Waldemarsudde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Waldemarsudde, Suécia: panorama da mansão e dos jardins.

Waldemarsudde localiza-se em Djurgården, no centro de Estocolmo, na Suécia. Foi residência e ateliê do príncipe Eugênio, Duque da Nerícia, sendo atualmente o museu Waldemarsudde do Príncipe Eugénio (Prins Eugens Waldemarsudde).[1]

O príncipe pintor descobriu o local em 1892, quando alugou uma casa que ali existia por alguns dias. Sete anos depois, adquiriu o terreno e contratou o arquitecto Ferdinand Boberg para construir uma residência, erguida entre 1903 e 1904. Após sua morte, em 1947, a mansão foi convertida num museu e parque com esculturas. Além das obras de arte do próprio príncipe, são exibidas peças de Anders Zorn, Carl Larsson, Sigrid Hjertén, entre outros.[2] O corpo do príncipe está sepultado próximo de Waldemarsudde.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Waldemarsudde». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 1063. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  2. Ottosson, Mats; Åsa Ottosson (2008). «Waldemarsudde». Upplev Sverige. En guide till upplevelser i hela landet (em sueco). Estocolmo: Wahlström Widstrand. p. 324. 527 páginas. ISBN 9789146215998 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]