Vincent D'Onofrio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vincent D'Onofrio
D'Onofrio no 2014 Toronto International Film Festival
Nome completo Vincent Phillip D'Onofrio
Nascimento 30 de junho de 1959
Brooklyn, New York City,  Estados Unidos
Ocupação ator
produtor
diretor
Atividade 1983-presente
Cônjuge Carin van der Donk (c. 1997)
Filho(s) 3, incluindo Leila George

Vincent Philip D'Onofrio (Brooklyn, 30 de junho de 1959) é um ator estadunidense produto e diretor. Ele é conhecido por seus papéis principais e coadjuvantes no cinema e na televisão. Ele foi indicado ao Primetime Emmy Awards e dois Saturn Awards, ganhando um por seu papel coadjuvante em Men in Black.[1]

Seus papéis incluem o soldado Leonard "Pyle" Lawrence em Full Metal Jacket (1987), Edgar the Bug em Men in Black (1997) e The Series (1997-2001), Carl Stargher em The Cell (2000), Detetive Robert Goren em Law & Order: Criminal (2001-10), Wilson Fisk/Kingpin em Daredevil (2015-18) e como Vic Hoskins em Jurassic World (2015).

Vida[editar | editar código-fonte]

D'Onofrio nasceu em Bensonhurst, Brooklyn, Nova Iorque, Nova Iorque. Ele é descendente de italianos, com ancestrais de Nápoles.[2] Seus pais Gennaro e Phyllis D'Onofrio se conheceram enquanto Gennaro estava estacionado no Havaí com a Força Aérea dos Estados Unidos. Gennaro foi treinado como decorador de interiores, mas passava a maior parte de seu tempo livre em teatro amador.[3] Vincent é o mais novo de três irmãos. Seus irmãos mais velhos são Antoinette (nascida em 1956) e Elizabeth (nascida em 1957), uma atriz e treinadora de teatro residente em Fort Myers Beach, Flórida.[4] Ele foi criado no Havaí e no Colorado durante seus primeiros anos.[5]

Os pais de D'Onofrio se divorciaram quando ele era jovem; sua mãe mais tarde se casou com George Meyer. Ele se tornou meio-irmão de Guy e Connie, filhos de Meyer de um casamento anterior.[carece de fontes?] A família mudou-se para o Hialeah, Flórida. D'Onofrio se descreveu como um menino tímido que passava "muito tempo no meu quarto, ficando na minha cabeça",[6] mais tarde se interessou por magia e prestidigitação, truques que aprendeu com artistas cubanos que possuíam uma pequena loja de magia.[3]

Em sua adolescência, ele trabalhou nos bastidores na construção de cenários e produção de som em uma série de teatros comunitários dirigidos por seu pai.[carece de fontes?] Ele se formou em Hialeah-Miami Lakes Senior High School.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Atuação e cinema[editar | editar código-fonte]

Depois de se formar no ensino médio, D'Onofrio começou a aparecer no palco. Durante um período de 18 meses na Universidade do Colorado em Boulder, Colorado, ele se envolveu com pequenas produções de teatro comunitário. Mais tarde, ele estudou método de atuação no American Stanislavsky Theatre e no Actors Studio, com os treinadores Sonia Moore e Sharon Chatten,[8] que lhe renderam seu primeiro papel pago no filme off-Broadwary This Property Is Condemned.[6] Ele passou a aparecer em várias de suas produções, incluindo Of Mice and Men e Sexual Perversity in Chicago. D'Onofrio continuou sua carreira se apresentando em muitas produções de estudantes da New York University enquanto trabalhava como segurança no Hard Rock Cafe, guarda-costas de Robert Plant e Yul Brynner[5] e entregador.

Em 1984, ele fez sua estreia na Broadway como Nick Rizzoli em Open Admissions. Em 1986, D'Onofrio assumiu o papel muitas vezes considerado o momento decisivo em sua carreira de ator, como Pvt. Leonard Lawrence, um recruta da marinha com excesso de peso e desajeitado no filme Full Metal Jacket. Seguindo uma dica do amigo Matthew Modine, D'Onofrio foi instado a enviar fitas de audição para o diretor Stanley Kubrick, da Inglaterra. Quatro fitas depois, D'Onofrio conseguiu o papel. Originalmente, o personagem de Pvt. Lawrence foi escrito como um "caipira magro e ignorante"; No entanto, Kubrick acreditava que o papel teria mais impacto se o carácter eram grandes e desajeitados D'Onofrio ganhou 70lb (32kg) para o papel, trazendo o seu peso para 280lb (130kb).[9] Isto permanece o recorde de maior peso ganho por um ator para um filme.[10] Ao filmar uma cena de pista de obstáculos para o filme, D'Onofrio machucou o joelho esquerdo, agravado pelo peso excessiva, que exigiu reconstrução cirúrgica.[11]

Ao longo de nove meses após a conclusão das filmagens de Full Metal Jacket, D'Onofrio perdeu quase todo o peso que havia ganhado por seu papel. Ele passou a interpretar Dawson, o proprietário da Garagem de Dawson, em Adventures in Babysitting (1987). Ele aparece em uma cena perto do final do filme. Em 1988, ele foi escalado para outro papel coadjuvante no filme Mystic Pizza, interpretando o noivo do personagem de Lili Taylor. No filme, que foi o filme de sucesso de Julia Roberts, ele foi faturado com seu nome completo, Vincent Phillip D'Onofrio.

