Warren Jeffs

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Warren Steed Jeffs
Data de nascimento 4 de dezembro de 1955 (62 anos)
Local de nascimento Sacramento,
Califórnia
Nacionalidade(s) norte-americano
Apelido(s) Jeffs[1][2][3][4][5]
Ocupação Ex-presidente da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Altura 1,91 m
Religião FLDS
Crime(s) agressão sexual e abuso sexual de crianças[6][7]
Pena Prisão perpétua em regime fechado até os 100 anos de idade
Situação Condenado em 29 de agosto de 2006[8]
Esposa Naomie Jessop
Parente(s) Blaine Jeffs (irmão)
Brandon Jeffs (sobrinho)
Brent Jeffs (sobrinho)
Clayne Jeffs (sobrinho)
David Jeffs (sobrinho)
Isaac Jeffs (irmão)
Leslie Jeffs (irmão)
Lyle Jeffs (irmão)
Nephi Jeffs (irmão)
Seth Jeffs (irmão)
Ward Jeffs (irmão)
Casa de Warren Jeffs em Colorado City.

Warren Steed Jeffs (Sacramento, Califórnia, 4 de dezembro de 1955) é o ex-presidente da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (FLDS)[9] e um criminoso norte-americano, atualmente cumprindo sentença de 20 anos devido a abuso sexual de crianças.[10]

Em maio de 2006 ele foi posto na lista dos dez mais procurados do FBI após fugir ilegalmente, assim evitando sua prisão devido casamentos ilegais entre meninas menores de idade. Jeffs foi preso em agosto de 2006 em Nevada, e concordou em ser levado para Utah para ser julgado.[11]

Em 25 de setembro de 2007, em St. George, Jeffs foi condenado por ter estuprado uma criança.[12] Em 20 de novembro de 2007, Jeffs foi sentenciado a 10 anos de prisão. A condenação, no entanto, foi anulada pelo Supremo Tribunal de Utah em 27 de julho de 2010.[13]

Jeffs foi extraditado de Utah para o Texas, onde foi considerado culpado por agressão sexual e abuso sexual de crianças.[14] Jeffs foi condenado a 20 anos de prisão e teve que pagar uma multa de US$ 10.000 por abuso sexual de meninas de 12 e 15 anos.[15]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Rulon Jeffs
Rulon Jeffs em 2012
Nome completo Rulon Timpson Jeffs
Nascimento 6 de dezembro de 1909
Salt Lake City, Utah
Morte 8 de setembro de 2002 (92 anos)
St. George, Utah
Nacionalidade norte-americano
Progenitores Mãe: Nettie Lenora Timpson
Pai: David William Ward Jeffs
Cônjuge 75 esposas
Filho(s) 65 filhos
Ocupação Profeta e ex-líder da igreja FLDS (25 de novembro de 1986-8 de setembro de 2002)

Jeffs é filho de Rulon Jeffs e Marilyn Steed, neto de Woodruff Steed.[16] Rulon foi criado como membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e seu pai não o apresentou aos ensinamentos do movimento fundamentalista até o dia 25 de setembro de 1938.[17] Desde então, Rulon apoiou a doutrina fundamentalista.

Na primavera de 1945, Rulon, que estava trabalhando no norte de Idaho desde 1943, voltou a Salt Lake City, onde foi ordenado apóstolo de sumo sacerdote por John Barlow em 19 de abril. Jeffs assumiu a liderança do grupo em 1986.[18]

Foi relatado que, no momento da morte de Rulon aos 92 anos, ele pode ter tido até 75 esposas e 65 filhos; outras fontes indicam que Rulon pode ter tido 19 ou 20 esposas e cerca de 60 crianças. De acordo com o autor Jon Krakauer, que narra a Igreja FLDS e a família Jeffs em Under the Banner of Heaven: A Story of Violent Faith, várias esposas de Jeffs eram menores de idade.[19] Dois dos filhos de Warren Jeffs, um menino e uma menina, declararam publicamente que foram abusados ​​sexualmente por ele.[20]

Dentro de uma semana após a morte de seu pai, Jeffs havia se casado com quase todas as mulheres viúvas. Uma delas, Rebecca Wall, negou-se em casar com Jeffs e fugiu do complexo, para mais tarde se casar com o sobrinho dele. Naomi Jessop foi uma das primeiras esposas de Rulon a se casar com Warren, tornando-se sua esposa favorita e confidente.[21][22]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Templo da FLDS em Eldorado (Texas).

