Vitor Hugo de Araújo Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde março de 2019).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Major Vitor Hugo
Deputado federal por Goiás

Líder da Bancada do Governo

Período 1 de fevereiro de 2019
até a atualidade
Dados pessoais
Nome completo Vitor Hugo de Araujo Almeida
Nascimento 31 de maio de 1977 (42 anos)
Salvador, Bahia
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Academia Militar das Agulhas Negras
Partido PSL (2018-atualmente)
Religião Católico
Profissão Consultor Legislativo na área de Segurança Pública e de Defesa Nacional[1]
Serviço militar
Lealdade  Brasil
Serviço/ramo Coat of arms of the Brazilian Army Exército Brasileiro
Anos de serviço 21 anos
Graduação Major Exército.gif Major
Unidade

Vitor Hugo de Araújo Almeida (Salvador, 31 de maio de 1977) é um militar, advogado e político brasileiro, filiado ao Partido Social Liberal, partido de Jair Bolsonaro.[2] Nas eleições de 2018, foi eleito deputado federal por Goiás com 31.190 votos totalizados (1,03% dos votos válidos), com o nome parlamentar de "Major Vítor Hugo".[3] É advogado[4] e Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados – Área XVII – Segurança e Defesa[5], Major de Infantaria[6], Forças Especiais e Estado-Maior do Exército Brasileiro na reserva não remunerada.

Formação Acadêmica[editar | editar código-fonte]

Mestre em Operações Militares (2005-2006), pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) – Exército Brasileiro; Especialista em Direito Militar (2008-2009), pela Universidade Castelo Branco (UCB); Especialista em História Militar (2009-2010), pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul); Especialista em Ciências Militares (2013-2014), pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) – Exército Brasileiro – Curso de Comando e Estado-Maior; Bacharel em Ciências Militares (1995-1998), pela Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) – Exército Brasileiro; e Bacharel em Direito pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro - FND/UFRJ (2006-2013), tendo estudado quatro anos na Universidade Federal de Goiás[7].

Missões no Exterior[editar | editar código-fonte]

XIII Viagem de Instrução de Guardas-Marinha (VIGM), a bordo no Navio-Escola Brasil (1999-2000) – 06 meses e mais de 19 portos internacionais (por ter sido o 1º geral da AMAN de 1998); Oficial de Inteligência da Equipe de Segurança na Embaixada no Brasil em Abidjan, Costa do Marfim (2004-2005) – 07 meses[8]; Observador Militar da Organização das Nações Unidas na Costa do Marfim (2008-2009) – 12 meses[9].

Cursos Militares[editar | editar código-fonte]

Cursos e estágios no Sistema de Ensino do Exército Brasileiro, destacando-se: Curso Básico Paraquedista (2001)[10], Curso de Ações de Comandos (2002)[11], Curso de Mestre de Salto (2002), Curso de Forças Especiais (2003), Estágio Básico de Salto Livre (2004), Estágio Avançado de Salto Livre – Mestre de Salto Livre (2007) e Estágio de Observadores Militares (2008).

Nos Estados Unidos da América, Maneuver Captains Career Course, no Maneuver Center of Excellence[12], Fort Benning, Columbus-GA (7 meses).

Desempenho Acadêmico[editar | editar código-fonte]

1º colocado no exame nacional para ingresso na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (1993) – Ensino Médio; 1º colocado no curso da EsPCEx (1994); 1º colocado geral no curso da Academia Militar das Agulhas Negras (1995-1998) – Graduação em Ciências Militares – “Cadete Mais Distinto”[13][14]; 1º Colocado no Curso de Ações de Comandos; International Student Honor Graduate (1º colocado) no Maneuver Captains Career Course, agraciado com a Saint Maurice Order – Peregrinus (2011); Aprovado no XII Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil, na área de Constitucional[15]; 1º Colocado no Concurso Público para Consultor Legislativo.

Medalhas e condecorações recebidas[editar | editar código-fonte]

Agraciado com diversas medalhas nacionais e estrangeiras, destacando-se: Medalha Marechal Hermes de bronze com uma coroa, Medalha Militar de Prata[16], Medalha Caxias, Medalha Exército Brasileiro[17], Medalha Amigo da Marinha do Brasil, Colar da Vitória, Medalha da Vitória[18], Medalha do Mérito Aeroterrestre, Medalha do Mérito do Ex-Combatente do Brasil, Medalha Conde de Linhares, Ordem do Infante Dom Henrique (Portugal), Ordem de Bernardo O’Higgins (Chile), Medalha das Nações Unidas (02 semestres), Ordem de Saint Maurice (EUA), Medalha ao Mérito à Confraternização (Argentina), Medalha Francisco José de Caldas Aplicação (Colômbia) e Ordem Procer da Liberdade Jose Miguel Lanza Cavaleiro (Bolívia).

