Vladimir Jugović

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vladimir Jugović
Владимир Југовић
Informações pessoais
Nome completo Vladimir Jugović
Data de nasc. 30 de agosto de 1969 (50 anos)
Local de nasc. Milutinovac, Iugoslávia
Informações profissionais
Posição Meia (aposentado)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1989-1990
1990
1991-1992
1992-1995
1995-1997
1997-1998
1998-1999
1999-2001
2001-2003
2003-2004
2004-2005
Jugoslávia Estrela Vermelha
Jugoslávia Rad (E)
Jugoslávia Estrela Vermelha
Itália Sampdoria
Itália Juventus
Itália Lazio
Espanha Atlético de Madrid
Itália Internazionale
Mónaco Monaco (E)
Áustria Admira Wacker
Alemanha LR Ahlen
1 (0)
16 (7)
60 (11)
100 (21)
77 (10)
42 (6)
27 (5)
50 (3)
25 (1)
26 (3)
21 (2)
Seleção nacional
1991–1992
1994–2002
Flag of Yugoslavia (1946-1992).svg Iugoslávia
Flag of Yugoslavia (1992–2003); Flag of Serbia and Montenegro (2003–2006).svg Iugoslávia
04 (1)
37 (2)

Vladimir Jugović - em sérvio, Владимир Југовић (Milutinovac, 30 de agosto de 1969) - é um ex-futebolista sérvio que jogava no meio-campo.

Início promissor na Iugoslávia[editar | editar código-fonte]

Estatisticamente, foi um dos jogadores mais internacionalmente vitoriosos do país. Despontou em 1991 no Estrela Vermelha, participando da final da Copa dos Campeões da UEFA naquele ano, em que o maior torneio europeu de clubes foi conquistado pela primeira (e única) vez por um time da ex-Iugoslávia. A partida foi contra o favorito Olympique Marseille, o grande campeão francês da época.

Na mesma temporada, foi também campeão iugoslavo. No final do ano, participaria da conquista também do Mundial Interclubes, marcando dois gols na final contra os chilenos do Colo-Colo. No semestre seguinte, seria bicampeão nacional.

Auge na Itália[editar | editar código-fonte]

Após o bi iugoslavo, foi jogar no futebol italiano, contratado pela Sampdoria. Três anos de sucesso na Samp, onde conquistou a Copa da Itália de 1994, lhe credenciaram entre os dirigentes da poderosa Juventus, que o levaram para o clube de Turim em 1995. Nas duas temporadas em que ficou nos bianconeri, foi finalista titular da Liga dos Campeões.

Saiu vitorioso na primeira (contra o Ajax), em decisão encaminhada para os pênaltis, tendo acertado a sua cobrança, ganhando posteriormente mais uma vez o Mundial Interclubes ao final do ano, contra o River Plate. Jugović é um dos poucos jogadores europeus que conquistaram o Mundial Interclubes duas vezes.

Na segunda, a Juve acabou perdendo por 3 x 1 para o Borussia Dortmund, ficando a consolação de ter finalmente conquistado, na mesma temporada, o seu único título no campeonato italiano. Após a decisão, foi vendido à Lazio, onde ficaria apenas na temporada 1997/98, conquistando no clube romano sua segunda Copa da Itália.

Decadência[editar | editar código-fonte]

Esteve no Atlético de Madri na temporada 1998/99, participando de apenas metade dos jogos do clube no campeonato espanhol. Voltou à Itália após uma temporada nos rojiblancos, agora como jogador da Internazionale. Também não se firmou no novo time (curiosamente, maior rival de sua ex-equipe da Juventus), ficando apenas duas temporadas em Milão. Passaria outras duas emprestado ao Monaco.

Em 2003, foi para a Áustria jogar no Admira Wacker e, uma temporada depois, ao pequeno clube alemão do LR Ahlen, onde em 2005 parou de jogar.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Jugović debutou pela Iugoslávia em agosto de 1991, em alta após o título europeu do Estrela Vermelha. Com o agravamento da Guerra Civil Iugoslava no período, entretanto, a seleção acabou suspensa pela FIFA no ano seguinte, ficando de fora da Eurocopa 1992, para a qual estava classificada. O retorno oficial só seria autorizado em 1994, e acabou sendo em um amistoso contra o Brasil, recém-tetracampeão da Copa do Mundo.

Jugović jogaria pela nova Iugoslávia novamente desde então, fazendo sua última partida pela seleção em 2002, tendo participado da Copa de 1998 e da Eurocopa 2000.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estrela Vermelha

Sampdoria

Juventus

Lazio

Monaco

Individual


Referências

  1. «Elenco IUG'96». Consultado em 20 de janeiro de 2017 [ligação inativa]