Virtuous Pedophiles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtuous Pedophiles
Fundação 2012
Tipo Grupo de apoio
Sítio oficial virped.org

Virtuous Pedophiles (Pedófilos virtuosos) é um grupo de apoio criado na internet em 2012 para pessoas que reconhecem se sentirem sexualmente atraídas para crianças.[1][2] Os seus membros partilham a crença de que as relações sexuais entre adultos e crianças são inadequadas. Eles se apoiam mutuamente na tentativa de levar uma vida normal sem se envolverem em relações sexuais com crianças e tentam ajudar outros pedófilos a fazerem o mesmo. O grupo trabalha também para mitigar o estigma social que envolve os pedófilos. Um dos seus dois fundadores utiliza o pseudónimo Ethan Edwards e não revela a sua verdadeira identidade.[1]

O grupo tem recebido apoio de vários expertos em sexualidade humana[2][3][4], como Jesse Bering[5] e James Cantor, que opina que as suas políticas e crenças são potencialmente benéficas e podem ajudar a previr o abuso sexual de crianças.[1]

Referências

  1. a b c Clarke-Flory, Tracy (30 de junio 2012). «Meet pedophiles who mean well: The men behind VirtuousPedophiles.com are attracted to children but devoted to denying their desires». Salon.com  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. a b Noise, Denise (31 de decembre 2012). «Treating Pedophiles: Reasons for Cautious Optimism». Crime Library  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Zarembo, Alan (14 de janeiro de 2013). «Many researchers taking a different view of pedophilia». L.A. Times 
  4. Savage, Dan. «Savage Love Podcast (episódio 321) Começa em 21:30». Consultado em 20 de janeiro de 2013{{{2}}} 
  5. The Daily Beast, 2013-10-18, Can Pedophiles Help Themselves? A Book’s Provocative Take on Sexuality