Week-End in Havana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Week-End in Havana
Aconteceu em Havana (BR)
 Estados Unidos
1941 •  cor •  81 min 
Direção Walter Lang
Roteiro Karl Tunberg
Darrell Ware
Elenco Alice Faye
Carmen Miranda
John Payne
Cesar Romero
Género comédia, musical
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Week-End in Havana (no Brasil, Aconteceu em Havana) é um filme estadunidense de 1941 dirigido por Walter Lang e protagonizado por Alice Faye, Carmen Miranda, John Payne, e Cesar Romero.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A vendedora da loja Macy's, Nan Spencer (Alice Faye ), faz uma viagem de navio para Havana. A companhia de navegação pede a troca da passagem para outro navio, mas Nan é a única a recusar a oferta. A companhia pede que seu executivo Jay Williams (John Payne) a acompanhe de forma a garantir uma boa estada em Havana. Na cidade, o caçador de fortunas Monte Blanca (Cesar Romero), namorado de Rosita Rivas (Carmen Miranda), acha que Nan é uma ricaça e que poderá cobrir as suas dívidas de jogo. Jay percebe a trama de Monte Blanca e lhe dá o dinheiro necessário, desde que ele faça com que Nan aproveite o passeio. A vendedora descobre a tramóia e fica decepcionada com os dois. Mais tarde, ela descobre que está apaixonada por Jay e no final, todos acabam num clube noturno onde Rosita Rivas faz sua apresentação.[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

Os títulos de trabalho deste filme foram Caribbean Cruise e Honeymoon in Havana. A atriz Betty Grable havia sido escalada para o papel de "Nan Spencer" de acordo com a coleção "Twentieth Century-Fox Produced Scripts". O produtor executivo, Darryl F. Zanuck, sugeriu o papel de "Jay Williams" para Henry Fonda. O ator Don Ameche também teria um papel principal no filme, porém as participações de ambos não foram confirmadas.

A atriz Alice Faye estava grávida durante as filmagens do filme, ela se afastou do cinema e só retornou ao estúdio em 1943 para estrelar Aquilo Sim Era Vida.[2] A música "The Man with the Lollipop Song" cantada por Natcho Galindo em espanhol e em inglês por Alice Faye foi cortada da edição final do filme.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Alice Faye como Nan Spencer
  • Carmen Miranda como Rosita Rivas
  • John Payne como Jay Williams
  • Cesar Romero como Monte Blanca
  • Cobina Wright como Terry McCracken
  • George Barbier como Sr. Walter McCracken
  • Sheldon Leonard como Boris
  • Leonid Kinskey como Rafael
  • Billy Gilbert como Arbolado
  • Hal K. Dawson como Sr. Marks
  • William B. Davidson como Capitão Moss
  • Chris-Pin Martin como Motorista do vagão

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

Week-End in Havana teve sua pré-estreia na cidade de Denver, Colorado em 8 de outubro de 1941, foi lançado nacionalmente nos Estados Unidos em 17 de outubro de 1941.[3] A atitude escapista ajudou o filme a render mais do se previa. Quando foi lançado em Los Angeles em dois cinemas (o State e Chinese Theatre), tornou-se o filme mais rendoso daquela semana - com com 25 mil dólares - a frente de Cidadão Kane.[4][5]

Depois desse terceiro esforço para ativar o "quente sangue latino", a Fox foi apelidada por Bosley Crowther "a melhor vizinha em Hollywood". O crítico do New York Times fez ainda algumas interessantes perguntas retórica: "Onde mais se pode ver tanta grandiosidade e luxo tecnicolorido como num night club filmado pela Fox, repleto de figurantes, dançarinas e Alice Faye? Onde mais se pode encontrar tanta música comprimida em tão curto espaço de tempo? Onde mais se pode encontrar Carmen Miranda, rebolando diabolicamente com cestas na cabeça, exceto seja lá qual for a capital em que se passa o musical da Fox?".[6]

No Brasil, o filme recebeu o título de Aconteceu em Havana, e estreou em 5 de novembro de 1942.[7]

Referências

  1. «Week-End in Havana». Cinemateca Brasileira. Consultado em 21 de março de 2014 
  2. «Detail View: Week-End in Havana (1941)». American Film Institute. Consultado em 15 de maio de 2014 
  3. «Release Info». IMDb. Consultado em 3 de julho de 2014 
  4. «Latinos and American Popular Culture». Patricia M. Montilla 
  5. Gil-Montero, Martha. Brazilian bombshell: the biography of Carmen Miranda (1989) p.113
  6. Bosley Crowther (8 de novembro de 1941). «MOVIE REVIEW: Week-End in Havana, a Color- ful and Lively Visit to An- other Cinematic Hot Spot, at the Roxy». The New York Times. Consultado em 12 de março de 2014 
  7. Diário de Notícias. Página 08, segunda secção. Aconteceu em Havana, 28 de outubro de 1942.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]