Voo Air India Express 1344

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Voo Air India Express 1344
Acidente aéreo
O avião envolvido no acidente, fotografado em novembro de 2009, no Aeroporto Internacional de Dubai
Sumário
Data 7 de agosto de 2020 (1 mês)
Causa Saída de pista devido a más condições climáticas, sob investigação
Local Aeroporto Internacional de Calecute, Calecute, Índia
Coordenadas 11° 07′ 59″ N, 75° 58′ 14″ L
Origem Aeroporto Internacional de Dubai
Destino Aeroporto Internacional de Calecute
Passageiros 184
Tripulantes 6
Mortos 20
Feridos 156
Sobreviventes 172
Aeronave
Modelo Boeing 737-8HG(SFP)
Operador Air India Express
Prefixo VT-AXH
Primeiro voo 15 de novembro de 2006

Em 7 de agosto de 2020 por volta das 19:10 IST (13:40 UTC), o Boeing 737 operando o voo Air India Express 1344, entre Dubai (Emirados Árabes Unidos) e Calecute (Índia), sofreu um acidente ao pousar no Aeroporto Internacional de Calecute, onde derrapou no pista de pouso e se partiu em dois.

O balanço mostra pelo menos 18 mortos e dezenas de feridos — 156 com ferimentos graves — entre os 190 passageiros e tripulantes.[1][2][3][4]

Acidente[editar | editar código-fonte]

O avião chegou ao aeroporto no horário. A aproximação foi para a pista 28, mas dois pousos foram abortados devido a um vento de cauda e a aeronave circulou, aguardando liberação, antes de pousar na pista 10.[5][6] Devido a monções e inundações em Querala em andamento, más condições climáticas reduziram a visibilidade no pouso para 2 000 m. A pista 28 estava em uso e na primeira tentativa de pouso, o piloto não conseguiu ver a pista e solicitou a pista 10. Na segunda tentativa na pista 10 a 2 860 m (9 380 ft), a aeronave pousou bem longe e tocou com suas rodas na pista perto da pista de taxiamento “C”, que fica aproximadamente 1 000 m além do limite da pista.[7][8]

O avião não parou até o final da pista e mergulhou em um desfiladeiro de 9 a 10,5 m de profundidade, fazendo com que a fuselagem se rompesse em duas partes no impacto.[9][10] A direção do vento, resíduos de pneus de borracha e desempenho de frenagem de aeronaves em pista molhada foram provavelmente afetados e causaram o acidente.[11] Este incidente é semelhante à saída de pista do voo Air India Express 812 que ocorreu em 22 de maio de 2010 no Aeroporto Internacional de Mangalore, matando 158 pessoas a bordo.[12]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Inde : un avion se brise en deux en sortie de piste, au moins seize morts et quinze blessés graves». leparisien.fr (em francês). 7 de agosto de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 .
  2. «À Kozhikode, en Inde, un avion d'Air India Express dérape lors de son atterrissage». The Huffington Post (em francês). 7 de agosto de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  3. «Avião se parte em dois durante pouso na Índia e deixa 17 mortos». G1. 7 de agosto de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  4. «Air India jet breaks in two on Kerala runway». BBC News (em inglês). 7 de agosto de 2020. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  5. «Section 3 Airport Marking Aids and Signs» (em inglês). Federal Aviation Administration. Consultado em 10 de agosto de 2020 
  6. «Airport markings and signs». cfinotebook.net (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  7. DelhiAugust 8, Press Trust of India New; August 8, 2020UPDATED:; Ist, 2020 13:06. «Kozhikode crash: Air India Express plane touched down near taxiway, 1,000 metres from beginning of runway». India Today (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  8. VOCL - CALICUT / DOMESTIC (PDF). aim-india.aai.aero (em inglês). [S.l.]: Airport Authority of India. 25 de maio de 2017. 21 páginas 
  9. Lucia, Binding (8 de agosto de 2020). «Kerala plane crash: At least 14 dead and several injured as aircraft 'splits in two' at airport». Sky News (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  10. Sarkar, Sohini; Phillip (7 de agosto de 2020). «Air India Express plane with 191 from Dubai skids off Kozhikode runway, pilot killed». Hindustan Times (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  11. «Air India Express crash: This safety instrument could have prevented Kozhikode tragedy». Moneycontrol (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 
  12. Ghosh, Poulomi (8 de agosto de 2020). «Air India Express Plane Crash: 13-year-old Boeing 737 to be Blamed? Kozhikode Crash Brings Chilling Memories of 2010 Crash». India.com (em inglês). Consultado em 10 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.