Vilarinho dos Galegos e Ventozelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Portugal Portugal Vilarinho dos Galegos e Ventozelo 
  Freguesia  
País Portugal Portugal
Concelho MGD.png Mogadouro
Fundação 28 de janeiro de 2013
Administração
 - Tipo Junta de freguesia
 - Presidente Manuel Dos Anjos Garcia (PS)
Área
 - Total 48,74 km²
População (2011)
 - Total 336
    • Densidade 6,9 hab./km²

Vilarinho dos Galegos e Ventozelo (oficialmente, União das Freguesias de Vilarinho dos Galegos e Ventozelo[1]) é uma freguesia portuguesa do concelho de Mogadouro, com 48,74 km² de área[2] e 336 habitantes (2011[3]).

Para além de Vilarinho dos Galegos e Ventozelo a União de Freguesias é composta por mais uma aldeia da antiga freguesia de Vilarinho dos Galegos (Vila dos Sinos).

Foi criada aquando da reorganização administrativa de 2012/2013,[1] resultando da agregação das antigas freguesias de Vilarinho dos Galegos e Ventozelo:

Freguesia atual Freguesias antigas
Brasão Freguesia População[3] Área
(km²)[2]
Brasão Freguesia População[4]
(2011)
Área
(km²)[5]
Coats of arms of None.svg
União das Freguesias de Vilarinho dos Galegos e Ventozelo 336 48,74
Coats of arms of None.svg
Vilarinho dos Galegos 190 24,75
Coats of arms of None.svg
Ventozelo 146 23,98

Património de Vilarinho, Ventozelo e Vila dos Sinos[editar | editar código-fonte]

Povoado Fortificado da Idade do Ferro
Castelo dos Mouros de Vilarinho dos Galegos
Igreja de Vila dos Sinos
Capela com imagens de arte religiosa popular, algumas conhecidas por fariseus, sobre a Paixão de Cristo
Capela do Sr. da Boa Morte - Ventozelo

Notas e referências

  1. a b Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I. Acedido a 19/07/2013.
  2. a b Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 (ficheiro Excel zipado)
  3. a b Valor obtido somando a população das antigas freguesias que lhe deram origem.
  4. INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  5. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1. Devido aos arredondamentos (dados originais em hectares), há uma pequena discrepância entre a soma destes valores e o valor apresentado para o total da nova freguesia.


Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.