Vinícius Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vinícius Júnior
Vinícius Júnior
Vinícius Júnior sendo entrevistado em 2021.
Informações pessoais
Nome completo Vinicius José Paixão de Oliveira Júnior
Data de nasc. 12 de julho de 2000 (21 anos)
Local de nasc. São Gonçalo (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
destro
Apelido Vini
Vini Malvadeza[1]
Informações profissionais
Clube atual Real Madrid
Número 20
Posição ponta-esquerda
Clubes de juventude
2005–2017 Flamengo
Clubes profissionais
Anos Clubes
2017–2018
2018–2019
2018–
Flamengo
Real Madrid Castilla
Real Madrid
Seleção nacional
2015
2016–2017
2018
2020–
2019–
Brasil Sub-15
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil

Vinícius José Paixão de Oliveira Júnior, mais conhecido como Vinícius Júnior (São Gonçalo, 12 de julho de 2000), é um futebolista brasileiro que atua como ponta-esquerda. Atualmente joga no Real Madrid.

Em junho de 2017, Vinicius apareceu na 39ª posição de uma lista do jornal inglês The Telegraph com os melhores jogadores Sub-21 do mundo.[2] Ele foi o único sul-americano a aparecer nessa lista.[3] Em 2017, Vinicius Jr. entrou para a história do futebol mundial. Com apenas 16 anos, ele foi vendido pelo Flamengo ao Real Madrid por 45 milhões de euros. Este valor representou, à época, a 2ª maior venda da história do futebol brasileiro atrás apenas da venda de Neymar e ainda o maior valor já pago por um futebolista com menos de 19 anos de idade.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

O inicio da carreira futebolística de Vinícius Júnior se deu no ano de 2006, quando seu pai o levou a uma das escolinhas filiais do Flamengo, no bairro do Mutuá, em São Gonçalo, onde morava. Sua primeira ficha técnica, porém, tinha um detalhe curioso: ele foi inscrito como lateral-esquerdo.[5]

"O pai do Vinicius nos procurou quando ele tinha cinco anos de idade e desde novo ele sempre apresentou um desempenho acima dos meninos da idade. Ele sempre foi um menino calmo e tranquilo, nunca deu problema mas sempre acima da média".
Cacau, professor da Escolinha Fla São Gonçalo, onde Vinicius deu seus primeiros passos no futebol.

Filho de uma família humilde, Vinícius foi morar na Abolição com um tio, Ulisses, para reduzir a distância para o Ninho do Urubu. Passou a receber uma ajuda de custo do Flamengo e um auxílio dos empresários.[6]

Em 2007, Vinícius passou a conciliar os treinos na escolinha do Fla em São Gonçalo com aulas de futsal no Canto do Rio, um famoso clube localizado no centro de Niterói. Lá, ficou até 2010.[5]

Em 2009, quando Vinícius tinha 9 anos, seus pais o levaram para fazer um teste no futsal do Flamengo. O clube viu potencial, mas achou o menino ainda muito novo e pediu para ele voltar no ano seguinte. Ele não voltou, já que seu desejo era jogar futebol de campo, e não futsal. E foi assim que, em agosto de 2010, Vinícius passou na peneira para o futebol de campo do Fla.[5]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Base[editar | editar código-fonte]

Vinícius foi federado pelo Fla aos 10 anos,[7] e desde então foi tratado com o status de "futuro craque", sendo o principal destaque da base desde o time Sub-13.[8]

Segundo Eduardo Júnior, responsável pela aprovação de Vinícius Júnior na peneira do Flamengo, o garoto "parecia com o ex-meia Adílio, fisicamente e também na capacidade de driblar". Foi por isso que, já no primeiro campeonato disputado pelo Vinicius pelo Flamengo (a Copa Rio Bonito de 2010) ele ganhou a camisa 8, uma espécie de homenagem ao Adílio.[9]

Aos 13 anos, veio a primeira convocação para a Seleção Sub-15, com o técnico Cláudio Caçapa. Mesmo um ano abaixo, ele já era titular e principal jogador dos infantis do Flamengo. Era o protagonista da chamada "Geração 2000 Rubro-Negra",[10] que chegou a ficar mais de 90 jogos invicta entre o mirim e o infantil.[7] Em 2015, sagrou-se campeão da Copa Votorantim, torneio equivalente ao campeonato nacional da categoria.[7]

Em entrevista ao Yahoo Esportes, Fábio Barrozo, ex-gerente das categorias de base do Corinthians, revelou que em 2013, o Timão tentou tirá-lo da Gávea, mas não conseguiu. Mesmo assim, dois anos depois, após uma exibição de gala contra o próprio Corinthians, o Alvinegro tentou contratá-lo novamente, fazendo uma oferta muito boa, completamente fora da realidade para um menino de sua idade, mas sem sucesso.[11]

Em 2016, Vinícius subiu aos juvenis, e a história se repetiu. Mesmo um ano mais novo do que limite da categoria determina, ele se tornou protagonista do time. Marcou dez gols, foi o grande assistente da competição formando parte de um ataque que marcou mais de 52 gols, e ajudou o Flamengo a sagrar-se campeão do Campeonato Carioca Sub-17.[7]

Mas a fama de fato veio em 2017, quando Vinícius participou pela primeira vez da Copa São Paulo de Futebol Júnior, e, mesmo tendo três anos a menos que a idade permitida, foi um dos destaques do torneio. Logo na estreia do Rubro-Negro na competição, Vinícius entrou no decorrer da partida e marcou dois gols na goleada por 5 a 0 diante do Central.[12] Foi destaque pelo Flamengo diante o Nacional de São Paulo em uma goleada por 6 a 0, em que Vinícius contribuiu com duas assistência e provocando dois cartões amarelos ao time adversário.[13] Foi o herói da classificação Rubro-Negra para às quartas de final da Copinha marcando de peito o gol da vitória por 2 a 1 diante do Cruzeiro no final do jogo.[14][15]

As atuações de destaque de Vinícius Júnior pelas categorias de base do Flamengo e da Seleção Brasileira geraram grande interesse do clubes europeus em seu futebol.[16] Publicações de jornais europeus, como Sport, El Confidencial e o As publicaram algumas matérias falando sobre Vinícius Júnior, chamando-o de "novo Neymar do futebol brasileiro".[17]

Para se cercar do assédio dos clubes europeus, o Rubro-Negro firmou o primeiro contrato profissional assim que o jogador completou 16 anos (que é a idade mínima que a legislação permite que um atleta assine um contrato profissional), com uma multa estipulada em 30 milhões de euros (aproximadamente R$ 100 milhões),[5] com o Fla ficando com 90% dos direitos econômicos e 10% pertencendo ao atleta. Vinícius teve o contrato registrado na CBF em 1 de agosto de 2016. Embora a Lei Pelé autorize vínculos por cinco anos, a FIFA reconhece apenas por três anos. Por isso, o Rubro-negro o firmou até 31 de julho de 2019.[18] A partir deste contrato, o Flamengo iniciou um consistente plano de carreira para a promessa. A elaboração de um novo contrato (subindo a multa rescisória para um valor que seja suficiente para que, se for paga, seja a maior venda do futebol brasileiro) e o aproveitamento em etapas no time profissional são os pontos principais.[19]

