Voo Airblue 202

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Voo Airblue 202
Acidente aéreo
Sumário
Data 28 de julho de 2010 (8 anos)
Causa desconhecida (Sob investigação)
Local Paquistão Paquistão
Coordenadas 33° 44′ 23″ N, 73° 03′ 29″ L
Origem Aeroporto Internacional Jinnah, Karachi, Paquistão
Destino Aeroporto Internacional Benazir Bhutto, Islamabad, Paquistão
Passageiros 146
Tripulantes 6
Mortos 152
Sobreviventes nenhum
Aeronave
Modelo Airbus A321-200
Operador Paquistão Airblue
Prefixo AP-BJB
Primeiro voo 14 de abril de 2000

O Voo Airblue 202 foi um voo regular de passageiros da Airblue operado por um Airbus A321-200 que caiu em 28 de julho de 2010 próximo a Islamabad, Paquistão, após os tripulantes perderem contato com controladores de tráfego aéreo enquanto tentavam pousar sob forte nevoeiro e chuva de monção.[1] Todos os 146 passageiros e os seis tripulantes morreram.[2] A aeronave colidiu contra as Colinas de Margalla enquanto seguia de Karachi para Islamabad.[3] Depois que a queda foi confirmada, tropas e helicópteros foram despachados para o local do acidente, o segundo maior da história do Paquistão depois do Voo PIA 268 em 1992 e o mais mortal envolvendo um Airbus A321.[4]

Notas e referências

  1. Sky News. «Pakistan Plane Crash Near Islamabad: Airliner Said To Be Carrying More Than 150 People» (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2010. 
  2. Agence France-Presse. «Pakistan plane crashes with 152 on board» (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2010. 
  3. The Daily Telegraph. «Passenger plane crashes outside Islamabad». Consultado em 28 de julho de 2010. 
  4. MSNBC. «Pakistani plane with 152 aboard crashes» (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.