D'Onofrio continuou a desempenhar uma grande variedade de pequenas ou papéis coadjuvantes, incluindo o pai de santo em Nancy Savoca Household Saints (1993), diretor Orson Welles em Tim Burton Ed Wood (1994), agricultor Edgar e o malvado "Bug" que o possui em Men in Black (1997), um homem que afirma ser do futuro em Happy Accidents (2000), e o serial killer Carl Stargher, ao lado do personagem de Jennifer Lopez em Teh Cell (2000).

Em 1992, ele apareceu em Robert Altman, The Player, como um roteirista aspirante. Em 1997, ele mudou-se para a televisão e recebeu uma indicação ao ao Emmy por usa atuação como John Lange no episódio "Subway" de Homicide: Life on the Street. Em 1999, ele recusou um papel em The Sopranos.[12] D'Onofrio retratou o radical de esquerda Abbie Hoffman em Steal This Movie! em 2000, estrelado por Janeane Garofalo como sua esposa.

Em 2001, ele assumiu o que se tornou seu papel mais longo e talvez mais conhecido como Det. Robert Goren no programa de televisão NBC/USA Law & Order: Criminal Intent. Em 1 de março de 2008, D'Onofrio fez uma participação especial em um esboço relacionado à eleição presidencial em um episódio do Saturday Night Live como seu personagem Det. Robert Goren.[13] No esboço, ele interroga Hillary Clinton (interpretada por Amy Poehler). Sua entrada e saída da esquete são pontuadas pelo som "dun-DUN" de Law & Order.

Em 2009, foi anunciado que D'Onofrio deixaria Law & Order: Criminal Intent na primavera de 2010, com sua última aparição ocorrendo na estreia da 9ª temporada em duas partes.[14] Ele foi substituído por Jeff Goldblum, mas após uma queda nas avaliações, D'Onofrio e Kathryn Erbe concordaram em retornar para uma 10ª (e final) temporada do show.[15][16]

Em 2003, foi relatado que D'Onofrio e Joe Pantoliano começaram a trabalhar em um pequeno filme intitulado Little Victories, sobre um menino de 12 anos cujas percepções do mundo mudaram para sempre quando seu tio gangster vem morar com ele. De acordo com uma entrevista para a televisão com Pantoliano, o filme não foi concluído e sofreu uma reviravolta por falta de captação de recursos necessários à produção.[carece de fontes?]

Em novembro de 2005, D'Onofrio ganhou o prêmio de Melhor ator no Festival Internacional de Cinema de Estocolmo por seu papel como Mike Cobb no filme independente Thumbsucker. Em 2006, ele apareceu em The Break-Up, estrelado por Jennifer Aniston e Vince Vaughn, interpretando o irmão excêntrico de Vaughn. Vaughn e ele aparecem juntos em dois filmes anteriores, The Cell (2000), em que Vaughn interpretou um agente do FBI perseguindo o personagem de D'Onofrio, e Thumbsucker (2005). Ele aparece no curta-metragem vencedor do Oscar "The New Tenants" (2009).[carece de fontes?]

Nos anos seguintes, D'Onofrio co-estrelou filmes como: Staten Island (2009), Brooklyn's Finest (2010), Kill the Irishman (2011), Crackers (2011), American Falls (2012),[17] Fire with Fire (2012), Ass Backwards (2013).

Em 2011, ele começou a trabalhar no filme de Jennifer Lynch 2012 Chained (anteriormente intitulado Rabbit), no qual ele interpreta Bob, um serial killer que sequestra um menino, Rabbit, e o torna seu protegido. Quando ficar mais velho, Rabbit deve decidir se segue os passos de seu captor ou planeja sua fuga. O filme foi rodado em áreas dentro e ao redor de Regina e Moose Jaw, ambas em Saskatchewan.[18]

Em 1 de maio de 2012, devido à "violência explícita", o filme recebeu uma classificação NC-17 da MPAA, apesar de um apelo de Jennifer Lynch e da distribuidora, com cenas cortadas para maximizar a exposição e distribuição no teatro.[19] Conhecida pelas avaliações do NC-17, Lynch, que respondeu à decisão um dia depois[20] também viu cortes feitos em seu filme Boxing Helena. Em julho de 2012, um comunicado de imprensa de Anchor Bay anunciou que o filme seria lançado em Blu-ray e DVD em 2 de outubro de 2012 e incluiria a cena excluída, envolvendo um corte na garganta, o que causou a classificação NC-17.[21]