Grandes clubes europeus como Barcelona e Real Madrid foram os primeiros a manifestar interesse na contratação do jovem atacante com suas atuações de destaque pela base do Flamengo e da Seleção Brasileira, tanto que durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior o time catalão enviou um olheiro para acompanhar de perto as atuações de Vinícius. Em maio o Real Madrid ofereceu 45 milhões de euros (cerca de R$ 157 milhões) para levar o atacante para Espanha próxima temporada, quando completará 18 anos e a legislação permitirá sua transferência, proposta essa que superou a do rival Barcelona que havia oferecido 25 milhões de euros (R$ 87,33 milhões) por Vinícius.[20]

Profissional[editar | editar código-fonte]

2017[editar | editar código-fonte]

Depois da boa participação do atleta na Copa São Paulo, Vinícius foi chamado para realizar alguns treinos com o time profissional do Flamengo, e sua integração ao elenco profissional era questão de tempo.[17] A ideia era que o jovem jogador tivesse um contato mais próximo com os profissionais e assim pudesse se desenvolver de forma mais qualificada.

No dia 7 de maio, após a conquista do Campeonato Carioca, o técnico Zé Ricardo confirmou a incorporação de Vinícius Júnior ao time profissional do Flamengo para a disputa do Campeonato Brasileiro. Logo no dia seguinte Vinícius realizou exames médicos visando sua promoção ao time principal, e também enviá-los ao Real Madrid que havia pedido esses exames.[21][22]

Seria utopia falar que um garoto de 16 anos está pronto. Mas ele vem cumprindo muito bem as etapas nas categorias de base. A próxima é ser integrado aos profissionais, viver esse ambiente de treino, concentração e viagens... E a partir de seus méritos, começar a jogar também. É um garoto de talento nato e potencial muito grande. Está chegando a hora dele colocar tudo isso a serviço dos profissionais. Amanhã (dia 8 de maio) na reapresentação já devemos estar contando com ele. Se não for amanhã, em virtude de exames médicos, vai ser nos próximos dias.
Disse o treinador

No dia 9 de maio, com apenas 16 anos, Vinicius Jr. já participava pela primeira vez de uma atividade como profissional do Flamengo,[23] e constava no site do clube como o novo camisa 20 da equipe.[24]

No dia 13 de maio, 16 anos e dez meses,[25] Vinicius fez sua estreia como profissional na partida em que o Flamengo empatou em 1 a 1 com o Atlético Mineiro, válida pela 1ª rodada do Brasileirão. Vinícius entrou em campo aos 37 minutos do segundo tempo, após pedidos da torcida.[26] Segundo estatísticas do jornal Lance!, os números de Vinícius na partida foram: dois cruzamentos errados, dois passes certos, um passe errado, três perdas de bola e 13 segundos de posse de bola.[27]

No dia 15 de maio, o Flamengo renovou mais uma vez o contrato de Vinícius Júnior, que recebeu um expressivo aumento salarial e viu sua multa rescisória subir de 30 milhões de euros para 45 milhões de euros.[28] Conforme noticiado pela imprensa, esta renovação fazia parte do processo de venda do Vinicius para o Real Madrid, que estava na iminência de ser concretizada, e foi selada durante uma reunião realizada na Gávea.[29] Este novo contrato estendia o vínculo do atleta com o Flamengo para 2022 – o anterior ia até 2019.

No dia 20 de maio, na vitória de 2 a 0 sobre o Atlético Goianiense, Vinícius fez sua segunda partida como profissional, novamente entrando nos minutos finais. Mesmo assim, deu tempo para fazer uma jogada que levantou a torcida. Ele pegou bola, fez a festa na zaga do Dragão, dando uma meia-lua em zagueiro e cruzando para trás, mas a zaga cortou. A jogada foi tão bonita, que foi eleita "o lance mais abusado do final de semana no futebol brasileiro", numa enquete do programa o "É Gol!!!", do SporTV.[30]

Logo após esta sua segunda partida como profissional do Fla, o clube anunciou sua venda para o Real Madrid, da Espanha, por 45 milhões de euros.[31] No acordo assinado, o clube carioca assinou uma obrigação de venda em julho de 2018, já que não é permitido na Espanha o registro de estrangeiros menores de idade.[32] Segundo Mauro Cezar Pereira, da ESPN, Vinícius Júnior fica no Rio, a priori, até janeiro de 2019, mas há uma série de cláusulas para os dois lados. São três possibilidades: o atacante embarcará para Madri em julho de 2018, quando completará 18 anos e poderá ser transferido para o exterior; janeiro ou julho de 2019. Uma série de variáveis irá definir, apoiadas no amadurecimento do atleta e em seu desempenho. Dependerá se o jogador ira bem, muito bem, mal, fenomenalmente bem, etc.[33] Além disso, com o intuito de se resguardar, o Real Madrid incluiu um seguro milionário no contrato. Desta forma, caso o menino se lesione atuando pelo Flamengo, os merengues receberão uma compensação financeira.[34]

O valor de venda de Vinícius Júnior representa a 2ª maior venda da história do futebol brasileiro[4] (atrás apenas de Neymar), o maior valor arrecadado por um clube brasileiro por uma negociação[35] (Neymar custou 86 milhões de euros ao Barcelona, mas o Santos ficou com 17 milhões de euros), e ainda o maior valor já pago por um futebolista com menos de 19 anos de idade.[36] Descontados impostos e comissões, o Flamengo ficará com aproximadamente R$ 100 milhões. Desse montante, o rubro-negro receberá dois terços (cerca de R$ 66 milhões) agora. O restante será parcelado até o atacante se apresentar na Espanha.[17]

No dia 12 de junho, no empate em 1 a 1 contra o Avaí, no Estádio da Ressacada, Vinícius começou, pela primeira vez, uma partida como titular no Flamengo, mas não atuou os 90 minutos.[37]

Em 9 de agosto, na goleada do Flamengo por 5 a 0 sobre o Palestino, do Chile, o garoto entrou na partida e, no primeiro toque na bola, marcou seu primeiro gol como profissional. O camisa 20 recebeu na frente, cruzou para Orlando Berrío e aproveitou a sobra na grande área para bater de direita e balançar a rede do goleiro.[38]

No dia 19 de agosto, na vitória do Flamengo por 2 a 0 sobre o Atlético Goianiense, Vinícius Júnior atuou pela primeira vez os 90 minutos e decidiu o jogo, marcando os dois gols.[39]

