Vladimir Vasyutin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vladimir Vasyutin

Cosmonauta da Roskosmos
Nacionalidade União das Repúblicas Socialistas Soviéticas soviético
Nascimento 8 de março de 1952
Kharkov, União Soviética
Hoje:Ucrânia
Morte 19 de julho de 2002 (50 anos)
Moscou, Rússia
Missões Soyuz T-14

Vladimir Vladimirovich Vasyutin (russo:Влaдимиp Bлaдимиpoвич Васютин; Kharkov, 8 de março de 1952Moscou, 19 de julho de 2002) foi um cosmonauta soviético.

Piloto da Força Aérea Soviética e qualificado pela Escola de Pilotos de Teste de Kharkov, foi selecionado para o curso de cosmonauta na Cidade das Estrelas em 1 de dezembro de 1976. Depois de obter qualificação foi designado para trabalhar no programa TKS, uma nova geração de espaçonaves militares tripuladas que seriam acopladas às já existentes estações orbitais Salyut.[1]

Foi ao espaço em 17 de setembro de 1985 comandando a Soyuz T-14, a nona missão à Salyut 7 e passou 64 dias em órbita.[1] Vasyutin estava escalado para realizar uma longa sequência de experiências militares na estação, mas ficou doente após chegar na Salyut e não teve condições físicas de realizar as atividades programadas.[2] Inicialmente com uma permanência planejada de seis meses, sua doença o obrigou a um retorno de emergência depois de dois meses em órbita. Descobriu-se depois tratar-se de uma forte infecção na próstata, que causou inflamação e febre no cosmonauta.[3] Retirou-se pouco depois do serviço ativo por razões médicas e trabalhou como diretor da Academia da Força Aérea Gagarin.

Morreu de câncer aos 50 anos em 2002.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Cosmonaut Biography: Vladimir Vasyutin». spacefacts.de 
  2. «Mir Hardware Heritage» (PDF). NASA. Consultado em 21 de novembro de 2014. 
  3. David Michael Harland, John Catchpole (março de 2002). Creating the International Space Station. [S.l.]: Springer. 416 páginas. ISBN 1-85233-202-6