Wagner do Nascimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wagner do Nascimento

Wagner do Nascimento
55.º Prefeito de Uberaba Bandeira de Minas Gerais.svg
Período 15 de março de 1982 a 15 de março de 1988
Antecessor Silvério Cartafina Filho
Sucessor Hugo Rodrigues da Cunha
Dados pessoais
Nascimento 27 de junho de 1936
Uberaba, MG
Morte 6 de setembro de 2007

71 anos
Brasília DF

Partido PMDB,PTB,PRN etc
Profissão Engenheiro

Wagner do Nascimento (27 de junho de 19366 de setembro de 2007) foi um político brasileiro.

Elegeu-se prefeito de Uberaba em 1982, tornando assim o segundo negro eleito para prefeito e o primeiro político negro a assumir a prefeitura de uma cidade brasileira[carece de fontes?]. Tem um filho chamado Wagner do Nascimento Júnior, também envolvido no meio político.

Carreira pública[editar | editar código-fonte]

Engenheiro civil formado em 1964 pela Faculdade de Engenharia do Triângulo Mineiro, Wagner do Nascimento foi professor na mesma instituição. Foi um dos membros fundadores da Companhia de Distritos Industrias de Minas Gerais e idealizador das implantações dos três distritos industriais de Uberaba nos anos de 1960 e 1970, sendo um dos responsáveis pela implantação do pólo químico de Uberaba em meados da década de 1970. Em 1966 elegeu-se vereador, e foi por duas vezes vice-prefeito de 1970 a 1972, e de 1977 a 1983. Em 1982 foi eleito pelo PMDB, prefeito de Uberaba, utilizando na campanha a música Fuscão Preto de Almir Rogério, a partir dai ficaria conhecido e lembrado como "Fuscão Preto". Wagner do Nascimento foi o primeiro negro eleito a assumir uma prefeitura no Brasil, marcando a inserção do negro na política brasileira.O mandato como prefeito vai até 1988. Eleito por duas vezes Deputado Federal nas legislaturas de 1991 a 1999.

Pioneiro[editar | editar código-fonte]

Além de ter sido o primeiro negro eleito a assumir um cargo relevante, Wagner do Nascimento foi um dos raros políticos do Brasil condenado em todas as instâncias da justiça por acusações de irregularidades em seu governo frente à prefeitura de Uberaba, fatos que foram considerados por alguns como perseguição política[carece de fontes?].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.