No dia 1 de novembro, na partida contra o Fluminense, válida como a partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana daquele ano, Vinícius brilhou no clássico. Ele entrou na partida quando a equipe estava perdendo por 3 a 1 e foi fundamental para o empate, que garantiu a classificação ao time.[40] Com três minutos em campo (entrou aos 19), ele enfiou uma bola de três dedos no meio de Lucas e Romarinho para Éverton Ribeiro, dar um toque genial e deixar Felipe Vizeu livre para marcar o segundo gol. Depois Vini sofreu a falta que originou o terceiro gol, marcado por Willian Arão, de cabeça.[41] Para o jornalista André Rizek, este foi o batismo de fogo de Vinícius entre os profissionais.[42]

Ele tem 17 anos. Não é normal, não é comum um jogador de 17 anos entrar num jogo enorme desses e fazer a diferença. Então, o Vinícius Júnior mostrou que não é comum, não é normal. Por isso ele é a maior contratação da história do futebol brasileiro. Mostrou ontem para quem duvidava que o Vinícius Júnior pode vir a ser um grande nome do futebol mundial. No jogo de ontem deu elementos para ninguém duvidar. Ele teve, para mim, o batismo de fogo. Entrou num Fla-Flu enorme, iniciou, depois de receber um passe do Diego, a jogada do segundo gol do Flamengo. É um cara que pega a bola e parte para cima, com o jogo pegando fogo, ele não fugiu do jogo. Em jogada individual, passou por dois jogadores e vai sofrer a falta que origina o terceiro gol. Então o moleque entrou em campo, indo para cima, jogando, e mostrou para mim que já é gente grande. E olha que quase faz o quarto, se não é caçado.
Andre Rizek, comentarista do SporTV, sobre a atuação de Vinícius Jr no Fla-Flu.

Vinícius terminou a temporada com quatro gols em 37 partidas. Além disso, contribuiu com uma assistência.[43]

2018[editar | editar código-fonte]
Vinícius comemorando seus primeiros gols na Libertadores pelo Flamengo em 2018 contra o Emelec.

Em 2018, Vinícius passou a ter mais oportunidades na equipe, e a ser mais decisivo. Para se ter uma ideia, em março, ele fez os dois gols da vitória do Flamengo sobre o Emelec, fora de casa, em partida válida pela fase de grupos da Copa Libertadores.[44] Com isso, ele se tornou o jogador mais jovem a marcar pelo Rubro-Negro carioca na Libertadores.[45] Além disso, por ter marcado duas vezes numa mesma partida de Libertadores no ano da sua estreia nessa competição, ele conseguiu algo que nem Neymar havia conseguido: em 2011, quando Neymar tinha 19 anos (dois anos a mais do que Vinícius), o menino da vila marcou seis gols na campanha que culminou no terceiro título do Santos, mas nenhum por duas vezes na mesma partida.[46] Outra façanha é que um dos tentos marcados por ele neste jogo concorreu ao gol mais bonito da Libertadores de 2018.[47]

Mais maduro, Vinícius precisou de apenas sete jogos para igualar a quantidade de gols marcados no ano anterior.[48]

Em maio, com o Campeonato Brasileiro já rolando, ele era, em números, o melhor Sub-20 do torneio e um dos melhores jogadores no geral.[49]

No dia 10 de junho, um pouco mais de um ano após sua estreia, Vinícius Jr. despediu do Flamengo, na partida contra o Paraná, válida pela 11° rodada do Campeonato Brasileiro, na qual terminou 2 a 0 para o Flamengo.[50]

No dia 20 de maio de 2017, logo após a segunda partida de Vinícius como profissional do Fla, o clube carioca anunciou sua venda para o Real Madrid por 45 milhões de euros.[17] Nesta data, Real Madrid e Flamengo assinaram uma obrigação de venda do atleta para julho de 2018 (que é quando Vinícius Júnior se tornou maior de idade), já que não é permitido na Espanha o registro de estrangeiros menores de 18 anos.[32] Dos 45 milhões, o rubro-negro recebeu dois terços na data do acordo. O restante foi parcelado até o atacante se apresentar na Espanha.[17]

Segundo Mauro Cezar Pereira, da ESPN, Vinícius Júnior fica no Rio, a priori, até janeiro de 2019, mas há uma série de cláusulas para os dois lados. São três possibilidades: Vinícius Júnior embarcará para Madri em julho de 2018, quando completará 18 anos e poderá ser transferido para o exterior; janeiro ou julho de 2019. Uma série de variáveis irá definir, apoiadas no amadurecimento do atleta e em seu desempenho. Dependerá se o jogador ira bem, muito bem, mal, fenomenalmente bem, etc.[33]

No dia 23 de maio de 2017, o Real Madrid fez a "apresentação" de Vinícius Júnior para seus torcedores, em uma nota no site oficial, onde o clube espanhol publicou um vídeo com lances do garoto.[51] Além disso, a confirmação do acerto pelo clube repercutiu nos principais jornais da Europa, chamando-o de "promessa mais cara da história".[52]

Vinícius, porém, só iria poder se apresentar ao clube em julho de 2018, quando completasse a maioridade.[33] Neste período, portanto, ele continuou a jogar no Flamengo.

Real Madrid Castilla[editar | editar código-fonte]

Conforme estabelecido em contrato[33], em julho de 2018 Vinícius Júnior finalmente ficou à disposição da equipe. Por ter 18 anos, o Real Madrid decidiu inscrevê-lo como atleta do Real Madrid Castilla - que é uma espécie de filial do Real Madrid - para que ele pudesse já ir se adaptando ao futebol espanhol.[53] Os planos do Real eram: treino com o time de cima e jogos pelo Castilla.[54] Além disso, o Real Madrid também o inscreveu como jogador das suas categorias de base para que ele possa atuar na Liga Jovem da UEFA, que é a Liga dos Campeões Sub–19.[55]

Real Madrid[editar | editar código-fonte]

2018–19[editar | editar código-fonte]

Vinícius em 2018 pelo Real Madrid.

No dia 29 setembro de 2018, Vinícius fez sua estreia pela equipe principal Real Madrid em um jogo oficial, ao entrar no jogo no minuto 87 da partida em que o Real Madrid empatou por 0 a 0 com o Atlético de Madrid, no Santiago Bernabéu, pela La Liga.[56] Com isso, Vinícius tornou-se o primeiro futebolista a nascer após a virada do milênio a atuar na equipe principal do Real Madrid.

