Vitória de Gales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vitória
Princesa do Reino Unido
Nascimento 6 de julho de 1868
  Casa Marlborough, Londres, Inglaterra
Morte 3 de dezembro de 1935 (67 anos)
  Coppins, Buckinghamshire, Inglaterra
Sepultado em Capela de São Jorge, Castelo de Windsor até 8 de janeiro de 1936
Mausoléu Real, Frogmore
Nome completo Vitória Alexandra Olga Maria
Casa Saxe-Coburgo-Gota (1868–1917)
Windsor (1917–1935)
Pai Eduardo VII do Reino Unido
Mãe Alexandra da Dinamarca
Religião Anglicanismo
Brasão

Vitória Alexandra Olga Maria (em inglês: Victoria Alexandra Olga Mary; Casa Marlborough, Londres, 6 de julho de 1868 - Coppins, 3 de dezembro de 1935) foi uma princesa britânica, filha do rei Eduardo VII do Reino Unido e Alexandra da Dinamarca, sendo neta da rainha Vitória do Reino Unido.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascimento[editar | editar código-fonte]

Vitória (de pé; ao fundo) com primos russos e dinamarqueses, todos netos do rei Cristiano IX da Dinamarca.

Nascida em 6 de julho de 1868, na Casa Marlborough, em Londres, Vitória Alexandra Olga Maria era filha do então Príncipe de Gales, futuro rei Eduardo VII do Reino Unido, filho da rainha Vitória do Reino Unido. Sua mãe Alexandra tinha nascido uma princesa dinamarquesa, filha do rei Cristiano IX da Dinamarca e irmã do rei Jorge I da Grécia e de Maria Feodorovna (nascida Dagmar da Dinamarca), czarina consorte do czar Alexandre III da Rússia, fazendo de Vitória membro de uma família cosmopolita. Conhecida familiarmente como "Toria", desde nascimento detinha o título e direito ao tratamento de "Sua Alteza Real, Princesa Vitória de Gales".[1][2][3]

Vitória foi batizada na Casa Marlborough em 06 de agosto de 1868 por Archibald Campbell Tait, então Bispo de Londres. Ela teve onze padrinhos, dentre os quais estão: sua avó paterna, a rainha Vitória do Reino Unido, o czar Alexandre II da Rússia e seu filho o czarevich Alexandre Alexandrovich, o príncipe Artur, Duque de Connaught e Strathearn (seu tio paterno), o grão-duque Luís IV de Hesse e do Reno (seu tio por casamento via Alice), a rainha consorte Olga da Grécia e a princesa Maria Adelaide de Cambridge, Duquesa de Teck.[4]

Vida como princesa britânica[editar | editar código-fonte]

Vitória

Educada em casa ao lado das irmãs, Vitória cresceu entre as residencias reais de Marlborough e Sandringham, supervisionada por tutores. Ela veraneava na Dinamarca, ao lado de sua família materna. Descrita como: uma garota animada e travessa que se tornou uma mulher atraente; inteligente, alta e elegante; ela tinha um grande senso de humor e era uma boa amiga de todos; ela tem grandes olhos azuis expressivos; não havia pretensão ou indício de arrogância nela, Vitória amava cavalgar, pedalar, ler, ouvir música e dançar. Fotografia era outra de suas paixões. Ela compilou inúmeros álbuns de fotografia; seu trabalho foi exibido nas exposições da Kodak. Vitória amava os animais e seus favoritos eram os cães; ela teve três cães: Sam Mas e Punchi. Ademais, por seis anos, Vitória manteve um pombo como seu pet e viajava com ele em uma pequena gaiola.[1]

Vitória era muito próxima do seu irmão Jorge, com quem compartilhava o mesmo senso de humor e com quem tinha ligações telefônicas diariamente. Quando Vitória faleceu, em 1935, Jorge disse sobre ela: Como sentirei falta de suas ligações telefônicas diárias. Ninguém teve uma irmã como eu tive.[5] Todavia, não era próxima da esposa do irmão, Maria de Teck, que foi descrita por Vitória como terrivelmente entediante. [6] Suas personalidades e preferências opostas fizeram com que as cunhadas sempre mantivessem uma relação fria e distante.[1] Vitória foi dama de honra no casamento do irmão com Maria,[7] bem como no casamento da sua tia-paterna Beatriz com o príncipe Henrique de Battenberg.[8]

