Vincenzo Arangio-Ruiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vincenzo Arangio-Ruiz
Nascimento 7 de maio de 1884
Nápoles
Morte 2 de fevereiro de 1964
Roma
Cidadania Itália
Ocupação cientista do direito, historiador jurídico

Vincenzo Arangio-Ruiz (Nápoles, 7 de maio de 1884 - Roma, 2 de fevereiro de 1964) foi um distinto jurista italiano e estudioso de Direito Romano[1], que também ocupou o cargo de Ministro da Justiça e Ministro da Educação.

Entre suas obras mais famosas do Direito Romano estão: Storia del diritto romano (1937) e Istituzioni Romano di diritto (1957).

Arangio-Ruiz foi membro de várias instituições. Foi presidente da Academia Nacional de Lincei, em seguida foi o ministro da Justiça no governo de Ivanoe Bonomi e Ferruccio Parri. Ele foi ministro da Justiça entre junho de 1944 e dezembro de 1945.

Referências

  1. Gianni Infusino (1987). Le nuove strade di Napoli: saggio di toponomastica storica. [S.l.]: A. Gallina. p. 401. 469 páginas 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.