Viva Elvis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Viva Elvis [1] foi o sétimo espetáculo residente do Cirque du Soleil localizado no Aria Resort & Casino em Las Vegas, estreou em 19 de fevereiro de 2010.E foi encerrado em 31 de agosto de 2012. O Cirque du Soleil formou uma parceria com a Elvis Presley Enterprises para produzir este show, semelhante a parceria com The Beatles ' Apple Corps Ltd para produzir o show residente The Beatle Love no The Mirage.   

A CKX, Inc., empresa que detém os direitos sobre o nome de Elvis Presley, imagem e edição de músicas, assinaram um acordo para que o Cirque du Soleil pudesse criar o show residente. A estréia de gala estava originalmente programada para janeiro de 2010, sobre o que teria sido o 75º aniversário de Elvis, mas foi adiado para 19 de fevereiro de 2010. A CKX e o Cirque du Soleil, eventualmente, destinaram-se também a desenvolver espetáculos adicionais itinerantes e multimídias interativas "Experiências de Elvis" em todo o mundo.  

Encerramento[editar | editar código-fonte]

Devido ao baixo registro de espectadores, A MGM Resorts pediu ao Cirque du Soleil que substituísse o show. O espetáculo teve sua ultima apresentação em 31 de agosto de 2012. E em 7 de março de 2012, o Cirque du Soleil anunciou na Radio City Music Hall, que o espetáculo Zarkana seria o seu substituto.

Especificações técnicas[editar | editar código-fonte]

O Teatro do espetáculo Viva Elvis foi projetado como um convencional proscênio de layout que lembra uma casa de ópera. O palco tinha 16 plataformas, dividido em 12 seções, que podiam subir 3,0 m, a maior secção era de 5,5 m por 24,4 m e era controlada por quatro motores grandes localizados a 7,9 m abaixo do palco.

A Cena de abertura do show continha uma jukebox feita de cromo preto brilhante de 21 m de largura por 6,7 m de altura. Havia também uma tela de vídeo de 15 m de altura. Também visto durante a abertura, um gigante sapato azul de camurça que pesava 3.200 kg e foi feito de aço e fibra de vidro.

Durante a presentação da música "Got a Lot of Livin' to Do", eram utilizados sete trampolins.Toda a estrutura ocupava toda a largura do palco de 24 m e pesava 30 toneladas.

O conjunto para o "Jailhouse Rock"  foi baseado nos requisitos técnicos para a arte circense chamado marche inversée. Havia dez faixas que permitiram aos acrobatas de andar de cabeça para baixo, ligados por seus pés, enquanto bailarinos realizavam ao lado direito para cima e em outros níveis; Toda a estrutura pesava 37,000 kg.

Atos[editar | editar código-fonte]

  • Blue Suede Shoes: Abertura, dança e acrobacias.
  • Don't Be Cruel: Dança
  • One Night: Arremessos aéreos em uma estrutura de metal em formato de guitarra
  • All Shook Up: Dança
  • Saved: Dança e acrobacias
  • Got a Lot of Livin' to Do: Trampolins
  • Heartbreak Hotel: Dança
  • Love Me Tender: Dueto
  • Return to Sender: Dança e barras aéreas
  • Are You Lonesome Tonight: Acrobacias em bambolê aéreo
  • Western Scene: Laços
  • Burning Love: É mostrado um clipe da banda
  • Bossa Nova Baby: Equilíbrio em cadeiras
  • King Creole: Dança e clipes musicais
  • Jaicelhouse Rock: Dança e acrobacias
  • It's Now or Never: Pólo Chinês
  • Can't Help Falling in Love: Ballet e patins
  • Love Me/Don't: Aros duplos
  • Viva Las Vegas: Dança
  • Suspicious Mind: Dança com acrobacia durante um dueto
  • Hound Dog: Final

Figurino[editar | editar código-fonte]

O figurinista, Stefano Canulli, inspirou-se na moda icônica de Elvis dos anos 1950 e 60 e acrescentou linhas Technicolor para realçar o corpo humano. A coleção de guarda-roupa como um todo continha cerca de 400 trajes e cerca de 1.500 componentes do traje. Parte desse total vieram de mais de 450 pares de sapatos e 150 perucas personalizadas.Cirque du Soleil, pela primeira vez, usou reunindo para criar alguns dos acessórios, dando-lhes uma aparência de veludo.Algumas das várias perucas usadas para o show foram criadas usando espuma de uretano, o que lhes dava a aparência de mangá japonês.

Músicas[editar | editar código-fonte]

A música do espetáculo Viva Elvis foi criada em parceria com a Elvis Presley Enterprises. O álbum da trilha sonora, foi lançado em 5 de novembro de 2010,sob o selo da Sony Legacy Recordings e foi produzido por Erich van Tourneau.

Outras informações: Viva Elvis (álbum)


Notas[editar | editar código-fonte]

  1. foi o sétimo espetáculo residente do Cirque du Soleil localizado no Aria Resort & Casino em Las Vegas. Estreou em 19 de fevereiro de 2010. E foi encerrado no dia 31 de agosto de 2012. O Cirque du Soleil formou uma parceria com a Elvis Presley Enterprises, semelhante à parceria com The Beatles ' Apple Corps Ltd para produzir o show residente The Beatles Love no The Mirage.