Em 14 de setembro de 2011, foi anunciado que D'Onofrio iria estrelar ao lado de Ethan Hawke em um novo programa da NBC, Blue Tilt, nomeado após os efeitos psicológicos prejudiciais que os detetives de homicídios experimentam após lidar constantemente com crimes horríveis.[22]

D'Onofrio e Hawke trabalharam juntos nos filmes The Newton Boys, Staten Island, Brooklyn's Finest e Sinister. O drama policial de uma hora, no qual D'Onofrio interpretaria Sonny, deveria seguir as tentativas dos personagens principais de equilibrar suas carreiras com a vida familiar. O escritor Chris Brancato, recém-chegado da 10ª Temporada de Law and Order: Criminal Intent, foi contratado para escrever os episódios. As filmagens do episódio piloto foram programadas para começar em fevereiro de 2012.[23] Em 27 de março de 2012, um tweet de Kevin Dunigan, o co-criador e desenvolvedor do piloto, revelou que a NBC havia arquivado o projeto porque não havia suficiente "pop para atrair espectadores".

Em 30 de abril de 2012, o curta-metragem Crackers, estrelado por D'Onofrio como Gus, ganhou o People's Choice Awards no Festival de cinema de Fort Myers Beach. O festival, que estava adormecido por seis anos, foi reativado e parcialmente organizado pela irmã de Vincent, a atriz Elizabeth D'Onofrio.[24]

Recém-saído de seu papel em Chained, de Jennifer Lynch, foi anunciado em 11 de agosto de 2012 que D'Onofrio estrelaria seu próximo filme A Fall From Grace. O filme conta a história do detetive Michael Tabb, interpretado por Tim Roth, enquanto ele investiga os assassinatos de garotas queimadas e arrastadas para a costa ao logo do Rio Mississippi.[25] Um próximo projeto de Lynch, The Monster Next Door, foi definido para estrelar também D'Onofio.

Também em novembro, começaram as filmagens do filme de Vidhu Vinod Chopra, Broken Horses, que se concentrava na guerra de gangues na fronteira entre os Estados Unidos e o México. D'Onofrio estrelou ao lado de Christopher Marquete e Anton Yelchin.[26][27]

Em 2013, D'Onofrio co-estrelou o filme Escape Plan, filmado em Nova Orleães, também estrelado por Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger e 50 Cent. D'Onofrio interpretou Lester Clark, vice-diretor do Bureau das Prisões.[28][29]

D'Onofrio co-estrelou o drama de cinema The Judge (2014).[30]

Seus outros projetos incluíram um papel em Supreme Ruler com Marcia Gay Harden, Jeffrey Dean Morgan,[31] Eric Bogosian Mall, que ele co-escreveu com seu ex-co-estrela de Law & Order: Criminal Intent, e Pawn Shop Chronicles.[32]

Em 2015, D'Onofrio fez sua estreia no Universo Cinematográfico Marvel como Wilson Fisk na primeira temporada de Demolidor.[33] Ele reprisou o papel em uma aparição especial prolongada na 2ª temporada, e na 3ª temporada como regular na série.[34] Ele também interpretou Vic Hoskins no filme de ação e aventura Jurassic World (2015),[35] e Jack Horne no remake de Antoine Fuqua de 2016 de The Magnificent Seven.

Em 2016, interpretou o papel do malvado duque Luca Abele no videogame Dishonored 2 para as plataformas PS4/Xbox One.[36] Ele foi capaz de aproveitar sua vasta experiência como ator para dar corpo à voz do corrupto Duque Abele em vários discursos públicos que foram transmitidos durante o jogo em grandes alto-falantes suspensos na área de jogo.

Diretor[editar | editar código-fonte]

D'Onofrio também teve sucesso por trás das câmeras, produzindo The Whole Wide World (1996), no qual também estrelou, e Guy (1997), bem como produtor executivo de The Velocity of Gary (1998) e Steal This Movie! (2000). Em 2005, ele dirigiu e estrelou o curta-metragem Five Minutes, Mr. Welles (2005), que representou o ponto culminante do desejo de D'Onofrio de melhorar sua atuação como Welles em Ed Wood, que supostamente deixou o diretor Tim Burton desapontado. Burton decidiu contratar os serviços do locutor Maurice LaMarche devido a ser conhecido por sua imitação da voz de Welles para produzir uma representação mais dramaticamente eficaz do diálogo do personagem. Decepcionado com sua atuação, tendo recebido duas semanas de antecedência para se preparar para o papel, D'Onofrio escreveu, produziu, dirigiu e estrelou o curta em resposta à crítica e a si mesmo. O filme retrata D'Onofrio como Welles se preparando par seu papel em The Third Man.[37]

