão, e alvenaria de tijolos datada do século XVIII. Era uma das residências do Padre Feijó.[4] Foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) em 1984.[5]

Limites[editar | editar código-fonte]

  • Norte: rua Itamaracá, avenida Álvaro Ramos, rua Florindo Braz, avenida Salim Farah Maluf, rua Demétrio Ribeiro, Praça Ituzaingó, rua Barão do Cerro Largo, rua Bento Gonçalves.
  • Leste: Praça 20 de Janeiro, rua da Meação, rua Guandu, avenida Vereador Abel Ferreira, rua Miranda Jordão, avenida Sapopemba, rua Antônio Gomes.
  • Sul: avenida Vila Ema.
  • Oeste: rua do Oratório, rua Fernando Falcão.

Distritos limítrofes[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Água Rasa
  • Alto da Mooca (parte)
  • Chácara Mafalda
  • Chácara Paraíso
  • Jardim Guanabara
  • Jardim Haddad (parte)
  • Jardim Itália
  • Jardim Silveira (parte)
  • Parque Sevilha
  • Vila Bertioga
  • Vila Canero
  • Vila Celeste
  • Vila Cláudia
  • Vila Clotilde
  • Vila Diva
  • Vila Graciosa
  • Vila Invernada
  • Vila Leme
  • Vila Libanesa
  • Vila Lúcia Elvira
  • Vila Oratório
  • Vila Paulina
  • Vila Regente Feijó
  • Vila Rio Branco
  • Vila Santa Clara

Turismo[editar | editar código-fonte]

Metrô de São Paulo[editar | editar código-fonte]

De acordo com o projeto Expansão SP, o distrito será atendido pela Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo, com a futura Estação Santa Clara.[6][7]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Encontra-se na Água Rasa a sede do sítio do Capão, uma construção de taipa e pilão e alvenaria de tijolos datada no século XVIII. Hoje é patrimônio da Associação Lar Anália Franco está tombada pelo Conselho de Defesa do patrimônio histórico, artístico, arqueológico e turístico do Estado de São Paulo (condephaat) desde 1984.

O padre Feijó deu seu nome para um pequeno bairro no distrito da Água Rasa.

O livro Guia dos Curiosos revela que a Avenida Sapopemba, localizada na Zona Leste do município de São Paulo, é considerada a mais longa do Brasil. Ela é constituída de 45 quilômetros de extensão, no qual 42 quilômetros desta extensão estão implantados no município de São Paulo, unindo o distrito de Água Rasa ao município de Ribeirão Pires[8]


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Água Rasa | São Paulo Bairros». www.spbairros.com.br. Consultado em 1 de maio de 2017 
  2. LTDA, Vivaweb Internet. «Água Rasa :: São Paulo - Minha Cidade». www.saopaulominhacidade.com.br. Consultado em 1 de maio de 2017 
  3. «Site da Prefeitura de São Paulo - Distribuição das Favelas, 2000». Arquivado do original em 23 de junho de 2007 
  4. «Água Rasa | São Paulo Bairros». www.spbairros.com.br. Consultado em 30 de abril de 2017 
  5. «Água Rasa | São Paulo Bairros». www.spbairros.com.br. Consultado em 30 de abril de 2017 
  6. «OBRAS – LINHA 2-VERDE - Metrô São Paulo». www.metro.sp.gov.br. Consultado em 4 de outubro de 2020 
  7. «Governo de SP autoriza início das obras de ampliação da Linha 2-Verde até Penha:Com mais 8,3 km de extensão e 8 novas estações, linha vai cruzar a zona leste, beneficiando mais de 300 mil pessoas por dia». Portal do Governo do Estado de São Paulo. 17 de janeiro de 2020. Consultado em 19 de janeiro de 2020 
  8. «Água Rasa | São Paulo Bairros». www.spbairros.com.br. Consultado em 3 de maio de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.