Virginia Moyano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Virginia Moyano
Nome completo Secundina Virginia Moyano Ponce
Conhecido(a) por
  • Pessoa mais velha da Argentina
Nascimento 24 de maio de 1904
Córdova, Província de Córdoda, Argentina
Morte 20 de junho de 2017
(113 anos e 27 dias)
La Rioja, Província de Rioja
Progenitores Mãe: Casimira Ponce
Pai: José Moyano
Parentesco Olga Gallo (sobrinha)

Secundina Virginia Moyano Ponce (24 de maio de 1904[1]  – 20 de junho de 2017[2]) foi uma supercentenária argentina e a pessoa mais velha da história daquele país. Ela foi a segunda supercentenária da Argentina, depois de Luisa Roncoroni.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Virginia nasceu em 24 de maio de 1904, a filha de José Moyano e Casimira Ponce. Ela foi batizada em 9 de julho de 1904. Durante os últimos quatro anos, Virginia vivia em San Jose Nursing Home com sua sobrinha, María Olga Gallo Moyano. Virginia disse que o segredo para viver por tanto tempo é "lembrando belas lembranças que fazem você rir". Ela também lembrou que frequentou a escola até a sexta série e o nome de seu namorado na juventude, Andrés Bergontini, que era um homem chileno de Santiago, que a deixou para se casar com outra mulher com mais dinheiro, nunca se casou e não teve filhos, mas teve um grande número de sobrinhos e sobrinhas.

No final de abril de 2016, Olga Gallo, sua sobrinha, faleceu. Em consequência, Virginia passou a viver com seus sobrinhos-netos e sobrinhos-bisnetos.

Sua idade é reconhecida pelo Grupo de Pesquisa de Gerontologia (Gerontology Research Group) dos Estados Unidos.[3]

Morreu em 20 de junho de 2017, aos 113 anos, em um asilo de La Rioja, após sofrer uma parada cardíaca.[4]

Referências

  1. German Pandolfi (30 de junho de 2015). «La cordobesa que tiene la edad de La Voz» (em espanhol). La Voz. Consultado em 21 de junho de 2017. 
  2. «Falleció la mujer más longeva de la capital Riojana» (em espanhol). Fênix 95.1. Consultado em 20 de junho de 2017. 
  3. a b Argentina, Cadena 3. «Una cordobesa de 111 años es la más longeva de Argentina». Cadena 3 Argentina 
  4. «Murió en La Rioja la mujer más longeva de Sudamérica» (em espanhol). Cadena 3. Consultado em 20 de junho de 2017. 
Recordes
Precedido por
Luisa Roncoroni
Pessoa mais velha do Argentina
1 de setembro de 2015 – presente
Sucedido por
Margherita Monti
Precedido por
Luisa Roncoroni
Pessoa mais velha de sempre da Argentina
20 de julho de 2016 – presente
Sucedido por


Ícone de esboço Este artigo sobre um decano(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.