Em 2008, ele voltou a dirigir o musical de longa metragem Don't Go in the Woods (2010), escrito por seu amigo Joe Vinciguerra, com trila de Sam Bisbee e estrelado por vários atores desconhecidos escolhidos a dedo por D'Onofrio. Segue-se uma banda de rock indie que se aventura na floresta para escrever novas músicas, apenas para encontrar um assassino enlouquecido (Tim Lajcik).[38] O filme, rodado em 13 dias perto de Kingston, Nova Iorque teve um orçamento de $100.000 e foi exibido em vários festivais ao longo de 2009 e 2010. Inicialmente programado para lançamento nacional em dezembro de 2011,[39] o filme estreou em cinemas limitados em 13 de janeiro de 2012,[40] e foi lançado em DVD em 12 de junho de 2012. Seu próximo projeto é dirigir e estrelar o western de 2019 The Kid.[41]

Música[editar | editar código-fonte]

Em 27 de outubro de 2009, D'Onofrio fez sua estreia musical, aparecendo no personagem como o cantor country George Geronimo Gerkie no Joe's Pub em Nova York.[42] Ele apareceu como Gerkie novamente no Hammerstein Ballroom de Nova Iorque em 6 de dezembro de 2009, durante o Holiday Extravaganza Shoe de Matt Pinfield e na estreia de seu filme Don't Go in the Woods no Joe's Pub em 28 de maio de 2010. Um quarto concerto foi realizado no pub em 22 de julho de 2010, com os lucros do evento indo para o projeto Utah Meth Cops.

Em 11 de novembro de 2011, enquanto ensinava alunos na Tribeca Flashpoint Media Arts Academy, D'Onofrio discutiu os planos para novos shows e um documentário de George Gerkie que será filmado pelo diretor de Ultrasuede In Search of Halston, Whitney Smith.

Em setembro de 2011, a banda australiana de hip hop The Funkoars lançou um álbum intitulado The Quickening, apresentando a música "Being Vincent D'Onofrio", uma homenagem à carreira de D'Onofrio e seu trabalho em Law and Order: Criminal Intent. Em fevereiro de 2012, a banda anunciou seu próximo "Being Vincent D'Onofrio Tour 2012" com arte apresentando o rosto de D'Onofrio no lugar dos membros da banda.[43]

Em 2014, D'Onofrio lançou duas músicas como parte de um projeto vanguardista de palavra falada com a multi-instrumentista e compositora Dana Lyn. O primeiro single, "I'm a Hamster", chamou a atenção nas redes sociais. O álbum completo foi disponibilizado para compra em março de 2015, no site da banda.[carece de fontes?]

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Vincent D'Onofrio em uma arrecadação de fundos em Utah para o Projeto Meth Cops do qual ele é porta-voz

Em 1998, D'Onofrio, com seu pai Gene e irmã Elizabeth, fundou o RiverRun International Film Festival em Winston-Salem, Carolina do Norte.[44] Em 2003, o ex-produtor cinematográfico e reitor da Escola de Cinema da Escola de Artes da Universidade da Carolina do Norte, Dale Pollock, assumiu o festival e o transferiu de Brevard, na Carolina do Norte, para Winston-Salem. Anualmente, o festival exibe os melhores filmes oferecidos pela indústria independente e internacional, bem como os de cineastas estudantes.[45]

Em 2008, ao lado de sua irmã, Toni, D'Onofrio começou a hospedar eventos para arrecadar dinheiro para o Projeto Utah Meth Cops.[46][47] Ele atuou como porta-voz do projeto de 2009-2012.[48]

No outono de 2011, D'Onofrio tornou-se membro do conselho consultivo do Woodstock Film Festival, que realiza um evento anual para filmes independentes.[49] Outros membros do conselho incluem Griffin Dunne, Ethan Hawke e Aidan Quinn.

Em fevereiro de 2011, D'Onofrio tornou-se uma face pública do debate sobre o controle de armas, aparecendo em um anúncio da Citizens Crime Commission of New York City pedindo a proibição de revistas de munição de grande capacidade.[50]

Em 2012, D'Onofrio voltou a lecionar no Lee Strasberg Theatre and Film Institute, onde sua filha era estudante.[51]

Em 9 de agosto de 2012, foi anunciado que D'Onofrio havia sido escolhido para narrar o documentário Heroes Behind The Badge (2012). O filme segue quatro policiais mortos e o impacto que suas mortes tiveram em suas famílias, colegas e comunidades. Os lucros estão beneficiando um museu memorial que está sendo construído em Washington, DC.[52] Um apoiador de longa data do National Law Enforcement Officers Memorial, D'Onfrio tem sido o porta-voz do National Law Enforcement Officers Memorial Fund and Museum desde 2010.[53] Um seguimento do documentário, com o subtítulo Sacrifice and Survival, foi lançado no outono de 2013.

