Warhammer Fantasy Roleplay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Warhammer Fantasy Roleplay
Autor Dave Allen, Daniel Lovat Clark, Steve Darlington, Simon Grant, Lizard Harac, Jude Hornborg, Jay Little, Gary McBride, Clive Oldfield, Dylan Owen, Aaron Rosenberg, e Tim Uren
Editora(s) Games Workshop (1a. e 2a.ed.) / Fantasy Flight Games (3a.ed.)
Idiomas Inglês apenas
Lançamento 1986 (1a.ed.), 2005 (2a.ed.), 2009 (3a.ed.)
Sistema Próprio
Website Página Oficial

Warhammer Fantasy Roleplay ou, aberviadamente WFRP ou WHFRP, é um jogo de RPG atualmente licenciado para Fantasy Flight Games pela Games Workshop. O jogo não possui tradução em língua portuguesa.

A primeira edição do WFRP trouxe a campanha conhecida como The Enemy Within (O Inimigo Interior). Seus cinco episódios foram bem amarrados e redigidos. Os três primeiros episódios, receberam os maiores elogios; uma versão reescrita do último episódio, o Empire in Flames (Império em Chamas), foi elaborado pela Hogshead Publishing sob o título Empire in Chaos (Império em Caos), mas nunca viu a luz do dia.

Para a segunda edição, uma outra campanha, intitulada Paths of the Damned (Caminhos dos Condenados), foi seguida de aventuras autônomas, como Barony of the Damned (Baronato dos Condenados) e Terror in Talabheim (Terror em Talabheim), bem como aventuras curtas em suplementos descrevendo nações e suplementos de regras, tais como Ill Tidings from the Bretonnia, Knights of the Grail e A Brutal Finish do supleneot de magia Realms of Sorcery.

A Fantasy Flight Games lançou a terceira edição em novembro de 2009. Esta edição trouxe uma mudança significativa no sistema; algumas mecânicas do sistema original foram mantidas. Nesta edição, o Storm of Chaos - durante o qual o Império é invadido - está prestes a acontecer, ao invés de já ter sido repelido, como na segunda edição. Isto significa que é ambientando um ano antes do período da segunda edição.

Cenário e Ambientação[editar | editar código-fonte]

Warhammer Fantasy Roleplay compartilha a mesma ambientação germânica com o sentimento de tragédia ou desastre iminente do wargame Warhammer Fantasy Battle (WFB) do qual se originou. Como é um jogo centrado em indivíduos e não em exércitos inteiros, WFRP retrata o cenário em muito maior detalhe do que os wargames que carregam a mesma marca. Esta mudança de foco também transforma WFRP em um jogo mais sombrio e perigoso do que WFB.

O Império é o palco principal de WFRP: uma região do Velho Mundo baseada vagamente na Sacro Império Romano-Germânico, com numerosos baronatos, condados e ducados, inspirados nos condados e ducados dos príncipes-eleitores do antigo Sacro Império. Outras regiões de destaque incluem Bretonnia, com base na França medieval com fortes temas da mitologia arturiana; Kislev, com base na Polônia medieval e Rússia Imperial; e a Wasteland, cuja única cidade, Marienburg, é baseada nos Países Baixos. Outras terras não exploradas tão profundamente, mas ainda freqüentemente mencionadas, incluem as terras fragmentadas de Estalia e Tilea, inspiradas na Espanha e nas Cidades-Estado da Itália renascentista, respectivamente; e, Araby, uma mistura de Califado árabe e Pérsia. Outras terras análogas às do mundo real incluem Cathay (China), Nippon (Japão), Ind (Índia), Naggaroth (nordeste da América do Norte), Ulthuan (Atlantis), Lustria (Mesoamérica), Norsca (Escandinávia) e a ilha de Albion (Ilhas Britânicas), porém, pouquíssima informação oficial foi liberada sobre essas localidades.

Apesar de a ambientação de WFRP compartilhar diversas características, tais como a existência de elfos e duendes, com outras configurações populares de fantasia, o WFRP é cronologicamente um pouco mais tardio do que a maioria dos jogos de fantasia - perto da época renascentista em termos de tecnologia e sociedade. Armas de fogo estão disponíveis, apesar de caras e pouco confiáveis, e uma crescente classe média mercantil desafia a supremacia da nobreza.

Uma das características mais identificáveis ​​do cenário Warhammer é o Caos. Enquanto as forças do Caos em WFB são representadas principalmente na forma de cavaleiros negros e homens-fera, o Caos em WFRP é uma força insidiosa roendo o tecido da sociedade. Cultos secretos abundam entre todos os estratos da sociedade, visando derrubar a ordem social ou promover o seu próprio poder. Mutantes espreitam nas florestas fora das grandes cidades, enquanto o Skaven (uma corrida de ratos) cavam túneis abaixo deles.

Livros Básicos[editar | editar código-fonte]

  • Warhammer Fantasy Core Rulebook
  • Tome of Adventure - A Guide to Game Mastery & Roleplaying
  • Tome of Mysteries - A Guide to Wizards & Magic
  • Tome of Blessings - A Guide to Priests & Religion
Ícone de esboço Este artigo sobre Role Playing Game é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.