Vladimir Menshov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vladimir Menshov
Nascimento 17 de setembro de 1939
Baku, Azerbaijão
União Soviética
Nacionalidade russo
Morte 5 de julho de 2021 (81 anos)
Moscou, Rússia
Ocupação Diretor de cinema, ator
Oscares da Academia
Óscar de Melhor Filme Estrangeiro
1981

Vladimir Menshov (Baku, 17 de setembro de 1939Moscou, 5 de julho de 2021)[1] foi um ator e cineasta russo. Dirigiu o Moscow Does Not Believe in Tears, filme o qual venceu o Oscar de melhor filme internacional em 1981.[2] Foi agraciado com um Águia de Ouro de melhor ator coadjuvante de 2013 pelo seu desempenho em Legenda Nº 17 (Легенда № 17).[3]

Morte[editar | editar código-fonte]

Menshov morreu em 5 de julho de 2021 em um hospital de Moscou, aos 81 anos de idade, de complicações da COVID-19.[4]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Diretor[editar | editar código-fonte]

  • Practical Joke (Poзыгрыш, 1977)
  • Moscou Não Acredita em Lágrimas (Москва слезам не верит, 1979)
  • Love and Pigeons (Любовь и голуби, 1984)
  • What a Mess! (Ширли-мырли, 1995)
  • The Envy of Gods (Зависть Богов, 2000)

Ator[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Vladimir Menshov, cineasta russo ganhador de Oscar, morre aos 81 anos de Covid-19». G1. Consultado em 5 de julho de 2021 
  2. «THE 53RD ACADEMY AWARDS» (em inglês). Academy of Motion Picture Arts and Sciences. Consultado em 5 de julho de 2021 
  3. «Лауреаты премии «Золотой Орел» за 2013 год» (em russo). National Academy of Motion Picture Arts and Sciences of RUssia. Consultado em 5 de julho de 2021 
  4. «Oscar-winning Russian Director Vladimir Menshov dies from COVID-19 complications» (em inglês). TASS. 5 de julho de 2021. Consultado em 5 de julho de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cinema é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.