WTA de Indian Wells

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o torneio challenger, veja WTA Challenger de Indian Wells.
BNP Paribas Open
WTA de Indian Wells
IWTG Stadium 1.JPG
Stadium 1 durante a edição de 2009
Detalhes
Local Indian Wells Tennis Garden
Estados Unidos Indian Wells, Estados Unidos
Organização Associação de Tênis Feminino (WTA)
Direção Tommy Haas
Categoria Premier Mandatory
Piso duro
Premiação US$ 8.359.455
Participantes 96 simplistas (principal)
48 simplistas (qualificatório)
32 duplas
Quadras Stadium 1 (16.100 lugares)
Stadium 2 (8.000 lugares)
Stadium 3
Stadium 4
Stadium 5
Stadium 6
Stadium 7
Stadium 8
Stadium 9[1]
Página oficial bnpparibasopen.com
Tennisball current event.svg Edição atual
Combinado masculino e feminino
   ATP      WTA   
Atualizado em: 17 de março de 2019

O WTA de Indian Wells – ou BNP Paribas Open, atualmente – é um torneio de tênis profissional feminino, de nível Premier Mandatory.

Realizado em Indian Wells, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, estreou em 1989, mas somente a partir de 2000 que estreou no Indian Wells Tennis Garden, quando este foi inaugurado. Os jogos são disputados em quadras duras durante o mês de março. É um dos únicos torneios não-Slam - junto de Miami – que se estende por duas semanas, incluindo os qualificatórios. Até 1996, o torneio feminino acontecia uma semana antes do masculino, quando, no ano seguinte, os dois eventos se tornaram paralelos.[2]

Boicote das irmãs Williams[editar | editar código-fonte]

Serena Williams e Venus Williams, duas jogadoras norte-americanas muito bem-sucedidas, boicotaram o torneio por mais de dez anos, alegando ter sofrido insultos raciais do público.

Durante a edição de 2001, as irmãs se enfrentariam na semifinal, mas Venus estava lesionada, e desistiu. Na final contra Kim Clijsters, Serena foi vaiada e, segundo ela e seu pai, ter se aflingido de tais agressões verbais.

Mesmo com ameaças de sanções financeiras ou de pontos nos rankings, elas permaneceram irredutíveis até 2015, quando Serena voltou a pisar nas quadras do torneio. Venus seguiria a irmã somente no seguinte.[3]

Finais[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeã Vice-campeã Resultado
2019 Canadá Bianca Andreescu Alemanha Angelique Kerber 6–4, 3–6, 6–4
2018 Japão Naomi Osaka Rússia Daria Kasatkina 6–3, 6–2
2017 Rússia Elena Vesnina Rússia Svetlana Kuznetsova 66–7, 7–5, 6–4
2016 Bielorrússia Victoria Azarenka Estados Unidos Serena Williams 6–4, 6–4
2015 Roménia Simona Halep Sérvia Jelena Janković 2–6, 7–5, 6–4
2014 Itália Flavia Pennetta Polónia Agnieszka Radwańska 6–2, 6–1
2013 Rússia Maria Sharapova Dinamarca Caroline Wozniacki 6–2, 6–2
2012 Bielorrússia Victoria Azarenka Rússia Maria Sharapova 6–2, 6–3
2011 Dinamarca Caroline Wozniacki França Marion Bartoli 6–1, 2–6, 6–3
2010 Sérvia Jelena Janković Dinamarca Caroline Wozniacki 6–2, 6–4
2009 Rússia Vera Zvonareva Sérvia Ana Ivanović 7–65, 6–2
2008 Sérvia Ana Ivanović Rússia Svetlana Kuznetsova 6–4, 6–3
2007 Eslováquia Daniela Hantuchová Rússia Svetlana Kuznetsova 6–3, 6–4
2006 Rússia Maria Sharapova Rússia Elena Dementieva 6–1, 6–2
2005 Bélgica Kim Clijsters Estados Unidos Lindsay Davenport 6–4, 4–6, 6–2
2004 Bélgica Justine Henin-Hardenne Estados Unidos Lindsay Davenport 6–1, 6–4
2003 Bélgica Kim Clijsters Estados Unidos Lindsay Davenport 6–4, 7–5
2002 Eslováquia Daniela Hantuchová Suíça Martina Hingis 6–3, 6–4
2001 Estados Unidos Serena Williams Bélgica Kim Clijsters 4–6, 6–4, 6–2
2000 Estados Unidos Lindsay Davenport Suíça Martina Hingis 4–6, 6–4, 6–0
1999 Estados Unidos Serena Williams Alemanha Steffi Graf 6–3, 3–6, 7–5
1998 Suíça Martina Hingis Estados Unidos Lindsay Davenport 6–3, 6–4
1997 Estados Unidos Lindsay Davenport Roménia Irina Spîrlea 6–2, 6–1
1996 Alemanha Steffi Graf Espanha Conchita Martínez 7–6, 7–6
1995 Estados Unidos Mary Joe Fernández Bielorrússia Natasha Zvereva 6–4, 6–3
1994 Alemanha Steffi Graf África do Sul Amanda Coetzer 6–0, 6–4
1993 Estados Unidos Mary Joe Fernández África do Sul Amanda Coetzer 3–6, 6–1, 7–6
1992 República Socialista Federativa da Iugoslávia Monica Seles Espanha Conchita Martínez 6–3, 6–1
1991 Estados Unidos Martina Navrátilová República Socialista Federativa da Iugoslávia Monica Seles 6–2, 7–6
1990 Estados Unidos Martina Navrátilová Checoslováquia Helena Suková 6–2, 5–7, 6–1
1989 Bulgária Manuela Maleeva Austrália Jenny Byrne 6–4, 6–1

