Virtua Fighter 4

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtua Fighter 4
Produtora Sega-AM2: Yu Suzuki
Editora(s) Sega
Conversões/
relançamentos
PlayStation 2
Data(s) de lançamento 2001 (arcade)
- 19 / Mar / 2002 (PS2)
- 2002 (VF4: Evolution)
- 12 / Ago / 2003 (PS2 - VF4: E)
Gênero(s) Luta
Modos de jogo 1 ou 2 jogadores
Controles Joystick de 8 direções
3 botões
Hardware
Sistema Sega NAOMI 2
Vídeo Raster, orientado na horizontal

Virtua Fighter 4 é o quarto jogo da série de jogos de luta da Sega.

Mudanças[editar | editar código-fonte]

Após as reações dos jogadores frente ao sistema de esquiva de Virtua Fighter 3, Yu Suzuki decidiu que Virtua Fighter 4 retornaria ao sistema de jogo menos complexo de Virtua Fighter 4, ao mesmo tempo em que introduziu novas técnicas e golpes aos lutadores tradicionais.

O botão de esquiva foi removido mas o lutador ainda podia desviar, caso respondesse rapidamente ao ataque do oponente, do contrário fica vulnerável a uma seqüência de golpes. Além disso, um novo movimento chamado de sabaki além de ser uma forma de ataque, permitia reagir a determinados tipos de golpes.

Os novos lutadores, Vanessa Lewis e Lei-Fei, receberam movimentos que aplicavam essas características significativamente melhor que os demais, e se distinguiam bastante deles. Vanessa Lewis é uma lutadora norte-americana de vale tudo com dois estilos de luta que podem ser alternados. Lei-Fei é um monge com diferentes posturas que fluem conforme os golpes aplicados. O lutador de sumô Taka Arashi acrescentado na terceira versão foi removido, por não se encaixar no novo sistema de jogo[1] .

Outra reversão ocorreu no estilo dos cenários, planos e quadrados como nos dois primeiros jogos da série, diferente dos terrenos variáveis em altura e forma do predecessor. As paredes em volta de alguns cenários foram mantidas no entanto.

Personalização[editar | editar código-fonte]

A AM2 introduziu um elemento de personalização no jogo ao permitir que jogadores gravassem em cartões o registro de lutas anteriores e algumas modificações estéticas nos lutadores, além de poder renomeá-los. A Sega gravou ainda algumas das estratégias e estilos de jogadores no Japão e os disponibilizou como oponentes de inteligência artificial.

Atualizações[editar | editar código-fonte]

Virtua Fighter 4: Evolution[editar | editar código-fonte]

Evolution é uma versão atualizada de Virtua Fighter 4. Acrescentou dois novos lutadores, o judoca Goh Hinogami e o lutador de muay thai Brad Burns. Além disso, foram acrescentados novos itens para personalização dos lutadores.

Virtua Fighter 4: Final Tuned[editar | editar código-fonte]

Final Tuned é a atualização final de Virtua Fighter 4. Esta versão foi lançada apenas no Japão em arcades. Além de novos itens para personalizar, adicionou novos estágios e trouxe pequenos ajustes de jogabilidade e equilíbrio.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Akira Yuki
  • Aoi Umenokouji
  • Brad Burns (versão evolution)
  • Goh Hinogami (versão evolution)
  • Jacky Bryant
  • Jeffry McWild
  • Kage-Maru
  • Lau Chan
  • Lei-Fei (novo)
  • Lion Rafale
  • Pai Chan
  • Sarah Bryant
  • Shun Di
  • Vanessa Lewis (nova)
  • Wolf Hawkfield
  • Dural

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. SEGA-AM2 Interview: Virtua Fighter 5 visitado em 16 de julho de 2006 (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]