Antes da morte de seu pai, Jeffs ocupava o cargo de conselheiro do líder da igreja. Quando Rulon Jeffs morreu em 2002, Jeffs tornou-se seu sucessor.[23][24]

Até que os tribunais de Utah intervieram, Jeffs controlava quase todo território do Colorado City e de Hildale. Em janeiro de 2004, Jeffs expulsou um grupo de 20 homens de Colorado City, incluindo o prefeito. A terra foi estimada em mais de US$ 100 milhões e como resultado de uma decisão judicial de novembro de 2012, grande parte delas deve ser vendida para os moradores locais.[25]

Jeffs especificamente ensinou que um membro devoto da igreja deve ter pelo menos três esposas para entrar no céu, e quanto mais mulheres um homem tiver, mais perto estará da glória.[26]

Em 27 de março de 2007, a notícia da manhã da Deseret relatou que Jeffs tinha renunciado o papel de profeta da igreja FLDS. Em 7 de novembro de 2007, o escritório do advogado do condado de Washington lançou um vídeo com conversas entre Jeffs e seu irmão, Nephi.[27] Nos vídeos, Jeffs renuncia a sua profecia, afirmando que Deus lhe havia dito que se ele revelasse que ele não era o profeta legítimo e era um "homem perverso", ele ainda ganharia um lugar no reino celestial.[28][29] Enquanto encarcerado, Jeffs tentou cometer suicídio batendo a cabeça contra as paredes e tentando se enforcar.[30]

Jeffs formalmente renunciou como presidente da Igreja FLDS a partir de 20 de novembro de 2007. Em um e-mail para o Deseret Morning News,[31] os advogados de Jeffs fizeram as seguintes declarações:

A declaração não aborda sua posição eclesiástica como profeta da igreja, e muitas das comunidades FLDS ainda o consideram como profeta e seu líder atual. No início de 2011, Jeffs retomou o controle legal da denominação.[33]

Prisão[editar | editar código-fonte]

Em 9 de julho de 2008, Jeffs foi levado de Arizona, onde estava preso, para um hospital em Nevada devido um grave problema médico. O xerife do condado de Mohave, Tom Sheahan, não especificou o problema médico de Jeffs, mas disse que era suficientemente sério para ser preciso se deslocar ao hospital.[34]

Jeffs envolveu-se em longas greves de fome, que seus médicos e advogados alegaram ter sido por razões espirituais. Em agosto de 2009, o juiz do tribunal superior, Steve Conn, ordenou que Jeffs fosse alimentado obrigatoriamente.[35] Em 29 de agosto de 2011, Jeffs foi levado para o East Texas Medical Center, em Tyler, e hospitalizado em estado crítico sob um coma induzido por indução após jejum excessivo.[36]

Jeffs voltou a ser encarcerado na unidade Louis C. Powledge do Departamento de Justiça Criminal do Texas, em Palestine.[37][38] Em dezembro de 2012, Jeffs previu que o mundo terminaria antes de 2013 e pediu que seus seguidores se preparassem para a o acontecimento.[39]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Racismo[editar | editar código-fonte]

Em seu relatório de 2005, o Southern Poverty Law Center acrescentou a Igreja FLDS à sua lista de grupos de ódio[40] por causa das doutrinas racistas da igreja, que incluem uma feroz condenação das relações inter-raciais.[41][42][43]

Deficiência[editar | editar código-fonte]

A área de Colorado City e de Hildale tem a maior incidência mundial de deficiência de fumarase, uma condição genética extremamente rara.[45][46][47] Os geneticistas atribuem isso à prevalência de casamento de primos entre descendentes de dois dos fundadores da cidade, Joseph Smith Jessop e John Yeates Barlow. A doença causa encefalopatia, deficiência intelectual, características faciais incomuns, malformação cerebral e convulsões epilépticas.[48][49]