Ao longo de sua vida Vitória recebeu inúmeras propostas de casamento, entre elas a do seu primo o Príncipe-Herdeiro da Dinamarca, do rei Carlos I de Portugal e do Conde de Rosebery, futuro Primeiro-Ministro do Reino Unido. Seus primos da Rússia e Grécia também a cortejaram.[1] O futuro imperador Nicolau II da Rússia esteve apaixonado pela prima e descreveu Vitória como séria, meticulosa e de mente não feminina. Ademais, Nicolau relatou ao seu primo o grão-duque Alexandre Mikhailovich da Rússia: "Ela é realmente uma maravilhosa criatura e quanto mais profundamente você conhece sua alma mais você exagera suas virtudes e qualidades. Eu devo confessar que é muito difícil desvendar isso pela primeira vez; conhecer sua visão sobre coisas e pessoas, mas tal dificuldade contém um charme especial que eu não sou capaz de explicar".[9] Posteriormente, o irmão mais novo de Nicolau, o grão-duque Miguel Alexandrovich da Rússia, também cortejaria a prima britânica.[9] Todavia, Vitória nunca se casou. Acredita-se que a sua mãe nunca tenha encorajado-a ou preparado-a para o casamento.[1]

Vitória em 1917.

Últimos anos[editar | editar código-fonte]

Retrato de Vitória por Philip de László, 1907.

Durante os últimos momentos de seu pai o rei Eduardo VII, Vitória foi uma das primeiras pessoas a abertamente declarar sua eminente morte e demandar que os boletins noticiários informassem a verdade sobre o estado de saúde do monarca moribundo. Após a morte do pai, em 1910, Vitória permaneceu na sombra da sua mãe a rainha-viúva Alexandra, que constantemente sofria de ataques depressivos devido a perda da audição. Vitória acompanhava a mãe durante suas visitas em feriados as instituições das quais era patrona. Após 1917, seguindo o resto da família real britânica, devido a hostilidade contra os alemães durante a Primeira Guerra Mundial, Vitória adotou o sobrenome anglicizado Windsor, rechaçando o predecessor alemão Saxe-Coburgo-Gota.[1][10]

Em seus últimos anos, após a morte de mãe rainha Alexandra, Vitória mudou-se para Coppins, em Buckinghamshire. Vitória faleceu em sua residência em dezembro de 1935. Seu funeral ocorreu na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, e seu corpo foi enterrado em Casa Frogmore, em Windsor; isso afetou muito Jorge V do Reino Unido.[1]

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g Diamond, Frances. Profile of Victoria of Great Britain in the Oxford Dictionary National Biography (em inglês) (2004). Consultado em 30 de agosto de 2015.
  2. Eilers 1987, p. 176.
  3. Weir 2008, p. 320.
  4. Christenings of the Royal Family (em inglês). -Christening in the royal family. Arquivado do original em 27 de agosto de 2011.
  5. Gore 1941, p. 436.
  6. Pope-Hennessy 1959, p. 279.
  7. The Duke and Duchess of York and Bridesmaids. National Portrait Gallery website. — Duke and Duchess of York with bridesmaids.
  8. Prince and Princess Henry of Battenberg with their bridesmaids and others on their wedding day. National Portrait Gallery website. — The Prince and Princess of Battenberg with their bridesmaids on their wedding day.
  9. a b Bokhanov, Aleksandr Nikolaevich, Heart secrets of the Romanov dynasty (em russo) . - Moscou: Veche, 2008. - P. 79. - 416 p. — ISBN 978-5-9533-2760-2.
  10. Nicholson, Harold . King George the Fifth: His Life and Reign ] . - London: Constable and Co, 1952. - P. 310. - 570 p.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bokhanov, A.N. Heart secrets of the Romanov dynasty: [ rus. ] . - Moscow: Veche, 2008. - P. 79. - 416 p. — ISBN 978-5-9533-2760-2.
  • Eilers, A. Marlene. Queen Victoria's Descendants: [ eng. ] . - Baltimore, Maryland: Genealogical Publishing Co, 1987. - P. 176. - 191 p. — ISBN 9163059649.
  • Gore, John. King George V ] . - London : J. Murray, 1941. - P. 436. - 464 p.
  • Nobre, Eduardo. Família Real - Álbum de Fotografia: [ port. ] . - Lisboa : Quimera, 2002. - P. 248. - 122, 124-125 p. — ISBN 9789725890882.
  • Nicholson, Harold . King George the Fifth: His Life and Reign ] . - London: Constable and Co, 1952. - P. 310. - 570 p.
  • Pope-Hennessy, James. Queen Mary: [ eng. ] . - London : George Allen and Unwin Ltd, 1959. - P. 279. - 685 p. — ISBN 1842120328.
  • Weir, Alison. Britain's Royal Families, The Complete Genealogy : [ eng. ] . - London : Random House, 2008. - P. 320. - 400 p. — ISBN 9780099539735.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Vitória de Gales
  • HM The King Bereaved By Death Of His Sister vídeo reportagem sobre a morte da Princesa Vitória de Gales (e inglês; disponível no youtube). Noticiário British Movietone. AP Archive. Consultado em 14 de maio de 2022.