No dia 31 de outubro, Vinícius fez sua primeira partida como titular, na vitória do Real Madrid fora de casa por 4 a 0 contra o Melilla, pela Copa do Rei.[57][58] Apesar de não ter marcado gol, ele contribuiu efetivamente, com uma assistência para Marco Asensio, e sendo reconhecido pelo jornal Marca como o melhor jogador da partida.[59]

No dia 3 de novembro, Vinícius marcou seu primeiro gol oficial com a camisa do Real Madrid em partida válida pela 11º rodada da La Liga, contra o Real Valladolid.[60] Ele saiu do banco para substituir Marco Asensio aos 25 minutos do segundo tempo, e apenas dez minutos depois marcou o primeiro gol da vitória por 2 a 0, também tendo participado do segundo gol ao dar o passe que resultaria no pênalti sofrido por Karim Benzema,[61] Vinícius tornou-se assim o jogador mais jovem a marcar um gol pelo Real Madrid nos últimos 24 anos no Campeonato Espanhol desde Raúl González.

No dia 7 de novembro, Vinícius tornou-se o terceiro jogador mais jovem da história do Real Madrid a jogar uma partida da Liga dos Campeões.[62][63] O adversário em questão foi o Viktoria Plzeň, pela quarta rodada da fase de grupos; ele saiu do banco para substituir Karim Benzema, e apenas cinco minutos depois deu a assistência para Toni Kroos marcar o quinto gol do time merengue na goleada por 5 a 0.[64]

Em 12 de dezembro, contra o CSKA Moscou, Vinícius tornou-se o terceiro jogador mais jovem da história do Real Madrid a iniciar como titular uma partida da Liga dos Campeões, apenas atrás de Iker Casillas e Raúl.[65][66]

Na partida contra o Ajax, no dia 13 de fevereiro, Vinícius estabeleceu um recorde no clube ao se tornar o jogador mais jovem da história do Real Madrid a atuar como titular durante 12 partidas consecutivas. Na partida em questão contra o Ajax, Vinícius também tornou-se o jogador mais jovem do clube a atuar como titular em um mata-mata de Champions League. Neste jogo, Vinícius deu a assistência para Benzema abrir o placar na vitória por 2 a 1.[67] Graças a essa assistência, ele tornou-se o jogador mais novo da Liga dos Campeões a criar uma jogada de gol desde Raphaël Varane.[68]

O bom desempenho em fevereiro o fez ser eleito o melhor jogador do Real Madrid neste mês.[69]

Sua rápida ascensão no Real Madrid o rendeu a primeira convocação para a Seleção Brasileira principal, para os amistosos contra o Panamá e a República Tcheca.[70][71] Porém, na partida de volta das oitavas de final contra o Ajax, Vinícius viria a se machucar ainda no primeiro tempo e teve que ser cortado dos dois amistosos.[72]

2019–20[editar | editar código-fonte]

Logo após a pré-temporada, Vinícius voltou a ser convocado por Tite para os amistosos contra Peru e Colômbia.[73] Marcou seu primeiro gol pelo Real Madrid na temporada 2019–20 em um jogo contra o Osasuna, pela 6ª rodada do Campeonato Espanhol. Aos 35 do primeiro tempo, ele recebeu de Toni Kroos e mandou no ângulo para abrir o placar. O Real venceu por 2 a 0, com o brasileiro Rodrygo marcando o segundo.[74][75]

Ao marcar contra o Barcelona pelo El Clássico na 26ª rodada do Campeonato Espanhol, Vinícius fez história tornando-se assim o jogador mais jovem do século XXI a marcar no El Clássico pela La Liga[76], superando a marca de Lionel Messi[77][78] e tornando-se o mais jovem no geral desde Raúl em 1995.[79]

A subida de produção o fez, exatamente um ano depois, novamente ser eleito o melhor jogador do Real Madrid, em fevereiro.[80]

Ao lado do compatriota Rodrygo, Vinícius foi eleito pela Cies Football Observatory como um dos cinco jogadores jovens mais valiosos do mundo.[81]

2020–21[editar | editar código-fonte]

Em fevereiro de 2021, o jornal espanhol 'Marca', fez um levantamento que concluiu que o Real Madrid, em comparação aos outros pontas do elenco, o clube tinha um aproveitamento maior quando Vinícius Júnior estava em campo. Segundo o jornal, "Vinícius é possivelmente o jogador mais criticado do Real Madrid, entretanto a realidade é que a equipe vai melhor quando joga com o brasileiro".[82]

No dia 1 de março de 2021, Vinícius tornou-se o 4° jogador mais jovem a chegar aos 100 jogos pelo Real Madrid,[83] atingindo essa marca no empate por 1 a 1 com Real Sociedad, em jogo válido pela 25ª rodada da La Liga, além de entrar aos 15 minutos do segundo tempo e marcar o gol que salvou o Real da derrota, aos 43 minutos.[84]

Em 3 de abril, fez uma boa partida na vitória do Real por 2 a 0 sobre o Eibar, válido pela 29ª rodada da La Liga, dando uma assistência para Karim Benzema fazer o segundo gol da partida.[85]

Na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões contra o Liverpool, Vinícius teve mais uma excelente atuação, fazendo dois gols na vitória por 3 a 1.[86] Esses gols renderam a Vinícius vários recordes: ele tornou-se o segundo jogador Brasileiro a fazer pelo menos dois gols em uma partida de mata a mata de Liga dos Campeões vestindo a camisa do Real Madrid, apenas atrás de Ronaldo. Também tornou-se o segundo jogador mais jovem do Real Madrid a fazer um gol em mata a mata da Liga dos Campeões, apenas atrás de Raúl, como também tornou-se o jogador mais jovem da história do Real Madrid a fazer um "doblete" em um mata a mata de Liga dos Campeões.[87] Ao final da histórica partida para o brasileiro, ele foi coroado como o melhor em campo.[88] Alguns dias depois, essa atuação o faria ser eleito pela primeira vez na carreira o jogador da semana da Liga dos Campeões.[89]

2021–22[editar | editar código-fonte]

Vinícius teve o melhor inicio dele pelo Real Madrid em 2021-22, marcando 5 gols nas 5 primeiras partidas de La Liga, sendo assim eleito o melhor jogador do Real Madrid em agosto.[90]

Vinícius continuaria seu bom momento ao novamente marcar e ser decisivo para a vitória contra o Celta de Vigo na rodada seguinte, além do gol, ele sofreria o penalty que originária o quinto gol da partida, convertido por Benzema [91], que ao final do jogo chamou o Brasileiro de "Fenômeno" e que é sempre um prazer jogar ao lado dele.[92]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-15[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de outubro de 2015, foi convocado pelo técnico Guilherme Dalla Déa para a disputa do Campeonato Sul-Americano Sub-15.[93] Fez um gol na vitória por 6 a 1 sobre o Peru pela segunda rodada.[94]

Marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia e garantiu a classificação para as semifinais da competição.[95] Na última rodada, marcou um gol na goleada por 6 a 0 sobre o Uruguai, o Brasil garantiu o primeiro lugar do Grupo B da competição e encerrou a primeira etapa com cem por cento de aproveitamento.[96]

