Volta Ciclística do Pará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Volta Ciclística do Pará
Região Belém, Brasil
Data Junho
Tipo Prova por etapas
História
Primeira Edição 2010
Número de Edições 4
Primeiro Vencedor Brasil Sérgio Barichello
Último Vencedor Brasil João Marcelo Gaspar

A Volta Ciclística do Pará é uma competição ciclística profissional de estrada por etapas disputada anualmente durante o mês de junho em Belém, Pará, Brasil. A prova existe tanto para a elite masculina como a feminina do ciclismo nacional, além das categorias juniores e masters. Diferentemente da maioria das provas por etapas do ciclismo de estrada, a Volta Ciclística do Pará não tem sua classificação geral definida por tempo, mas sim, por pontos acumulados ao final de cada etapa.

Organizado pela primeira vez em 2010, o evento é normalmente disputado em 3 etapas, geralmente 2 circuitos em Belém e uma etapa de estrada (resistência). Em 2013, a etapa de resistência teve 100 kms de distância, sendo disputada na Rodovia Alça Viária, ao passo que a distância dos circuitos foi definida por tempo - 70 minutos para a primeira etapa e 90 minutos para a segunda.[1] Em geral, são etapas bastante planas, com poucas subidas. A exceção a esse formato de prova foi na segunda edição, em 2011, quando uma etapa de contra-relógio individual também foi disputada, totalizando 4 etapas naquela edição da prova (a classificação geral ainda foi definida por pontos).

Atualmente, a Volta Ciclística do Pará recebe no calendário nacional da CBC a categoria 2,[2] das provas por etapa nacionais, sendo portanto uma das provas que mais dá pontos para o ranking nacional, estando atrás somente das provas por etapas internacionais e do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada. Além da categoria elite masculino, o evento é válido para o ranking nacional nas categorias elite feminino, juniores e masters.

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Diferentemente da maioria das outras provas por etapas do ciclismo de estrada, a classificação geral da Volta Ciclística do Pará não é decidida pela soma dos tempos de cada etapa, mas sim pelos pontos que os ciclistas conquistam sendo os primeiros colocados no final de cada etapa. Quem conquistar mais pontos na soma de todas as etapas é o campeão da prova. A pontuação em cada etapa é distribuída da seguinte forma:

Colocação Pontuação
15
12
10
8
7
6
5
4
3
10º 2

Todos os ciclistas que concluírem a etapa também recebem um ponto.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Vencedor Segundo lugar Terceiro lugar Equipe vencedora
2010 Brasil Sérgio Barichello Brasil Lourismar Souza Brasil Gilson Silva Clube Amazônia
2011 Brasil Eduardo Pinheiro Brasil Bruno Tabanez Brasil Geraldo da Silva Souza São Lucas Saúde - Giant - Americana
2012 Brasil Alex Diniz Argentina Francisco Chamorro Brasil Jadson Prudêncio Asalp - Cooesa - Fabel
2013 Brasil João Marcelo Gaspar Brasil Jean Marcel Da Silva Brasil Geraldo da Silva Souza Ananindeua E. C.

Vitórias de Etapa[editar | editar código-fonte]

11 ciclistas alcançaram vitórias de etapa entre as 13 realizadas nas 4 edições da prova, e 2 deles o fizeram mais de uma vez:

Nome Vitórias
Brasil Eduardo Pinheiro 2
Brasil João Marcelo Gaspar 2
Brasil Valmir Baia 1
Brasil Sérgio Barichello 1
Brasil Lourismar Souza 1
Brasil Bruno Tabanez 1
Brasil Geraldo da Silva Souza 1
Argentina Francisco Chamorro 1
Brasil Jadson Prudêncio 1
Brasil Alex Diniz 1
Brasil Jean Marcel Da Silva 1

Tanto Eduardo Pinheiro quanto João Marcelo Gaspar, que venceram mais de uma etapa na história da competição, o fizeram na mesma edição da prova (2011 e 2013, respectivamente), de modo que o maior número de vitórias de etapa em somente uma edição da prova é 2. Ambos também ganharam a classificação geral nessas edições da competição.

Referências

  1. bikemagazine.com.br. «Volta Ciclística do Pará recebe atletas de 9 estados brasileiros». Consultado em 18 de novembro de 2013 
  2. revistabicicleta.com.br. «Marcelo Gaspar e Márcia Fernandes são os campeões da IV Volta Ciclística do Pará». Consultado em 18 de novembro de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]