Em 13 de novembro de 2012, D'Onofrio se juntou ao elenco da produção off-Broadway Clive, ao lado de Brooks Ashmanskas e Zoe Kazan. Produzida por Jonathan Marc Sherman e dirigida por Ethan Hawke, a peça, baseada em Baal de Bertolt Brecht, estreou no The New Groupd no Theatre Row em 7 de fevereiro de 2013.[54]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Vincent D'Onofrio com a esposa Carin van der Donk no Tribeca Film Festival em Nova Iorque para a estreia de Speed Racer

No início dos anos 1990, D'Onofrio manteve um relacionamento com a atriz Greta Scacchi, com quem estrelou vários filmes durante esse período (incluindo The Player e Fires Within). O casal teve uma filha, Leila George (nascida em 1991/1992).[55][56][57]

Em 22 de março de 1997, D'Onofrio casou-se com a modelo holandesa Carin van der Donk,[58] e o casal teve um filho (nascido em 1999). O casal se separou no início de 2000,[59] mas se reconciliou e teve um segundo filho (nascido em 2008).[60]

Em 10 de novembro de 2004, D'Onofrio entrou em colapso no conjunto de Law & Order: Criminal Intent. Ele desmaiou novamente em casa alguns dias depois, e mais tarde foi diagnosticado com exaustão. Sua exaustão foi atribuída aos dias de 14 horas filmando Criminal Intent e à realização de seu curta Five Minutes, Mr. Welles durante o hiato do programa.[61]

Durante uma entrevista em janeiro de 2012, D'Onofrio discutiu sua frustração com relatórios conflitantes sobre seu estado civil atual, incluindo imprecisões no IMDb. Ele afirmou que, apesar de alguns relatos, ele atualmente é casado.[12] Ele mora com sua família em uma casa no bairro de Gramercy Park, em Manhattan.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filme[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
1983 The First Turn-On! Lobotomy
1984 It Don't Pay to Be an Honest Citizen Bennie
1987 Full Metal Jacket Pvt. Leonard "Gomer Pyle" Lawrence Nomeado – New York Film Critics Circle Award for Best Supporting Actor
Adventures in Babysitting Dawson
1988 Mystic Pizza Bill Montijo
1989 Signs of Life Daryl Monahan
The Blood of Heroes Jovem Gar
1991 Crooked Hearts Charley
Dying Young Gordon
Fires Within Sam
Naked Tango Cholo
JFK Bill Newman
1992 The Player David Kahane
Salt on Our Skin Gavin
1993 Being Human Priest
Household Saints Joseph Santangelo Nomeado – Independent Spirit Award for Best Male Lead
Mr. Wonderful Dominic
1994 Ed Wood Orson Welles Voz dublado por Maurice LaMarche
The Investigator Ephraim McDougall Filme curto
Imaginary Crimes Mr. Webster
1995 Stuart Saves His Family Donnie
Strange Days Burton Steckler
Hotel Paradise The Naked Stranger
1996 The Whole Wide World Robert E. Howard Também produtor
Golden Space Needle Award for Best Actor
Lone Star Film & Television Award for Best Actor
2º – National Society of Film Critics Award for Best Actor
The Winner Philip
Feeling Minnesota Sam Clayton
Good Luck Tony "Ole" Olezniak
1997 Boys Life 2 Tony Randozza Segmento: "Primo em segundo grau de Nunzio"
Men in Black Edgar / The Bug Saturn Award for Best Supporting Actor
Nomeado – Blockbuster Entertainment Award for Favorite Supporting Actor – Science Fiction
Guy Guy Também produtor
1998 The Newton Boys Dock Newton
Claire Dolan Elton Garrett
The Velocity of Gary Valentino Também produtor executivo
1999 Spanish Judges Max
The Thirteenth Floor Jason Whitney / Jerry Ashton
2000 Happy Accidents Sam Deed
Steal This Movie! Abbie Hoffman Também produto executivo
The Cell Carl Rudolph Stargher Nomeado – Blockbuster Entertainment Award for Favorite Supporting Actor – Science Fiction
Nomeado – MTV Movie Award for Best Villain
2001 Chelsea Walls Frank
Impostor Hathaway
2002 Bark! Malcolm
The Dangerous Lives of Altar Boys Father Casey
The Salton Sea Pooh-Bear
2005 Thumbsucker Mike Cobb Stockholm Film Festival Award for Best Actor
Five Minutes, Mr. Welles Orson Welles Filme curto; também escrito, diretor e produtor
2006 The Break-Up Dennis Grobowski
2008 The Narrows Vinny Manadoro Nashville Film Festival Award for Best Actor
Cadillac Records Mississippi DJ Não creditado
2009 Ipso Facto Produtor executivo
Staten Island Parmie Tarzo
The New Tenants Jan Filme curto
2010 Zaritsas: Russian Women in New York Produtor executivo
Don't Go in the Woods Escritor e diretor
Brooklyn's Finest Bobby "Carlo" Powers
2011 Kill the Irishman John Nardi
Crackers Gus Filme curto
2012 Chained Bob Sitges Film Festival Award for Best Actor
American Falls Detetive Foster Filme curto
Fire with Fire David Hagan Direct-to-DVD
Sinister Professor Jonas Não creditado
2013 Ass Backwards Bruce West
Charlie Countryman Bill
Chlorine Roger
Pawn Shop Chronicles Alton
Escape Plan Lester Clark
2014 The Unlicensed Therapist The Unlicensed Therapist Filme curto
Mall Danny Também produtor
The Judge' Glen Palmer
2015 Run All Night Detetive Harding
Broken Horses Julius Hench
Jurassic World Vic Hoskins Nomeado – Teen Choice Award for Choice Movie Villain
Sinister 2 Professor Jonas Apenas crédito
2016 Pelé: Birth of a Legend Vicente Feola
In Dubious Battle London
The Magnificent Seven Jack Horne
Phantom Boy The Face Dublagem inglesa
2017 Rings Galen Burke
CHiPs Ray "The Ringleader" Kurtz
El Camino Christmas Carl Hooker
2018 Death Wish Frank Kersey
2019 The Kid Sheriff Romero Também diretor
2021 The Eyes of Tammy Faye Jerry Falwell Pós-produção
Untitled Nora Fingscheidt project TBA Pós-produção