Marcou um gol na vitória por 3 a 1 sobre o Equador, pela semifinal.[97] O Brasil conquistou o título ao derrotar o Uruguai nos pênaltis por 5 a 4; apesar disso, Vinícius Júnior não converteu sua cobrança.[98]

Foi campeão do Sul-Americano Sub-15 e vice artilheiro com seis gols.[99]

Sub-17[editar | editar código-fonte]

No dia 24 de junho de 2016, foi convocado pela Seleção Brasileira Sub-17 para os amistosos contra o Chile.[100] Marcou dois gols na vitória por 4 a 2 sobre o Chile.[101] Já no dia 26 de agosto, foi convocado para os amistosos contra o Uruguai.[102] No dia 8 de setembro marcou um gol na vitória por 5 a 2 sobre o Uruguai.[103]

No dia 26 de setembro de 2016, foi convocado para a BRICS Cup U-17.[104] Foi campeão da BRICS Cup U-17, depois de vencer a África do Sul por 5 a 1. Foi artilheiro da competição com quatro gols.[105]

Foi convocado para a disputa do Nike International Friendlies 2016, torneio realizado na Flórida.[106] Na estreia da Seleção Brasileira Sub-17 no torneio, marcou dois gols e derrotaram a Turquia por 4 a 2.[107] Na última partida, o Brasil perdeu para o Estados Unidos por 3 a 0 e ficou em segundo lugar no torneio.[108]

Sul-Americano[editar | editar código-fonte]

Vinícius estreou no Campeonato Sul-Americano Sub-17 de 2017 com um gol, na vitória por 3 a 0 sobre o Peru.[109] Marcou um gol no empate por 1 a 1 sobre o Paraguai e garantiu a classificação para o hexagonal final.[110]

Na partida seguinte, no dia dia 7 de março, novamente contra o Paraguai, Vinícius protagonizou o lance mais bonito do torneio ao emendar três chapéus seguidos em três adversários distintos.[111]

Já no dia 11 de março, o atacante marcou um gol na vitória por 4 a 0 sobre a Venezuela[112] e no dia 14 marcou dois na vitória por 3 a 0 sobre o Equador.[113] Depois marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre a Colômbia e garantiu a classificação para a Copa do Mundo da Índia.[114]

Ao final do torneio, Vinícius levou o prêmio de Melhor Jogador e, com sete gols, foi artilheiro, na qual a Seleção Brasileira sagrou-se campeã.

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em junho de 2018, Vinícius Júnior foi convocado pelo técnico Carlos Amadeu para um período de treinamentos realizados durante a disputa da Copa do Mundo da Rússia, preparatório para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria em 2019.[115]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Vinícius Júnior foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal no dia 28 de fevereiro de 2019[116], para defender a camisa verde e amarela em dois amistosos em março, contra Panamá e República Tcheca.[117] O técnico Tite afirmou que incluiu Vinícius Júnior no elenco por merecimento, devido ao seu desempenho no time titular do Real Madrid. No entanto, após uma semana de ser convocado pela primeira vez, Vinícius rompeu os ligamentos do tornozelo.[118]

Em 10 de setembro de 2019, Vinícius Júnior estreou no amistoso contra o Peru.[119] O atacante entrou aos 27 do segundo tempo e participou de alguns lances nos 23 minutos em que esteve em campo. No principal deles, teve a chance do empate, aos 41, mas desperdiçou.[120]

Copa América de 2021[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de junho de 2021, Vinícius foi convocado para a disputa da Copa América de 2021.[121]

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Vinícius é alvo de consultas e observações de jogos feitas por alguns dos clubes mais ricos do planeta desde os 14 anos. A ousadia, o drible e a visão de jogo sempre chamaram atenção no estilo de Vinícius, um atacante capaz de jogar pelo lado do campo ou mais pelo centro.[6] Porém, ele se sente mais à vontade atuando pelas pontas, preferencialmente no lado esquerdo do ataque, e não raro recorre à habilidade para superar seus marcadores, sendo quase imbatível no um contra um. No entanto, antes de subir ao profissional, Vinícius chegou a ser repreendido no Flamengo por abusar dos dribles em algumas partidas, por se atrapalhar todo e esquecer da bola.[122]

O ex-jogador Tostão, em março de 2018, opinou sobre o futebol de Vinícius: "Ele tem uma incrível habilidade e velocidade nas arrancadas iniciais e nos médios e longos espaços, mas continua, como era no Brasil, com deficiências na finalização, no passe decisivo e nas escolhas."[123]

Seu biotipo acima da média para garotos de sua idade e sua altura (1,76 m), chamaram a atenção do diário espanhol AS, que o classificou como "uma versão moderna e mais forte de Neymar".[124]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 14 de abril de 2021.[125]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Flamengo 2017 25 3 1 4 0 0 7 1 0 1 0 0 37 4 1
2018 12 4 3 2 0 0 5 2 0 14 4 1 32 10 4
Total 37 7 4 6 0 0 12 3 0 14 4 1 70 14 5
Real Madrid Castilla 2018–19 5 4 0 5 4 0
Total 5 4 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 5 4 0
Real Madrid 2018–19 18 2 0 8 2 6 4 0 2 1 0 0 31 4 8
2019–20 29 3 2 3 1 1 5 1 1 1 0 0 38 5 4
2020–21 27 3 4 1 0 0 10 3 2 1 0 0 39 6 6
2021-22 6 5 2 0 0 0 1 0 0 7 5 2
Total 80 13 8 12 3 7 19 4 5 3 0 1 115 20 20
Total na carreira 122 19 13 18 3 7 31 7 5 17 4 2 190 38 25

Seleção Brasileira (jogos por temporada)[editar | editar código-fonte]

Sub-15
Ano
Jogos Gols Assist.
2015 10 7 1
Total 10 7 1
Sub-17
Ano
Jogos Gols Assist.
2016 11 10 2
2017 8 7 2
Total 19 17 4
Sub-20
Ano
Jogos Gols Assist.
2018 2 0 0
Total 2 0 0
Principal
Ano
Jogos Gols Assist.
2019 1 0 0
2021 2 0 0
Total 3 0 0
Seleção Brasileira (total)
Ano
Jogos Gols Assist.
2015 10 7 1
2016 11 10 2
2017 8 7 2
2018 2 0 0
2019 1 0 0
Total 32 24 5

Seleção Brasileira (Detalhes dos jogos)[editar | editar código-fonte]

Sub-15
Sub-17
Sub-20
Seleção principal

Títulos[editar | editar código-fonte]

Fonte: oGol[126]