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeãs Vice-campeãs Resultado
2019 Bélgica Elise Mertens
Bielorrússia Aryna Sabalenka
República Checa Barbora Krejčíková
República Checa Kateřina Siniaková
6–3, 6–2
2018 Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
República Checa Barbora Strýcová
Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
6–4, 6–4
2017 Taipé Chinesa Chan Yung-jan
Suíça Martina Hingis
República Checa Lucie Hradecká
República Checa Kateřina Siniaková
7–64, 6–2
2016 Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands
Estados Unidos Coco Vandeweghe
Alemanha Julia Görges
República Checa Karolína Plíšková
4–6, 6–4, [10–6]
2015 Suíça Martina Hingis
Índia Sania Mirza
Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
6–3, 6–4
2014 Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
China Peng Shuai
Zimbabwe Cara Black
Índia Sania Mirza
7–65, 6–2
2013 Rússia Ekaterina Makarova
Rússia Elena Vesnina
Rússia Nadia Petrova
Eslovénia Katarina Srebotnik
6–0, 5–7, [10–6]
2012 Estados Unidos Liezel Huber
Estados Unidos Lisa Raymond
Índia Sania Mirza
Rússia Elena Vesnina
6–2, 6–3
2011 Índia Sania Mirza
Rússia Elena Vesnina
Estados Unidos Bethanie Mattek-Sands
Estados Unidos Meghann Shaughnessy
6–0, 7–5
2010 República Checa Květa Peschke
Eslovénia Katarina Srebotnik
Rússia Nadia Petrova
Austrália Samantha Stosur
6–4, 2–6, [10–5]
2009 Bielorrússia Victoria Azarenka
Rússia Vera Zvonareva
Argentina Gisela Dulko
Israel Shahar Pe'er
6–4, 3–6, [10–5]
2008 Rússia Dinara Safina
Rússia Elena Vesnina
China Yan Zi
China Zheng Jie
6–1, 1–6, [10–8]
2007 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Samantha Stosur
Taipé Chinesa Chan Yung-Jan
Taipé Chinesa Chuang Chia-jung
6–3, 7–5
2006 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Samantha Stosur
Espanha Virginia Ruano Pascual
Estados Unidos Meghann Shaughnessy
6–2, 7–5
2005 Espanha Virginia Ruano Pascual
Argentina Paola Suárez
Rússia Nadia Petrova
Estados Unidos Meghann Shaughnessy
7–63, 6–1
2004 Espanha Virginia Ruano Pascual
Argentina Paola Suárez
Rússia Svetlana Kuznetsova
Rússia Elena Likhovtseva
6–1, 6–2
2003 Estados Unidos Lindsay Davenport
Estados Unidos Lisa Raymond
Bélgica Kim Clijsters
Japão Ai Sugiyama
3–6, 6–4, 6–1
2002 Estados Unidos Lisa Raymond
Austrália Rennae Stubbs
Rússia Elena Dementieva
Eslováquia Janette Husárová
7–5, 6–0
2001 Estados Unidos Nicole Arendt
Japão Ai Sugiyama
Espanha Virginia Ruano Pascual
Argentina Paola Suárez
6–4, 6–4
2000 Estados Unidos Lindsay Davenport
Estados Unidos Corina Morariu
Rússia Anna Kournikova
Bielorrússia Natasha Zvereva
6–2, 6–3
1999 Suíça Martina Hingis
Rússia Anna Kournikova
Estados Unidos Mary Joe Fernández
República Checa Jana Novotná
6–2, 6–2
1998 Estados Unidos Lindsay Davenport
Bielorrússia Natasha Zvereva
França Alexandra Fusai
França Nathalie Tauziat
6–4, 2–6, 6–4
1997 Estados Unidos Lindsay Davenport
Bielorrússia Natasha Zvereva
Estados Unidos Lisa Raymond
França Nathalie Tauziat
7–5, 6–2
1996 Estados Unidos Chanda Rubin
Países Baixos Brenda Schultz-McCarthy
França Julie Halard-Decugis
França Nathalie Tauziat
6–1, 6–4
1995 Estados Unidos Lindsay Davenport
Estados Unidos Lisa Raymond
Letónia Larisa Neiland
Espanha Arantxa Sánchez Vicario
2–6, 6–4, 6–3
1994 Estados Unidos Lindsay Davenport
Estados Unidos Lisa Raymond
Países Baixos Manon Bollegraf
República Checa Helena Suková
6–2, 6–4
1993 Austrália Rennae Stubbs
República Checa Helena Suková
Estados Unidos Ann Grossman
Canadá Patricia Hy
6–3, 6–4
1992 Alemanha Claudia Kohde-Kilsch
Estados Unidos Stephanie Rehe
Canadá Jill Hetherington
Estados Unidos Kathy Rinaldi
6–3, 6–3
1991 Final cancelada devido à chuva
1990 Checoslováquia Jana Novotná
Checoslováquia Helena Suková
Estados Unidos Gigi Fernández
Estados Unidos Martina Navrátilová
6–2, 7–66
1989 Austrália Hana Mandlíková
Estados Unidos Pam Shriver
África do Sul Rosalyn Fairbank
Estados Unidos Gretchen Magers
6–3, 46–7, 6–3

Referências

  1. «Indian Wells Tennis Garden: site facts» (em inglês). http://www.iwtg.net. Consultado em 11 de março de 2017 
  2. «About us» (em inglês). bnpparibasopen.com. Consultado em 30 de outubro de 2017 
  3. «Serena Williams encerra boicote de 14 anos a torneio de Indian Wells». folha.uol.com.br. 4 de fevereiro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]