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
1986–1987 The Equalizer Thomas Marley / Davy Baylor 2 episódios
1987 Miami Vice Leon Wolf Episódio: "The Afternoon Plane"
1997 Homicide: Life on the Street John Lange Episódio: "Subway"
Nomeado – Primetime Emmy Award for Outstanding Guest Actor in a Drama Series
1998 The Taking of Pelham One Two Three Mr. Blue Filme para Televisão
1998–2000 Men in Black: The Series Edgar / The Bug 3 episódios
1999 That Championship Season Phil Romano Filme para televisão
2001–2011 Law & Order: Criminal Intent Det. Robert Goren 141 episódios
Nomeado – Satellite Award for Best Actor – Television Series Drama (2005)
2002 Sherlock: Case of Evil Moriarty Filme para televisão
The Red Sneakers Mercado Filme para televisão
2003 Mickeypalooza Himself Especial de televisão
2009 Xavier: Renegade Angel Eric / The Judge (vozes) 2 episódios
2015 Last Week Tonight with John Oliver Inspector Episódio: "Infrastructure"
2015–2018 Daredevil Wilson Fisk / Kingpin[33] 27 episódios
Nomeado – Saturn Award for Best Supporting Actor on Television
Nomeado – EWwy Award for Best Supporting Actor in a Drama Series
2017 Emerald City Frank Morgan / The Wizard of Oz 10 episódios
BoJack Horseman Himself (voz) Episódio: "See Mr. Peanutbutter Run"
2017–2018 Ghost Wars Father Dan Carpenter 8 episódios
2019–presente Godfather of Harlem Vincent Gigante 20 episódios
2020 Interrogation Sgt. Ian Lynch 2 episódios
Ratched George Milburn 8 episódios

Áudio[editar | editar código-fonte]

  • Mr. Laughs: A look Behind The Curtain (2008), narrador de documentário autobiográfico baseado na vida do comediante Sal Richards.[62]
  • Man on the Ledge (outubro de 2010), peça de rádio.[63]
  • Heroes Behind The Badge (outono de 2012), narrador de documentário.[64]
  • Like Father, Like Son e Ram King (outubro de 2012), Tales From Beyond The Pale toca ao vivo no rádio no Dixon Place em Nova Iorque.
  • Citizen Jane: Battle for the City (abril de 2017), voz de Robert Moses para documentário sobre a cruzada de Jane Jacobs para salvar o Washington Square Park de ser invadido por uma via expressa.[65]

Vídeo games[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função
2005 Law & Order: Criminal Intent[66] Det. Robert Goren
2015 Lego Jurassic World Hoskins
2016 Dishonored 2 Duke Luca Abele
Armando