Trabalho infantil[editar | editar código-fonte]

Em 20 de abril de 2015, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos avaliou multas de US$ 1,96 milhões contra um grupo de membros da igreja, incluindo Lyle Jeffs, irmão de Warren Jeffs, por supostas violações do trabalho infantil durante colheita em um pomar em Utá.[50][51][52][53][54][55][56]

Filmes e documentários[editar | editar código-fonte]

Em 2006, Pawel Gula e Tom Elliott produziram o documentário Damned to Heaven. O filme estreou na Europa no Festival de Cinema de Cracóvia, na Polónia. Em setembro de 2007, estreou nos Estados Unidos. O filme investiga a prática do casamento plural, e inclui 20 minutos de ensinamentos de Jeffs.[57]

Em 2016 foi lançado o documentário Banking on Heaven. Ele documenta Jeffs e a Igreja FLDS. Em 19 de julho de 2006, a Channel 4 da Grã-Bretanha dirigiu o documentário The Man with 80 Wives.[58] O programa apresentou a mal sucedida busca do apresentador Sanjiv Bhattacharya por Jeffs.

O documentário de 2010, Sons of Perdition, dirigido por Tyler Measom e Jennilyn Merten, descreve a vida dentro da Igreja FLDS, incluindo o controle de Jeffs sobre os membros da igreja.[59][60] Em 9 de abril de 2012, o National Geographic Channel exibiu o documentário I Escaped a Cult. O documentário conta com a participação de Brent Jeffs, sobrinho de Jeffs, cujo testemunho foi fundamental para conseguir que Jeffs fosse preso.[61]

