Wayne Palmer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
24-title.svg—    Personagem
Wayne Palmer
Gênero Masculino
Profissões Presidente dos EUA
Chefe de Gabinete do Presidente dos EUA
Afiliações Casa Branca
Familiares David Palmer (irmão) (falecido)
Sandra Palmer (irmã)
Sherry Palmer (cunhada) (falecida)
Keith Palmer (sobrinho)
Nicole Palmer (sobrinha)
Estado atual Em coma
Temporadas 3, 5, 6
Interpretado por D.B. Woodside

Wayne Palmer é um personagem fictício interpretado por D.B. Woodside na série 24 Horas. Ele foi Chefe de Gabinete do Presidente David Palmer, também seu irmão, e atualmente é o Presidente dos EUA.

O Novo Chefe de Gabinete[editar | editar código-fonte]

Wayne entra para a série na 3ª Temporada como o irmão do Presidente David Palmer que vira seu Chefe de Gabinete, após a traição de Mike Novick. Ele, vindo do mundo industrial de espionagem, se mostra implacável quando o assunto é garantir a reeleição do irmão, jogando algumas vezes sujo para isso, principalmente quando a namorada e médica do irmão, Anne Packard, põe em risco a candidatura por ter sido casada com um farmacêutico corrupto. Isso faz com que Wayne não aprove o namoro entre David e Anne, pensando apenas no lado estratégico da coisa. Ele chega a quase pagar o marido dela, quando ele ameaça revelar que a esposa estava em um esquema fora da lei (o que prova ser mentira mais tarde), mas é impedido pelo Presidente.

O Caso da Amante[editar | editar código-fonte]

Durante a 3ª Temporada, quando a situação do namoro de Palmer parecia ser o último problema da campanha, Wayne é desmascarado como tendo sido amante de Julia Milliken, casada com o poderoso Alan Milliken, principal patrocinador de Palmer. Milliken exige a demissão de Wayne à David Palmer, que nega a exigência por ser contra seus princípios seguir esse apelo. Isso causa um problema à admistração de Palmer, quando Milliken usa sua influência para atrasar planos e metas importantes ao governo. Apesar de Wayne oferecer sua demissão e, quando essa é recusada, procurar Julia para ajudá-lo a lidar com Milliken (em vão também), o Presidente é obrigado a chamar sua ex-esposa Sherry Palmer, que por meio de artifícios ilegais, tenta impedir Milliken, o que a leva a assassiná-lo. Em quanto mais problemas aparecem, Wayne e David ainda têm que lidar com uma ameaça biológica. Ao final do dia, Sherry tenta acabar com a reeleição de David levando provas de seu envolvimento no assassinato de Milliken. Wayne, em seu último plano para consertar as coisas, tenta invadir a casa de Sherry quando ela está fora para roubar as evidências do assassinato. Mas as coisas saem errado e Sherry pega Wayne em sua casa, o que leva o homem que Wayne contratou para ajudá-lo a encontrar as evidências deixar Sherry inconsciente. Eles acabam descobrindo a prova do crime presa ao corpo de Sherry, mas, quando Wayne ia embora, Julia aparece com uma arma, ameaçando Sherry de morte por ter sido culpada pelo assassinato do marido. Ela acaba matando Sherry e se matando posteriormente na frente de Wayne, que se mostra frio (apesar de chorar a morte da mulher que amava) ao dizer a David que o problema fora resolvido. Após isso, David Palmer decide não concorrer à reeleição.

O Assassinato do Irmão[editar | editar código-fonte]

Após ficar ausente da série por um tempo, Wayne volta a aparecer na 5ª Temporada, quando recebe a visita de seu irmão para ajudá-lo a escrever suas memórias. Nessa ocasião, David Palmer é assassinado na frente de Wayne, em seu apartamento, por um atirador sniper. A penthouse de Wayne então se transforma em cena do crime, quando o assassinato é investigado. Jack Bauer, em busca de respostas, vai atrás de evidências na penthouse de Wayne escondido, por ser suspeito do assassinato de Palmer. Quando mexe no computador de Palmer, ele é interrompido por Wayne, que o acusa de matar seu irmão. Para acalmar Wayne, Jack oferece sua arma a ele, que pensa em atirar por vingança em Jack, mas acaba se convencendo que Jack é inocente e ajuda ele a procurar evidências no computador do irmão. Ao encontrarem um nome, o Serviço Secreto é alertado da presença de Jack, o que força ele a fugir, antes prometendo a Wayne que iria encontrar o responsável pelo assassinato e que voltaria a entrar em contato.

Wayne volta a aparecer mais tarde na temporada, quando procura Aaron Pierce, dizendo que tem informaçãoes sobre o assassinato do irmão. Durante o encontro deles, o terrorista Christopher Henderson ataca-os, ferindo Wayne, que é salvo por Aaron. Ao se recuperar, Wayne se infiltra no retiro do Presidente Logan e confronta a assistente da primeira-dama, Evelyn Martin, tendo em mãos evidências de comunicação entre ela e David Palmer por e-mails, onde ela revelava a conspiração dentro da Casa Branca a ele, e que sua filha era mantida refém por um homem (Henderson). Assim, Wayne liga pedindo ajuda a Jack para localizar o filho de Evelyn. No local, bandidos de Henderson atacam Jack e os demais, que conseguem derrotá-los, mas perdem Henderson. Wayne e Jack então roubam um banco com informações ligando o Presidente Logan aos terroristas, e seguem para entregar essas informações para o Secretário de Defesa Heller no aeroporto.

Após isso, Jack segue na missão sozinho e Wayne fica escondido no apartamento do ex-Diretor da UCT Bill Buchanan para proteção. Wayne não é visto mais tarde, não comparecendo nem à homenagem a seu irmão, provavelmente por ainda estar de escondendo.

De Volta ao Governo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na 6ª Temporada da série, Wayne retorna à Casa Branca, mas agora ocupando o cargo que seu irmão ocupava: Presidente dos EUA. Além dele, a família Palmer estará representada pela irmã de Wayne e David, Sandra Palmer, que estará na história pela primeira vez interagindo com Wayne (não tendo sido mencionada anteriormente na série), agora que ele é presidente. A equipe de assessores de Wayne contará com Thomas Lennox como Chefe de Gabinete e Karen Hayes, da Agência de Segurança Nacional, que deverão auxiliá-lo durante uma crise já no início da Temporada.


Precedido por
Hal Gardner
Presidente dos Estados Unidos
(24 Horas)

Sexta Temporada
Sucedido por
Noah Daniels


{bloco de navegação 24 Horas/Palmer 24 Horas/Governo}}