Referências

  1. Otto, Jeff (19 de setembro de 2005). «Interview: Vincent D'Onofrio». IGN.com. Consultado em 9 de julho de 2021 
  2. Mason, Dave (1 de outubro de 2007). «'Criminal Intent' detective to face personal trauma». Ventura County Star. Consultado em 9 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  3. a b Jamieson, Teddie (5 de outubro de 2005). «He's said to be the best character actor in the world». lawandorder-fr.com. The Herald. Consultado em 9 de julho de 2021 
  4. Collins, Ashley. «'The Neapolitan' TV pilot wraps up filming in Naples». Naples Daily News (em inglês). Consultado em 9 de julho de 2021 
  5. a b «Vincent D'Onofrio takes oddness to a new high». Philippine Daily Inquirer. 14 de outubro de 2000. p. D6 – via Google News 
  6. a b Wollman Rusoff, Jane (31 de agosto de 2000). «Shy Star Of 'Steal' – Playing Hoffman Hasn't Made Vincent D'Onofrio Better At Social Politics». Chicago Tribune. Entertainment News Service. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2021 
  7. «Vincent D'Onofrio bio with school information». Monstersandcritics.com. Consultado em 9 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  8. «Sharon Chatten, Acting Coach». Sharonchatten.com 
  9. Bennetts, Leslie (10 de julho de 1987). «The Trauma of Being a Kubrick Marine». The New York Times. Consultado em 9 de julho de 2021 
  10. https://www.insider.com/actors-gained-weight-for-roles-2017-4#vincent-donofrio-gained-about-70-pounds-for-his-role-in-full-metal-jacket-17
  11. «Actor Finds 70-pound Weight Gain For 'Full Metal Jacket' A Heavy Load». Chicago Tribune. 24 de julho de 1987. Cópia arquivada em 1 de março de 2014 
  12. a b Greenleaf, Cat (23 de junho de 2011). «Talk Stoop». NBC New York 
  13. Itzkoff, Dave (3 de março de 2008). «'SNL' Writer Narrows the Gap Between Politics and Farce». The New York Times 
  14. «Vincent D'Onofrio departing 'Law & Order: Criminal Intent». Zap 2 It. 25 de setembro de 2009. Consultado em 10 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  15. Levine, Stuart (22 de setembro de 2010). «'Law & Order: CI' returns to USA». Variety. Consultado em 10 de julho de 2021. Arquivado do original em 6 de novembro de 2012 
  16. Mitovich, Matt Webb (15 de julho de 2011). «No Reprieve for Law & Order: CI: 'It Was a Good Series Finale, ' Says USA Network Boss». TVLine.com 
  17. «indieWIRE's Project of the Day: Civil Rights Era Motel Drama "American Falls"». Indiewire.com. 8 de novembro de 2011 
  18. Staff (8 de julho de 2011). «Scary movie shot in Moose Jaw». Moose Jaw Times. Arquivado do original em 12 de março de 2012 
  19. «MPAA upholds NC-17 rating on Jennifer Lynch's 'Chained'». Los Angeles Times. 1 de maio de 2012 
  20. «MPAA: Director to recut 'Chained', but asks why she needs to». Los Angeles Times. 3 de maio de 2012 
  21. «Chained». HomeTheaterForum.com (Nota de imprensa). Anchor Bay. 5 de setembro de 2012 [ligação inativa] 
  22. Andreeva, Nellie (14 de setembro de 2011). «Ethan Hawke And Vince D'Onofrio To Star In NBC Crime Drama Written By Chris Brancato». Deadline.com 
  23. «Capone interviews Vincent D'Onofrio about his directing debut, the horror-musical DON'T GO IN THE WOODS». Aintitcool.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  24. «The Winners at the Fort Myers Film Festival». HolidayTripper.com. 30 de abril de 2012. Consultado em 10 de julho de 2021. Arquivado do original em 21 de março de 2016 
  25. «Jennifer Lynch announces cast of 'Falling from Grace'». Horrorbug.com. 11 de agosto de 2012. Arquivado do original em 8 de março de 2016 
  26. «Chopra's Broken Horses starts shooting with D'Onofrio». screendaily.com. Consultado em 10 de julho de 2021 
  27. «Broken-Horses – Cast, Crew, Director and Awards». Movies & TV Dept. The New York Times. 2011. Consultado em 10 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  28. Sneider, Jeff; Kroll, Justin (4 de abril de 2012). «D'Onofrio, 50 Cent enter 'The Tomb'». Variety 
  29. «Production Begins on 'The Tomb'». Collider.com. Consultado em 10 de julho de 2021. Arquivado do original em 9 de novembro de 2013 
  30. McClintock, Pamela (31 de julho de 2013). «'The Judge' Gets a Fall 2014 Release». The Hollywood Reporter. Consultado em 10 de julho de 2021 
  31. Brooks, Brian (21 de fevereiro de 2012). «Marcia Gay Harden, Brian Geraghty, Vincent D'Onofrio, Jeffrey Dean Morgan Set For Supreme Ruler». Deadline.com 
  32. Fleming, Mike (4 de junho de 2012). «Pawn Shop Chronicles». Deadline.com 