Em 28 de junho de 2014, a Lifetime exibiu o filme Outlaw Prophet: Warren Jeffs, estrelado por Tony Goldwyn. É uma adaptação do livro não-ficcional When Men Become Gods, de Stephen Singular.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Stephen Singular (2008). When Men Become Gods. Nova Iorque: St. Martin's Press. ISBN 978-0-312-37248-4 
  2. Elissa Wall, Lisa Pulitzer (2008). Stolen Innocence. Nova Iorque: William Morrow. ISBN 978-0-06-162801-6 
  3. Brent Jeffs, Maia Szalavitz (2009). Lost Boy. Nova Iorque: Broadway Books. ISBN 978-0-7679-3177-9 
  4. Sam Brower (2011). Prophet's Prey: My Seven-Year Investigation into Warren Jeffs and the Fundamentalist Church of Latter-Day Saints. Nova Iorque: Bloomsbury. ISBN 978-1-60819-275-5 
  5. Weyermann, Debra (2011). Answer Them Nothing: bringing down the polygamous empire of Warren Jeffs. Chicago: Chicago Review Press. ISBN 978-1-56976-531-9 
  6. «US polygamy sect leader sentenced». BBC. 20 de novembro de 2007. Consultado em 27 de maio de 2010. 
  7. «Felony Rape as an Accomplice Charges Against Warren Steed Jeffs, the FLDS Sect Leader and Polygamist». FindLaw.com. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  8. «Texas: Polygamist Leader Convicted». New York Times. Associated Press. 4 de abril de 2011. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  9. «Polygamy». Newsroom. LDS Church. Consultado em 13 de outubro de 2011. 
  10. Dennis Wagner (24 de fevereiro de 2011). «Jailed sect leader retakes legal control of church». USA Today. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  11. CNN (12 de junho de 2007). «Sect leader indicted on sexual conduct with minor, incest charges». CNN. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  12. «Jeffs Found Guilty on Both Counts». 25 de setembro de 2007. Consultado em 8 de janeiro de 2009. 
  13. Dan Jr. Metcalf (27 de junho de 2010). «Utah Supreme Court reverses Warren Jeffs conviction». ABC 4.com. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  14. «Jeffs arrives in Texas». statesman.com. 1 de dezembro de 2010. Consultado em 1 de dezembro de 2010. 
  15. Lindsay Whitehurs (11 de agosto de 2011). «Warren Jeffs gets life in prison for sex with underage girls». Salt Lake Tribune. Consultado em 4 de setembro de 2011. 
  16. Janofsky, Michael (15 de setembro de 2002). «Mormon Leader Is Survived by 33 Sons and a Void». New York Times. Consultado em 4 de setembro de 2011. 
  17. Sam Brower (2011). Prophet's Prey: My Seven-Year Investigation into Warren Jeffs and the Fundamentalist Church of Latter-Day Saints. [S.l.: s.n.] p. 47. ISBN 160819325X. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. 
  18. Michael Janofsky (15 de setembro de 2002). «Mormon Leader Is Survived by 33 Sons and a Void». New York Times. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. 
  19. Jon Krakauer (2004). Under the Banner of Heaven: A Story of Violent Faith. Nova Iorque: Random House LLC. p. 12. ISBN 1400078997 
  20. Tricia Escobedo. «Warren Jeffs' son, daughter allege sexual abuse». CNN. Consultado em 1 de outubro de 2015. 
  21. Warren Jeffs at Notable Names Database
  22. Wade Goodwyn, Howard Berkes, Amy Walters (3 de maio de 2005). «Warren Jeffs and the FLDS». National Public Radio. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  23. «The FLDS Church (Fundamentalist LDS Church)». mormonfundamentalism.com. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  24. «Timeline: History of polygamy». CBC. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  25. «"Court upholds sale of polygamous church assets" by Paul Foy». Consultado em 5 de novembro de 2012. 
  26. Anderson Cooper. «Anderson Cooper Blog 360°». CNN. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  27. Adams, Brooke (5 de abril de 2007). «Mystery note: Jeffs may have abdicated polygamist prophet role». Salt Lake Tribune. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  28. Winslow, Ben; Perkins, Nancy (8 de novembro de 2007). «Released video shows emotional Jeffs in jail». Deseret Morning News. Consultado em 11 de novembro de 2007. 
  29. Johnson, Kirk (2 de novembro de 2007). «In Recordings From Jail, Polygamist Had Doubts». New York Times. Consultado em 11 de novembro de 2007. 
  30. «Polygamist Jeffs tried to hang himself in jail, documents say». CNN. 7 de novembro de 2007. Consultado em 11 de novembro de 2007. 
  31. Perkins, Nancy (5 de dezembro de 2007). «Warren Jeffs resigns as leader of the FLDS Church». Deseret Morning News. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  32. Stack, Peggy Fletcher (23 de agosto de 2011). «Comparing Mormon founder, FLDS leader on polygamy». The Salt Lake Tribune. Cópia arquivada em 26 de novembro de 2016 
  33. CNN Wire Staff (23 de fevereiro de 2011). «Jailed polygamist retakes control of church». Consultado em 11 de março de 2011. 
