Voo Caspian Airlines 7908

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Voo Caspian Airlines 7908
Acidente aéreo
Sumário
Data 15 de julho de 2009 (7 anos)
Causa Causa desconhecida
Local Irã Qazvin, Irã
Origem Aeroporto Internacional de Tehran Imam Khomeini, Teerã, Irã
Destino Aeroporto Internacional de Zvartnots, Erevan, Armênia
Passageiros 153
Tripulantes 15
Mortos 168[1]
Sobreviventes 0
Aeronave
Modelo Tupolev Tu-154M
Operador Irã Caspian Airlines
Prefixo EP-CPG

O voo 7908, da empresa aérea iraniana Caspian Airlines, foi um voo comercial, de Teerã a Erevan, cujo avião caiu no povoado de Jannatabad, na periferia da cidade de Qazvin no noroeste do Irã, em 15 de julho de 2009.[1][2] Todos os 153 passageiros e 15 tripulantes a bordo foram declarados mortos.[1] A queda abriu uma cratera de 10 metros de profundidade e os destroços ficaram espalhados por uma área de 200 km².[1] Este acidente é o 57.° do Tupolev Tu-154 e o 5.° desse tipo no Irã.[3]

Aeronave[editar | editar código-fonte]

O avião era um Tupolev Tu-154M fabricado em 1987 e operado pela Caspian Airlines, de acordo com o porta-voz da agência de aviação do Irã.[4][5] Depois de algumas horas após o acidente, dois de três registradores de dados de voo foram recuperados. Apesar deles estarem danificados, espera-se que eles forneçam informação suficiente para determinar a causa do acidente.[6][7][8]

Embora não foi oficialmente confirmado, é dito que o EP-CPG,[9] um avião que entrou em operação em 20 de abril de 1987 pela YA-TAR e foi vendido para a Ariana Afghan Airlines em 1988. O avião EP-CPG operou por esta companhia até ser vendido para a Caspian Airlines em 15 de março de 1998, 11 anos após a sua construção.[10]

A maior parte da frota aérea iraniana proveniente da Rússia está ficando velha e carece de informações sobre o seu histórico. Mecânicos qualificados e peças sobresalientes são difíceis de encontrar.[11] Depois da Revolução Iraniana de 1979, o embargo comercial das nações ocidentais forçou o Irã a comprar aviões de fabricação russa na sua maioria para completar a já exitente frota composta de Boeings ou outros modelos americanos ou europeus.[1][7]

Acidente[editar | editar código-fonte]

O avião caiu as 11:33 hora local (07:03 UTC), 16 minutos após a decolagem do Aeroporto Internacional de Tehran Imam Khomeini .[12] De acordo com as autoridades a cauda do avião pegou subitamente fogo. O piloto voou em circulos na tentiva de achar um lugar seguro para pouso, porém sem sucesso. O avião foi completamente destruído após colidir-se com uma plantação, resultando em buracos com até 10m de profundidade. Uma testemunha ocular que afirma ter estado numa área de 300 m de distância do local do acidente descreveu o acontecimento como "o avião caiu de repente do céu". Três horas após a colisão, o fogo persistia numa área superior a 200 m2.[8][13] Ambas as caixas-pretas foram encontradas no dia 16 de julho com os dados de voz e os parâmetros de voo. Contudo, uma das caixas foi achada com muito dano segundo o investigador chefe Ahmad Majidi.[14] Este foi o pior acidente na história da aviação iraniana desde do acidente de 2003 como um Ilyushin Il-76, quando 302 pessoas morreram,[8] sendo o pior acidente aéreo da história do Irã.[3]

Nacionalidade[editar | editar código-fonte]

168 passageiros estavam a bordo do avião de três nacionalidades diferentes [15]

Referências

  1. a b c d e Portal G1 (15 de julho de 2009). «Avião com 168 pessoas a bordo cai no Irã; não há sobreviventes, diz TV estatal». Consultado em 15 de julho de 2009 
  2. «Plane crashes northwest Tehran». Iran News Association. Consultado em 15 de julho de 2009 
  3. a b «RECENT ACCIDENTS / INCIDENTS WORLDWIDE». JACDEC. Consultado em 17 de julho de 2009 
  4. Flight Global (15 de julho de 2009). «Caspian Tupolev apparently crashes minutes after take-off» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2009 
  5. Bloomberg News (15 de julho de 2009). «Iranian Airliner Crashes in Northwest, Killing 168» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2009 
  6. Portal G1 (16 de julho de 2009). «Duas das caixas-pretas do avião que caiu no Irã são encontradas». Consultado em 16 de julho de 2009 
  7. a b «Many dead in Iranian air crash». BBC News Online. Consultado em 15 de julho de 2009 
  8. a b c «168 reportedly killed in Iran plane crash». Yahoo! News. Consultado em 15 de julho de 2009 
  9. The Aviation Herald (15 de julho de 2009). «Crash: Caspian Airlines T154 near Janat-Abad on Jul 15th 2009, impacted terrain and burst into flames» (em inglês) 
  10. Planespotters (15 de julho de 2009). «EP-CPG Caspian Airlines Tupolev Tu-154M - cn 87A748» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2009 
  11. BBC News (15 de julho de 2009). «Iran Plagued By Poor Aircraft Safety» (em inglês). Consultado em 15 de julho de 2009 
  12. «Iranian airliner crashes». SBS.com. Consultado em 15 de julho de 2009 
  13. «"Planet föll och exploderade"» (em sueco). Aftonbladet. Consultado em 15 de julho de 2009 
  14. «Technical problem seen behind Iran plane crash». Yahoo! News. Consultado em 16 de julho de 2009 
  15. Clicrbs.com.br

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.