Weil der Mensch zählt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Áustria "Weil der Mensch zählt"
Festival Eurovisão da Canção 2003
Artista(s) Alf Poier
Línguas alemão
bávaro
Compositor(es) Alf Poier
Letrista(s) Alf Poier
Resultado da final 6.º
Pontos da final 101
Atuações cronológicas
◄ Say a Word (2002)   
Du bist (2004) ►

"Weil der Mensch zählt" (português: O Homem é a Medida de todas as Coisas") foi a canção que representou a Áustria no Festival Eurovisão da Canção 2003 que se realizou em Riga, capital da Letónia, em 24 de Maio desse ano.

A referida canção foi interpretada em alemão e em bávaro pelo comediante Alf Poier. Foi a segunda canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção da Islândia "Open Your Heart", interpretada por Birgitta Haukdal e antes da canção da Irlanda "We've Got the World", cantada por Mickey Harte. Terminou a competição em sexto lugar, tendo recebido um total de 101 pontos.No ano seguinte, em 2004, a Áustria foi representada pela banda Tie Break que interpretou a canção "Du bist"

Autores[editar | editar código-fonte]

AUTORES
Letrista: Alf Poier
Compositor: Alf Poier

Letra[editar | editar código-fonte]

Musicalmente, a canção muda ritmo de uma melodia folclórica simples durante o verso para um coro para cantar antes com acordes alto de guitarra alto (para o qual a dança de Poier se tornou famosa), após o que faz com que Poier grunha na forma de uma estrela de rock.

A música serve como uma caricatura do à Eurovisão (tanto na veia de uma canção austríaca anterior da banda - Schmetterlinge com "Boom Boom Boomerang") e seus excessos. Liricamente, é sobre animais de capoeira[1] e seus hábitos, mas também apresenta uma série de absurdos sobre Adão e Eva e "Africano do dromedário". O sotaque em que a música é entregue também contribui para o humor, como até mesmo um falante nativo de alemão pode achar que é difícil seguir a letras, por vezes.

O desempenho em si também é memorável, assim como os animais mencionados na canção estavam presentes - em formato cartão cut-out - no palco tocando vários instrumentos.

Apesar da controvérsia de humor de Poier, a música tornou-se numa das bem-amadas canções da primeira década do século XXI no Festival Eurovisão da Canção.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]