  34. Brooke Adams (9 de junho de 2008). «Jailed polygamous leader Jeffs hospitalized in Las Vegas». The Salt Lake Tribune. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  35. Paul Bentley, Thomas Durante (29 de agosto de 2011). «Polygamist paedophile Warren Jeffs 'in a coma after going on hunger strike in solitary cell'». Daily Mail. Londres. Consultado em 27 de junho de 2013. 
  36. Michael Graczyk (29 de agosto de 2011). «Convicted polygamist leader in medically induced coma». Peoria Journal Star. Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  37. Kolten Parker. «Polygamist sect leader Warren Jeffs hospitalized in Texas». Consultado em 18 de março de 2014. 
  38. «Offender Information Search: Jeffs, Warren Steed». Consultado em 28 de dezembro de 2015. 
  39. «Warren Jeffs tells FLDS faithful world will end before 2013». Consultado em 28 de dezembro de 2012. 
  40. «Hate Groups Map: Utah». Southern Poverty Law Center. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2007 
  41. «Texas takes legal custody of 401 sect children». CNN. 7 de abril de 2008. Consultado em 5 de setembro de 2011.. Cópia arquivada em 11 de abril de 2008 
  42. «Ariz. AG: Fugitive Polygamist Has Returned». comcast.news. 10 de junho de 2006. Consultado em 5 de setembro de 2011.. Cópia arquivada em 11 de abril de 2008 
  43. Winslow, Ben (27 de março de 2007). «A prophet no more? Jeffs called himself a 'sinner' in jailhouse conversation». Deseret Morning News. Consultado em 5 de setembro de 2011. 
  44. «In His Own Words». Southern Poverty Law Center. 2005 
  45. Dougherty, John (29 de dezembro de 2005). «Forbidden Fruit». Phoenix New Times 
  46. Hollenhorst, John (8 de fevereiro de 2006). «Birth defect is plaguing children in FLDS towns». Deseret News 
  47. «Doctor: Birth defects increase in inbred polygamy community». Provo Daily Herald. 9 de fevereiro de 2006 
  48. Bayley JP, Launonen V, Tomlinson (2008). «The FH mutation database: an online database of fumarate hydratase mutations involved in the MCUL tumor syndrome and congenital fumarase deficiency». BMC Med. Genet. 9 (1): 20. PMC 2322961Acessível livremente. PMID 18366737. doi:10.1186/1471-2350-9-20 
  49. Kerrigan, Aleck, Tarby, Bird, Heidenreich (2000). «Fumaric aciduria: clinical and imaging features». Ann. Neurol. 47 (5): 583–8. PMID 10805328. doi:10.1002/1531-8249(200005)47:5<583::AID-ANA5>3.0.CO;2-Y 
  50. «FLDS Church Members Fined $2 Million for Alleged Child Labor Violations». ABC News. 8 de maio de 2015. Consultado em 8 de maio de 2015. 
  51. «Maior comunidade poligâmica dos EUA é comandada da cadeia por homem que, aos poucos, institui uma guerra civil». Consultado em 30 de março de 2017. 
  52. «Após jejuar na cadeia, pastor de seita polígama está 'em condição crítica'». Consultado em 30 de março de 2017. 
  53. «Líder da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é condenado à prisão perpétua». Consultado em 30 de março de 2017. 
  54. Pike, John (27 de agosto de 2008). «Halfway Home: FLDS Lost Boys Find Life Begins at The House Just Off Bluff». Salt Lake City Weekly 
  55. Perkins, Nancy (28 de agosto de 2004). «FLDS Church, leaders sued by 6 'lost boys'». Deseret Morning News 
  56. David Kelly (19 de junho de 2005). «Polygamy's 'Lost Boys' expelled from only life they knew». The Boston Globe 
  57. Pawel Gaula, Tom Elliott. «Damned to Heaven». Consultado em 6 de setembro de 2011. 
  58. Patrick Kiger. «I Escaped a Cult – Inside the Greens». National Geographic Channel. Consultado em 9 de abril de 2012. 
  59. Joanne Ostrow (27 de maio de 2014). «"Outlaw Prophet: Warren Jeffs" on Lifetime in June». Denver Post. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2015 
  60. Asa Hawks (2 de junho de 2014). «First photos from Lifetime movie Outlaw Prophet: Warren Jeffs». Starcasm. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2015 
  61. Sam Brower (2011). Prophet's Prey: My Seven-Year Investigation into Warren Jeffs and the Fundamentalist Church of Latter-Day Saints. [S.l.]: Bloomsbury USA. ISBN 978-1-60819-275-5 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Warren Jeffs
Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista
Precedido por
Rulon Jeffs
Profeta
2002 – presente
Sucedido por
(incumbente);
Com interrupções disputadas por:
  • Lyle Jeffs (designado presidente em exercício)
  • William Jessop (sucessor momentâneo)
  • Merril Jessop (líder por uma vez)
  • Wendell Loy Nielsen (uma vez presidente)
Corporação da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Fundamentalista
Precedido por
Rulon Jeffs
Presidente
2004 – 4 de dezembro de 2007
Sucedido por
Wendell Loy Nielsen
Precedido por
Wendell Loy Nielsen
Presidente
28 de janeiro de 2011 – presente
Sucedido por
(incumbente)