Wander Antunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Wander Antunes (Jataí, 1966) é um escritor, ilustrador e quadrinista brasileiro.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Aos 16 anos, mudou-se para Cuiabá, onde editou as revistas Vôte! e Estação Leitura. As duas publicações reuniam histórias em quadrinhos, crônicas, poesias e contos de autores matogrossenses. Estação Leitura, produzida com apoio da Secretaria de Cultura de Mato Grosso, era distribuída gratuitamente em pontos de ônibus.[1]

Editou também a revista Canalha, da editora Brainstore, na qual retomou o personagem Zózimo Barbosa, criado para a Estação Leitura, com arte de Gustavo Machado e Paulo Borges, além de publicar quadrinhos europeus. Mais tarde, as aventuras do detetive, ambientadas no Rio de Janeiro dos anos 50, seriam reunidas no álbum O corno que sabia demais (Ediouro/Pixel, 2007)[2]


Em 1999, criou a sua primeira graphic novel, em parceria com o desenhista Mozart Couto. Crônicas da Província, publicada pela editora Via Lettera, conta uma história no Mato Grosso, no período da República Velha.[3] A dupla voltaria a se reunir para A Boa Sorte de Solano Dominguez (Editora Desiderata, 2007).[4] Em 2002, publicou Canalha Especial pela Opera Graphica.[5] Em 2011, a editora Quadrinhos na Cia publica Clara dos Anjos, escrita por Wander Antunes e ilustrada por Lelis (arte), o álbum é baseado na obra homônima de Lima Barreto.[6][7]

Em 2015, foi anunciado que as histórias de Zózimo Barbosa seriam adaptadas em uma série de televisão da Rede Globo,[8] a princípio com o título Zózimo,[9] em março de 2017, o nome foi alterado para Cidade Proibida,[10] estrelada por Vladimir Brichta e lançada em setembro do mesmo ano.[11][12] Com o lançamento da série, Antunes anunciou o relançamento da série pela Devir Livraria, o álbum contaria com duas histórias inéditas,[13] contudo, acabou sendo publicado pela Editora Noir.[14]

Na Europa[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Antunes estreou no mercado europeu de histórias em quadrinhos com Gilda, primeiro volume da série Ernie Adams, publicada pela editora suíça Paquet.

Ainda pela Paquet, vieram Big Bill est mort (2005) e Un paradis distant (2006), ambos com o argentino Walther Taborda,[15][16] Vieille Amérique (2005), com o mexicano Tony Sandoval, e a aventura de piratas L´oeil du diable, desenhada pelo espanhol Tirso.[17]

Em 2010, a editora franco-belga Dupuis publicou seu álbum Toute la poussière du chemin, sobre um desempregado vagando pelos Estados Unidos na época da Grande Depressão[18]

Prêmios[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. A arte de Wander Antunes. Diário de Cuiabá, 16 de setembro de 2007
  2. Zózimo: aí vem O Corno que Sabia Demais
  3. Crônicas da Província. Livraria Resposta
  4. Dois álbuns nacionais pela Desiderata. HQ Maniacs
  5. Canalha Especial
  6. «Obra póstuma, "Clara dos Anjos" é adaptada para quadrinhos». Folha de São Paulo. 29 de outubro de 2011 
  7. «Clara dos Anjos e Dorian Gray em quadrinhos». HQ Maniacs. 8 de novembro de 2011 
  8. Patrícia Kogut (26 de março de 2015). «Reprise de 'Maria Esperança' mantém vice-liderança isolada». O Globo. Consultado em 31 de agosto de 2017.. Veja o subtítulo Rio dos anos 1950. 
  9. Carlos, Henrique (2 de dezembro de 2016). «Globo lança séries Vade Retro, Carcereiros e Zózimo na Comic Con Experience | Observatório da TV». Observatório da Televisão 
  10. Flávio Ricco (22 de março de 2017). «Rafael Cortez vai trocar "Vídeo Show" pelo programa da Fátima». UOL TV e Famosos. Consultado em 31 de agosto de 2017.. Veja o subtítulo Bate-Rebate. 
  11. Carla Bittencourt (28 de julho de 2017). «Louraça anos 50: Cláudia Abreu vive ex-amor de Vladimir Brichta em série». Extra. Telinha. Consultado em 31 de agosto de 2017. 
  12. Livro que inspirou “Cidade Proibida” mostra como a Globo errou com a série
  13. 'Cidade proibida' traz Vladimir Brichta na pele de um detetive especializado em casos extraconjugais
  14. Novidades e lançamentos na SketchCon II – Convenção de Arte
  15. Álbum de Wander Antunes é sucesso na França. Universo HQ, 5 de outubro de 2005
  16. Wander Antunes lança novo álbum na Europa. Universo HQ, 20 de janeiro de 2006
  17. ANTUNES, Wander. BDGest'
  18. Toute la poussière du chemin

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Precedido por
Lourenço Mutarelli
Troféu HQ Mix - Melhor roteirista nacional
2007
Sucedido por
Adriana Brunstein e Samuel Casal
Ícone de esboço Este artigo sobre autor ou ilustrador de banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.