Artigos publicados e monografias[editar | editar código-fonte]

Sobre mulheres nas Forças Armadas[19]

Sobre a conquista do Acre[20]

Sobre a operação Tigre I [21]

Sobre Goiânia [22]

Sobre política [23]

Sobre as Forças Especiais[24]

Sobre a Venezuela[25]

Sobre o terrorismo[26]

Sobre Forças Armadas na segurança pública[27]

Sobre Colégios Militares em Goiás[28]

Sobre crise em presídios[29]

Palestras Ministradas[editar | editar código-fonte]

Sobre Inteligência e Segurança Pública[30]

Sobre o Poder Legislativo e o Assessoramento Institucional[31]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Representação do Governo eleito em evento na CREDN[32]

Carreira Política[editar | editar código-fonte]

Entre 2015 e 2018, trabalhou na Câmara dos Deputados como servidor concursado, na Consultoria Legislativa[33]. Esse órgão é responsável pelo assessoramento institucional aos deputados e às comissões[34] daquela Casa Legislativa. No contexto desse trabalho, conheceu mais de perto o então deputado federal Jair Bolsonaro, o que lhe motivou a entrar para a carreira política e a se eleger deputado federal por Goiás para exercer o mandado no 56ª Legislatura.


Referências

  1. «Oficial do Exército defende mudança pelo voto popular». www.dm.com.br. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  2. Digital, VlaZan. «Eleições 2018 - Major Vitor Hugo 1701 (Deputado Federal) Goiás/GO». Eleições 2018. Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  3. «Major Vitor Hugo 1701 (PSL) Deputado Federal». Consultado em 6 de dezembro de 2018 
  4. «OAB | Ordem dos Advogados do Brasil | Conselho Federal». www.oab.org.br. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  5. «CESPE/UnB». www.cespe.unb.br. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  6. www.eb.mil.br http://www.eb.mil.br/c/document_library/get_file?uuid=8c690ff5-b0dd-4a0d-bb75-d017cbb8ae66&groupId=16768. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  7. centrodeselecao.ufg.br (PDF) https://centrodeselecao.ufg.br/ps2007/resultado/A340.pdf. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  8. «DOU 29/06/2005 - Pg. 8 - Seção 2 | Diário Oficial da União | Diários Jusbrasil». Jusbrasil. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  9. www.sgex.eb.mil.br http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/copiar.php?codarquivo=723&act=bre. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  10. «Centro de Instrução Pára-quedista General Penha Brasil». www.cipqdt.eb.mil.br. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  11. «Centro de Instrução de Operações Especiais - Página inicial». www.ciopesp.eb.mil.br. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  12. «Fort Benning | MCoE Page». www.benning.army.mil. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  13. www.ahimtb.org.br (PDF) http://www.ahimtb.org.br/OS%2060%20%20AMOS%20DA%20ACADEMIA%20MILITAR%20DAS%20AGULHAS%20NEGRAS%20EM%20REDENDE.pdf. Consultado em 11 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  14. «List of Top Graduates of the Academia Militar das Agulhas Negras». Military Wiki (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  15. www.oab.org.br (PDF) https://www.oab.org.br/arquivos/resultado-definitivo-2-fase-geral-1058286730.pdf. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  16. www.sgex.eb.mil.br http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/copiar.php?codarquivo=1255&act=bre. Consultado em 11 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  17. www.sgex.eb.mil.br http://www.sgex.eb.mil.br/sistemas/be/copiar.php?codarquivo=1589&act=bre. Consultado em 11 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  18. (PDF) https://www.defesa.gov.br/arquivos/condecoracao/almanaque_MV.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  19. www.itamaraty.gov.br (PDF) http://www.itamaraty.gov.br/images/ed_pazeseg/Mulheres_paz/2015_291-Estudo_sobre_Mulheres_nas_Forcas_Armadas-Vitor_Hugo2vs.pdf. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  20. pergamum.unisul.br (PDF) http://pergamum.unisul.br/pergamum/pdf/106266_Vitor.pdf. Consultado em 10 de janeiro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  21. «Operação Tigre: cruzando o Atlântico rumo à África.». Jornal Hora Extra. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  22. «Goiânia: identidade única a ser preservada». Jornal Hora Extra. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  23. «Brasil: lambança na política, lealdade no Exército». Jornal Hora Extra. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  24. https://jornalhoraextra.com.br/coluna/forcas-especiais-do-exercito-em-goias-orgulho-silencioso-que-deve-ser-despertado/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  25. «Crise na Venezuela: a diplomacia encolhida». Jornal Hora Extra. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  26. https://jornalhoraextra.com.br/coluna/2porque-precisamos-nos-preocupar-com-o-terrorismo-no-brasil/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  27. https://jornalhoraextra.com.br/coluna/por-que-nossas-forcas-armadas-nao-sao-usadas-na-seguranca-publica-mais-vezes/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  28. https://jornalhoraextra.com.br/coluna/por-que-os-colegios-militares-sao-tao-procurados/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  29. https://jornalhoraextra.com.br/coluna/crise-nos-presidios-quando-a-negligencia-ajuda-a-criminalidade/  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  30. «Aula Magna ministrada pelo Dr.Major Vitor Hugo de Araújo Almeida». Faculdade Processus | Graduação, Pós-Graduação e Preparatório para Concursos Públicos. 1 de agosto de 2018. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  31. «I Semana das Ciências Jurídicas». Unidesc - Centro Universitário. 25 de maio de 2017. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  32. «DefesaNet - CCT - CREDEN». DefesaNet. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  33. «Atribuições». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 11 de janeiro de 2019 
  34. «Comissões». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 11 de janeiro de 2019