Flamengo
Real Madrid
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Richarlison 'compra briga' com Benzema e comenta em post do francês: 'Tropa do Vini Malvadeza'». ESPN.com.br. 28 de outubro de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  2. «Jornal põe Jesus, Gabigol e Vinicius Jr. em lista de melhores sub-21 do mundo». GloboEsporte.com. 20 de junho de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  3. «Jornal põe Jesus, Gabigol e Vinicius Jr. em lista de melhores sub-21 do mundo». GloboEsporte.com. 20 de junho de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  4. a b Vinicius Castro (22 de maio de 2017). «Vinicius Jr. dá ao Fla a 2ª maior venda da história do futebol brasileiro». UOL. Consultado em 10 de julho de 2021 
  5. a b c d Felipe Siqueira (4 de abril de 2017). «O começo de tudo: onde o "fominha" Vinicius Junior deu seus primeiros chapéus». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  6. a b Carlos Eduardo Mansur (17 de janeiro de 2017). «Flamengo prega cautela para integrar Vinicius Jr. a time adulto». O Globo. Consultado em 10 de julho de 2021 
  7. a b c d Pedro Venancio (31 de outubro de 2016). «Talento, irreverência, multa milionária: conheça Vinícius, a maior joia do Fla». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  8. «Antes de Madri: Vinicius Jr inicia sua trajetória no profissional do Fla; entenda cenário». GloboEsporte.com. 9 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  9. Roger Garcia (21 de agosto de 2017). «Vinicius Júnior foi comparado a Adílio quando chegou ao Fla». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  10. Pedro Venancio (10 de janeiro de 2017). «Comandada por Vinícius Júnior, Geração 2000 se apresenta ao Brasil na Copinha». Blog Na Base da Bola. Consultado em 10 de julho de 2021 
  11. Marcel Thomé (23 de março de 2017). «Corinthians tentou tirar Vinícius Júnior do Flamengo por duas vezes». Torcedores.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  12. «Com golaços de Vinícius Júnior, atual campeão Flamengo goleia o Central». GloboEsporte.com. 4 de janeiro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  13. «Flamengo passeia, goleia o Nacional e avança de fase na Copinha: 6 a 0». GloboEsporte.com. 11 de novembro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  14. «Com gol nos acréscimos, Fla vence Cruzeiro e vai às quartas da Copinha». GloboEsporte.com. 15 de janeiro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  15. «Após Copinha, Vinícius Júnior será pioneiro em projeto com joias do Fla». GloboEsporte.com. 13 de janeiro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  16. Ivan Raupp (29 de abril de 2017). «Gigantes europeus pretendem tirar Vinicius Junior do Fla logo após a Copa 2018». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  17. a b c d e Raísa Simplicio (17 de março de 2017). «Monitorado por Barça e Real, Vinicius deu seus primeiros passos em escolinha do Fla; confira a história». Goal.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  18. Vinicius Castro (22 de março de 2017). «Muito além da multa: por que Vinicius Júnior não pode deixar o Fla (agora!)». UOL. Consultado em 10 de julho de 2021 
  19. Mauro Cezar Pereira (25 de abril de 2017). «Por detalhes: contrato de Vinícius Júnior praticamente renovado com o Flamengo». ESPN.com.br. Consultado em 10 de julho de 2021 
  20. «Real Madrid oferece R$ 157 milhões, supera Barça e se aproxima de Vinicius Jr». GloboEsporte.com. 6 de maio de 2017. Consultado em 6 de maio de 2017 
  21. Bruno Giufrida (7 de maio de 2017). «Zé garante Vinicius Junior incorporado ao elenco profissional do Fla no Brasileiro». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  22. «Vinícius Jr. deve ser integrado na terça, e Zé avisa: Seria utopia dizer que está pronto». GloboEsporte.com. 8 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  23. «Vinicius Junior faz primeira atividade como profissional do Flamengo». GloboEsporte.com. 9 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  24. «Em site oficial, Flamengo inclui Vinicius Júnior no elenco profissional com a camisa 20». Extra. 11 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  25. «Vinicius Junior estreou mais jovem do que Robinho, Diego e Neymar». LANCE!. 15 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  26. «Pedido pela torcida, Vinicius Junior estreia no profissional: "Fico nervoso e ansioso"». GloboEsporte.com. 13 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  27. «Os números de Vinicius Junior na estreia pelo profissional». LANCE!. 14 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  28. «Flamengo dá aumento de salário e eleva multa de Vinícius Júnior para 45 mi de euros». Estadão. 16 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  29. «Mais um passo a caminho do Real: Vinicius Junior renova com o Flamengo». GloboEsporte.com. 15 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  30. «Vinicius Jr., joia do Fla, faz fila, dá a meia-lua e é o "abusado" da rodada». SporTV.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  31. Eduardo Peixoto (20 de maio de 2017). «Flamengo chega a acordo com o Real Madrid e acerta venda de Vinicius Jr». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  32. a b «Flamengo acerta venda de Vinicius Júnior para o Real Madrid, mas joia fica no Rio até 2019». LANCE!. 23 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  33. a b c d Mauro Cezar Pereira (23 de maio de 2017). «Vendido ao Real, Vinícius Júnior chora eliminação e pode ficar no Fla mais 2 anos». ESPN.com.br. Consultado em 10 de julho de 2021 
  34. Diogo Dantas (23 de maio de 2017). «Fla e Real Madrid assinam venda de Vinicius Junior e joia conta com seguro milionário». Extra. Consultado em 10 de julho de 2021 
  35. a b Paulo Vinícius Coelho (16 de maio de 2017). «Renovação de Vinicius Junior pode beneficiar Flamengo e o próprio jogador». UOL. Consultado em 10 de julho de 2021 
  36. a b «Top 7: Venda para o Real faz de Vinicius Júnior o menor de idade mais caro da história». R7. 22 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  37. «Estreia de Vinicius Jr. como titular no Flamengo é destaque na Espanha: 'Atuação apagada'». Extra. 12 de junho de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  38. «Vinicius Junior desencanta, Fla atropela o Palestino e avança na Sul-Americana». GloboEsporte.com. 9 de agosto de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  39. Amanda Kestelman (20 de agosto de 2017). «Da atuação relâmpago aos 90 minutos: Vinicius Júnior é protagonista pela 1ª vez». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  40. «À flor da pele: em clássico eletrizante, Fla busca empate no fim e garante vaga na semi». GloboEsporte.com. 1 de novembro de 2017. Consultado em 13 de julho de 2021 
  41. «Do jeito que o moleque gosta: Vinicius Júnior "põe fogo" em jogo com a sua cara». GloboEsporte.com. 2 de novembro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  42. «Para Rizek, Vinícius Jr. fez batismo de fogo no Fla-Flu: "Mostrou que não é normal"». SporTV.com. 2 de novembro de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  43. Adriano Skrzypa (25 de junho de 2018). «Números de Vinicius Jr pelos profissionais do Flamengo». Mundo Rubro-Negro. Consultado em 10 de julho de 2021 
