Insulto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Violência verbal)
Ir para: navegação, pesquisa

Um insulto, ofensa, xingamento, injúria, agravo, ultraje ou afronta é uma forma de violência verbal em que, geralmente, o agressor se utiliza de palavras - verdadeiras (ou não), com exageros ou não - com o próposito de humilhar de alguma forma ou atingir um ponto fraco da vítima.[1] O insulto pode ser seguido de violência física ou pode vir carregado de palavras de baixo calão.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Insulto" procede do latim insultu. "Ofensa" procede do latim offensa. "Xingamento" procede do quimbundo kuxinga. "Injúria" procede do latim injuria. "Afronta" procede de "afrontar". "Agravo" procede de "agravar". "Ultraje" procede do francês outrage, antigamente oltrage.[3]

A importância do contexto[editar | editar código-fonte]

Gírias sexuais ou palavras de baixo calão podem ser ou não consideradas ofensivas dependendo de como estão inseridas no contexto, da forma como são empregadas (como a entonação da voz ou expressões corporais) e também da formação moral dos envolvidos, bem como do nível de intimidade entre as partes, além de outras variáveis.

Pichação em Munique xingando todos os policiais de "bastardos"
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Insulto

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986.
  2. «Insulto». www.dicio.com.br. Consultado em 15 de maio de 2012. 
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.