  33. a b «Vincent D'Onofrio is Wilson Fisk on Marvel's Daredevil on Netflix». Marvel.com. 10 de junho de 2014. Consultado em 11 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  34. Dinh, Christine (25 de outubro de 2017). «Vincent D'Onofrio Returns As Wilson Fisk In Season 3 Of 'Marvel's Daredevil'». Marvel.com. Consultado em 11 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  35. Barton, Steve (10 de fevereiro de 2015). «Vincent D'Onofrio as Vic Hoskins». dreadcentral.com 
  36. «Dishonored 2 voice cast features Vincent D'Onofrio, Rosario Dawson, and an old Thief». 3 de maio de 2016. Consultado em 11 de julho de 2021 
  37. https://www.youtube.com/watch?v=s-4PPr3r_r0%7Ctítulo=Five Minutes, Mr Welles
  38. «Acting in a Film: It Could Happen to You». The New York Times. 29 de maio de 2010 
  39. «Tribeca Films to Release Movies During Festival». Indiewire. Consultado em 11 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  40. «Don't Go in the Woods Release Dates». Coveringmedia.com 
  41. «Vincent D'Onofrio Taps 'Valarian's Dane DeHaan to Play Billy the Kid in Suretone Western». Deadline. 19 de julho de 2017. Consultado em 11 de julho de 2021 
  42. «Vincent D'Onofrio presents The George Gerkie Cowboy Experience featuring Laura Cantrell, Joe Vinciguerra & special guest Sam Bisbee at Joe's Pub». Gotham Jazz. Consultado em 11 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  43. «Being Vincent D'Onofrio Tour 2012». The Funkoars. Arquivado do original em 24 de maio de 2012 
  44. «RiverRun International Film Festival history». RiverRun Film. 12 de julho de 2012 
  45. «History of the RiverRun Festival». RiverRun Film. Consultado em 12 de julho de 2021 [ligação inativa] 
  46. «Vincent D'Onofrio Support Detox Program for Meth Cops». Policemag.com. 6 de julho de 2010 
  47. https://www.youtube.com/watch?v=MhltXAQd8X0 Vincent D'Onofrio supporting Meth Cops Project
  48. Morgan, Emiley (22 de setembro de 2009). «Actor Helps 'sell' detox program». Deseret News 
  49. «Woodstock Film Festival Advisory Board». Woodstock Film Festival 
  50. https://www.youtube.com/watch?v=SLthSyDQ8a0 NYC Crime Commission D'Onofrio Ban Large Capacity Ammunition Magazines
  51. «Vincent D'Onofrio's Acting for Film and TV class». The Lee Strasberg Theatre & Film Institute. 2 de março de 2012 
  52. «Vincent D'Onofrio to narrate Heroes Behind the Badge Documentary». Policeone.com. 9 de agosto de 2012 
  53. «The Honorable Michael Chertoff, Actors Richard Belzer and Vincent D'Onofrio and Others Headline the National Law Enforcement Officers Memorial's 20th Anniversary Gala». NLEOMF.org. 12 de outubro de 2011. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2017 
  54. Heroes Behind The Badge: Sacrifice & Survival -Documentary- Official HD Trailer no YouTube
  55. Macdonald, Marianne (28 de novembro de 1999). «Trainspotting, I'd love to do that...». The Guardian. Consultado em 12 de julho de 2021. Her daughter's father is the actor Vincent D'Onofrio, with whom Scacchi had a four-year relationship that ended acrimoniously not long after the baby, Leila, was born. 
  56. Macdonald, Marianne (28 de setembro de 2008). «Greta Scacchi: glad to be back». The Daily Telegraph. Consultado em 12 de julho de 2021. Cópia arquivada em 15 de setembro de 2012. ...Leila, 16, Scacchi's daughter by D'Onofrio.  Verifique o valor de |url-access=limited (ajuda)
  57. Comita, Jenny (11 de março de 2019). «Meet Leila George, a Hollywood Royal Emerging as a Star in The Kid». W. Future Media Group. Consultado em 12 de julho de 2021. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2020. ...the Australian-born, English-bred 26-year-old... 
  58. «Vincent D'Onofrio Biography (1960–)». Filmreference.com 
  59. Davlin, Darren (27 de fevereiro de 2007). «Going, going Goren». Perth Now. Australian Associated Press. Consultado em 12 de julho de 2021. D'Onofrio also has a son Elias, 5, the product of his now-dissolved marriage to Carin van der Donk. [ligação inativa] 
  60. «Criminal Intent's Vincent D'Onofrio Welcomes a Son». People. 21 de fevereiro de 2008. Arquivado do original em 7 de fevereiro de 2011 
  61. Lasswell, Mark (25 de dezembro de 2004). «An Exhausting Season For an Implacable TV Cop». The New York Times. Cópia arquivada em 11 de novembro de 2012 
  62. Haag, James (9 de agosto de 2010). «Article on "Mr. Laughs – A Look Behind the Curtain"». Sachem.patch.com 
  63. Maggio, Joe (26 de outubro de 2010). «Tales from Beyond the Pale: Man on the Ledge». Talesfrombeyondthepale.com 
  64. «Heroes Behind the Badge» 
  65. Citizen Jane: The Battle for the City – Official Trailer I HD I Sundance Selects (YouTube)
  66. «Criminal Intent: Official Site». USA Network.com. 7 de setembro de 2011. Arquivado do original em 6 de outubro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vincent D'Onofrio