  44. «Decisivo, Vinicius Jr. faz graça com óculos e diz: "Muita gente me batendo"». UOL. 15 de março de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  45. Tauan Ambrósio (15 de março de 2018). «Vinícius Jr supera marcas de Felipe Melo, Neymar... e pede passagem no Flamengo». Goal.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  46. «Nem Neymar fez o que Vinicius Jr. conseguiu pelo Flamengo na Libertadores». ESPN.com.br. 15 de março de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  47. Matheus Leal (29 de dezembro de 2018). «Vinicius Jr concorre ao gol mais bonito da Libertadores 2018; veja adversários». Torcedores.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  48. Victor Gammaro (22 de fevereiro de 2018). «Em apenas sete jogos, Vinícius Júnior iguala número de gols em 2017». Superesportes. Consultado em 10 de julho de 2021 
  49. Pedro Venancio (1 de maio de 2018). «Vinícius Júnior brilha em rodada com quatro gols de jogadores sub-20». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  50. «Aos gritos de "fica", Vinicius Jr. se despede da torcida e chora: "Não sou eu que decido"». GloboEsporte.com. 10 de junho de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  51. «Com vídeo, Real Madrid "apresenta" Vinicius Junior para seus torcedores». GloboEsporte.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  52. «Ida de Vinícius Jr para o Real repercute na Europa: "Promessa mais cara da história"». GloboEsporte.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  53. «Vinicius Jr é destaque no Real Madrid B, sofre pênalti e puxa vitória de virada na 3ª Divisão». Extra. 24 de setembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  54. «Real define plano para Vinícius Jr: treinos no profissional e jogos no Castilla». Gazeta Esportiva. 23 de agosto de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  55. Ivan Raupp (27 de julho de 2018). «Real Madrid inscreve Vinicius Junior como jogador das categorias de base». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  56. «Ainda "hablando" português, Vinicius Junior avalia estreia no Real: "Estou muito feliz"». GloboEsporte.com. 29 de setembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  57. «Na estreia de Vinícius Júnior como titular, Real goleia Melilla». Gazeta Esportiva. 31 de outubro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  58. Arch Bell (31 de outubro de 2018). «Vinicius reignites Real» (em inglês). Marca. Consultado em 10 de julho de 2021 
  59. Santiago Siguero (1 de novembro de 2018). «Vinicius makes his case for regular minutes» (em inglês). Marca. Consultado em 10 de julho de 2021 
  60. Cayo Pereira (3 de novembro de 2018). «Vinícius Jr entra, faz gol e Real Madrid vence Valladolid no Espanhol». LANCE!. Consultado em 10 de julho de 2021 
  61. «Real Madrid e Vinícius Jr: pelo Espanhol, brasileiro marca 1º gol com a camisa merengue; veja tudo que rolou no dia mágico do atacante». ESPN.com.br. 3 de novembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  62. «Vinícius é o 3º jogador mais jovem do Real Madrid a jogar uma partida de Champions». Marca. 7 de novembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  63. «Vinicius Jr. se iguala a Casillas e é o 3º mais jovem a estrear pelo Real na Champions». Extra. 8 de novembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  64. «Real Madrid atropela na Champions». ESPN.com.br. 7 de novembro de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  65. Mario Cortegana (12 de dezembro de 2018). «Vinicius encabezó el tercer Madrid más joven en Champions» (em espanhol). As. Consultado em 10 de julho de 2021 
  66. Diogo Magri (13 de dezembro de 2018). «Real Madrid dá vexame contra o CSKA, mas avança em primeiro às oitavas da Champions». El País. Consultado em 10 de julho de 2021 
  67. Rodrigo Cerqueira (19 de fevereiro de 2019). «Vinícius estabelece record no Real Madrid». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  68. «Vinícius torna-se o jogador mais jovem a criar um gol na Champions League». The Real Champs. 13 de fevereiro de 2019. Consultado em 19 de fevereiro de 2019 
  69. «Vinícius Jr é eleito o melhor do Madrid em fevereiro». GloboEsporte.com. 22 de março de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  70. «Com Vinicius Junior, Tite convoca seleção brasileira para amistosos». GloboEsporte.com. 28 de fevereiro de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  71. «Vinicius Junior é convocado pela primeira vez para a seleção brasileira principal». Portal MME. 28 de fevereiro de 2019. Consultado em 6 de março de 2019 
  72. «Vinicius Junior rompe ligamentos do tornozelo e deve ser cortado da Seleção». GloboEsporte.com. 6 de março de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  73. «Tite convoca Seleção com Bruno Henrique, Weverton e Neymar para amistosos de setembro». GloboEsporte.com. 16 de agosto de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  74. «Vinicius Junior e Rodrygo marcam, e Real Madrid vence o Osasuna no Bernabéu». GloboEsporte.com. 25 de setembro de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  75. Leandro Stein (25 de setembro de 2019). «Das lágrimas de Vinícius à estrela de Rodrygo, a garotada brasileira se destacou na vitória do Real Madrid». Trivela. Consultado em 10 de julho de 2021 
  76. «Vinicius Jr.: o mais jovem estrangeiro a marcar no Clássico da Liga». Site oficial do Real Madrid. 2 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  77. «Vinicius Junior vibra após noite mágica pelo Real Madrid: "Sabia que esse momento ia chegar"». GloboEsporte.com. 1 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  78. «Gol no clássico faz Vinicius Júnior superar marca de Messi». VEJA. 2 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  79. «Vinicius Jr. supera marca de Messi no clássico entre Real Madrid e Barcelona». ESPN.com.br. 1 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  80. «Destaque no clássico, Vinicius Junior é eleito o melhor jogador do Real Madrid em fevereiro». Globo Esporte. 4 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  81. «Vinícius e Rodrygo entre os 5 jovens mais valiosos do mundo.». GloboEsporte.com. 23 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  82. «Segundo jornal, Vinícius Junior é o ponta que mais vence no Real Madrid». O Dia. 19 de fevereiro de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  83. «Vini Jr é o quarto mais jovem a atingir 100 jogos pelo Real Madrid e recebe camisa especial». ge. Consultado em 3 de abril de 2021 
