Vitali Jolobov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vitali Jolobov
Nascimento 18 de junho de 1937
Stara Zburivka
Cidadania União Soviética, Ucrânia
Alma mater
  • Azerbaijan State Oil and Industrial University
  • Academia de Polícia Militar
Ocupação astronauta, político, militar
Prêmios
  • Ordem de Lenin
  • Herói da União Soviética
  • Medalha ao Serviço Distinto na Vigilância das Fronteiras do Estado
  • Medalha "Para o Desenvolvimento de Terras Virgens"
  • Piloto-Cosmonauta da União Soviética
  • Medalha "Por Mérito na Exploração Espacial"
  • Ordem do Mérito, 3ª classe
  • Mestre Honorário de Desportos da União Soviética
  • Medalha do Jubileu "Em Comemoração ao 100.º Aniversário do Nascimento de Vladimir Ilitch Lenin"
  • Medalha do Jubileu "Vinte Anos de Vitória na Grande Guerra Patriótica 1941–1945"
  • Jubilee Medal "50 Years of the Armed Forces of the USSR"
  • Medalha do Jubileu "60 Anos das Forças Armadas da União Soviética"
  • Jubilee Medal "70 Years of the Armed Forces of the USSR"
  • Medalha "Por Serviço Impecável"
  • Medal "For Impeccable Service", 3rd class
  • Medal "For Impeccable Service", 2nd class
Lealdade União Soviética

Vitali Mikhailovich Jolobov (em russo: Виталий Михайлович Жолобов, (Zburjevka, Ucrânia, 18 de junho de 1937) foi um cosmonauta soviético que voou na missão Soyuz 21 como engenheiro de voo.

Jolobov se juntou ao programa espacial pela Força Aérea Soviética, aonde ele mantinha a classificação de coronel-engenheiro.

Sua viagem ao espaço envolvia uma estada de dois meses na estação espacial Salyut 5, durante a qual Jolobov desenvolveu um terrível mal-estar espacial. Devido a isto, a missão teve de ser reduzida. Ele esteve em órbita de 6 de junho de 1976 até 24 de agosto de 1976.[1]

Apesar de nunca ter voado ao espaço de novo, ele permaneceu no programa espacial até 1981, quando ele saiu para se tornar diretor de um grupo de pesquisas geológicas.

Referências

  1. «Cosmonaut Biography: Vitali Zholobov». www.spacefacts.de. Consultado em 8 de dezembro de 2020