  84. «Em seu 100º jogo no Real Madrid, Vini Jr garante empate contra a Real Sociedad». GloboEsporte.com. 1 de março de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  85. «Real Madrid vence Eibar com assistências de Casemiro e Vinicius Jr. e embala antes de El Clásico». ESPN.com.br. 3 de abril de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  86. «Vinicius Junior decide jogo contra o Liverpool, torna-se vice-artilheiro do Real Madrid e pode ser melhor». GloboEsporte.com. 6 de abril de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  87. «Real Madrid: Contra Liverpool, Vinicius Jr. iguala Ronaldo e só fica atrás de Raúl em estatística». ESPN.com.br. 6 de abril de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  88. «Vinícius: Eleito o melhor em campo contra o Liverpool». Site oficial do Real Madrid. 6 de abril de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  89. «Vinicius Junior é eleito o Jogador da Semana da Champions League.». Uol Esporte. 9 de abril de 2021. Consultado em 9 de abril de 2021 
  90. Esporte, Globo (3 de setembro de 2021). «Com três gols em três jogos no Espanhol, Vini Jr é eleito melhor jogador do mês no Real Madrid». Globo Esporte. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  91. Globo, Esporte (12 de setembro de 2021). «Real Madrid goleia Celta com três de Benzema e Vini Jr nos braços do povo». Globo Esporte. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  92. Globo, Esporte (12 de setembro de 2021). «Vini Jr ganha as manchetes em Madri e é elogiado por Benzema: "Fenômeno. Falo muito com ele"». Globo Esporte. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  93. «Convocação para o Sul-Americano Sub-15». CBF. 30 de outubro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  94. «Sub-15 goleia o Peru no Sul-Americano». CBF. 27 de novembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  95. «Sub-15 derrota a Bolívia e segue adiante». CBF. 29 de novembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  96. «Sub-15 passeia pelo Uruguai e faz 6 a 0». CBF. 1 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  97. «Sub-15 vence Equador e decide neste domingo». CBF. 3 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  98. «Seleção Brasileira vence o Sul-Americano Sub-15». CBF. 6 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  99. «Sul-Americano Sub-15: campeão, Brasil leva prêmios em torneio na Colômbia». Globoesporte.com. 7 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de março de 2017 
  100. «Sub-17 fará dois amistosos contra o Chile». CBF. 24 de junho de 2016. Consultado em 17 de março de 2017 
  101. «Sub-17 vence o Chile mais uma vez: 4 a 2». CBF. 8 de julho de 2016. Consultado em 17 de março de 2017 
  102. «Sub-17 convocada para amistosos contra o Uruguai». CBF. 26 de agosto de 2016. Consultado em 17 de março de 2017 
  103. «Com boa atuação, Sub-17 vence Uruguai por 5 a 2». CBF. 8 de setembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  104. «Seleção Sub-17 convocada para a Copa BRICS». CBF. 26 de setembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  105. «Seleção Sub-17 conquista o título com goleada». CBF. 15 de outubro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  106. «Seleção Sub-17 é convocada para torneio na Flórida». CBF. 9 de novembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  107. «Sub-17 entra em campo de luto e derrota a Turquia». CBF. 1 de dezembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  108. «Seleção Sub-17 fica com o segundo lugar nos EUA». 5 de dezembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  109. «Brasil joga bem e estreia com vitória sobre o Peru». 25 de fevereiro de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  110. «Brasil empata e garante vaga no hexagonal final». 2 de março de 2017. Consultado em 18 de março de 2017 
  111. Lucas Loos (15 de março de 2017). «Artilheiro, Vinicius Jr. celebra chapéu-triplo: "Disseram que lembrou o Ronaldinho"». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  112. «Seleção Sub-17 goleia a Venezuela no Sul-Americano». Confederação Brasileira de Futebol. 11 de março de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  113. «Seleção Sub-17 bate o Equador e assume liderança». Confederação Brasileira de Futebol. 14 de março de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  114. «Seleção Sub-17 vence a Colômbia e segue líder». Confederação Brasileira de Futebol. 17 de março de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  115. «Seleção sub-20 é convocada com Rodrygo e Vinícius Júnior». Gazeta Esportiva. 12 de junho de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 
  116. Eric Lima (28 de fevereiro de 2019). «Vinícius Júnior é convocado pela primeira vez para defender a seleção brasileira principal». Máfia Merengue. Consultado em 10 de julho de 2021 
  117. «Com Vinícius Júnior, Tite convoca seleção para amistosos contra Panamá e República Tcheca». Extra. 28 de fevereiro de 2019. Consultado em 13 de julho de 2021 
  118. «Vinicius Junior rompe ligamentos do tornozelo e deve ser cortado da Seleção». GloboEsporte.com. 6 de março de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  119. «Revanche? Cheio de mudanças, Brasil cria pouco e perde para o Peru em Los Angeles». GloboEsporte.com. 10 de setembro de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  120. «Tite e Casemiro freiam expectativa sobre Vinicius Junior: "Não pode queimar etapas"». Globoesporte.globo.com. 10 de setembro de 2019. Consultado em 12 de setembro de 2019 
  121. «Os convocados da seleção para a Copa América 2021 no Brasil | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 13 de julho de 2021 
  122. Breiller Pires (23 de maio de 2017). «Vinicius Junior, o garoto do Flamengo que encantou o Real Madrid». El País. Consultado em 10 de julho de 2021 
  123. «O esperado confronto entre o Corinthians de Carille e o Santos de Sampaoli». Folha de S.Paulo. 10 de março de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  124. «Jornal espanhol exalta Vinicius Júnior: "é uma versão melhorada de Neymar"». OneFootball. 24 de maio de 2017. Consultado em 10 de julho de 2021 
  125. «Perfil do Vinícius Júnior». Soccerway. Consultado em 29 de abril de 2018 
  126. Vinícius Júnior
  127. Fernando Gavini (20 de março de 2017). «Vinícius Júnior é eleito o melhor do Sul-Americano Sub-17! Veja vídeo de todos os gols!». Olímpiada Todo Dia. Consultado em 10 de julho de 2021 
  128. «Vinicius Junior recebe prêmio de melhor jogador do Real Madrid em fevereiro». GloboEsporte.com. 22 de março de 2019. Consultado em 10 de julho de 2021 
  129. «Destaque no clássico, Vinicius Junior é eleito o melhor jogador do Real Madrid em fevereiro». GloboEsporte.com. 4 de março de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  130. «Com três gols em três jogos no Espanhol, Vini Jr é eleito melhor jogador do mês no Real Madrid». ge. Consultado em 21 de setembro de 2021 
  131. «Jornal coloca Felipe, Diego Carlos e Casemiro na seleção do Espanhol e Vinicius Jr entre melhores sub-21». GloboEsporte.com. 20 de julho de 2020. Consultado em 10 de julho de 2021 
  132. «Vinicius Junior é eleito o Jogador da Semana da Champions League». UOL. 9 de abril de 2021. Consultado em 10 de julho de 2021 
  133. Marcello Neves (15 de março de 2018). «Vinicius Junior se torna o mais jovem jogador do Fla a marcar na Libertadores». LANCE!. Consultado em 10 de julho de 2021 
  134. «Herói do Fla, Vinicius Júnior alcançou dois recordes históricos na Libertadores». oGol. 15 de março de 2018. Consultado em 10 de julho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]