Os Sofrimentos do Jovem Werther

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Werther)
Ir para: navegação, pesquisa
Nota: Werther redireciona para esta página. Se procura por outros significados do nome, consulte Werther (desambiguação).
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2015).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Die Leiden des jungen Werthers
Os Sofrimentos do Jovem Werther (BR)
Frontispício da primeira edição, 1774
Autor(es) Johan Wolfgang von Goethe
Idioma Alemão
País  Alemanha
Género Romance epistolar
Editora Weygand'sche Buchhandlung, Leipzig
Lançamento 29 de Setembro de 1774, revisto na ed. 1787

Os sofrimentos do jovem Werther ou no original em língua alemã Die Leiden des jungen Werthers (1774) é um romance de Johan Wolfgang von Goethe. Marco inicial do romantismo, considerado por muitos como uma obra-prima da literatura mundial, é uma das primeiras obras do autor, de tom autobiográfico - ainda que Goethe tenha cuidado para que nomes e lugares fossem trocados e, naturalmente, algumas partes fictícias acrescentadas, como o final[1].

Neste livro, o suposto Werther envia, por um longo período, cartas ao narrador, que, em notas de rodapé, afirma que nomes e lugares foram trocados.

O romance é escrito em terceira pessoa e com poucas personagens. Após a sua primeira publicação, em 1774, teria ocorrido, na Europa, uma onda de suicídios, atribuída à influência do personagem de Goethe, e que foi chamada "efeito Werther". No entanto, esse impacto do romance sobre o número de suicídios nunca foi demonstrado. Apenas mais recentemente foram realizadas tentativas científicas de examinar a existência desse possível efeito de Werther. [2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Werther é marcado por uma paixão profunda, tempestuosa e desditosa. Werther é correspondido no amor, porém sofre com a impossibilidade de consumá-lo, pois o objeto do seu amor, a jovem Charlotte, fora prometida a outro homem. Goethe põe um pouco de sua vida na obra, pois ele também vivera um amor não correspondido. [carece de fontes?] Para o herói, a vida só tem um sentido: Charlotte. A vida deixaria de ter sentido se ele perdesse sua amada. A cada gesto, dança e até mesmo em meio a bofetadas, Werther se apaixona cada vez mais por ela.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Werther - Personagem principal,inspirado em Goethe

Editor - Criado por Goethe, chama-se Wilhelm (Guilherme), e é supostamente o amigo a quem Werther endereçou as cartas e quem as organizou

Charlotte (Carlota) - Amada de Werther, noiva de Albert

Albert (Alberto) - Noivo de Charlotte, foi normalmente contrário aos pensamentos de Werther

Traduções para o português[editar | editar código-fonte]

  • Werther. Trad. Galeão Coutinho. São Paulo: Abril Cultural, 1973. (Os Imortais da Literatura Universal, 8).
  • Werther. Trad. João Teodoro Monteiro. Lisboa : Guimarães Editores, 1986 (14.ª ed). (Os livros imortais)
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Erlon José Paschoal. Posfácio de Willi Bolle. São Paulo: Clube do Livro, 1988.
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Prefácio e trad. Marion Fleischer. São Paulo: Martins Fontes, 1994.
  • Werther. Adaptação feita por Ângelo A. Stefanovitz. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1998. (Série Reencontro).
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Erlon José Paschoal. São Paulo: Estação Liberdade, 1999.
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Trad. Leonardo César Lack. Posfácio de Willi Bolle. São Paulo: Nova Alexandria, 1999.
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Tradução de Pietro Nassetti. Sumaré/São Paulo: Martin Claret, 2000.
  • Os sofrimentos do jovem Werther. Tradução Marcelo Backes. Porto Alegre: L&PM, 2001. (Pocket, 217).
  • O sofrimento do jovem Werther. Tradução anônima. Introdução de Oliver Tolle. São Paulo: Hedra, 2006. [Tradução da versão de 1774, enquanto as demais traduções em língua portuguesa são da versão de 1787]

Referências

  1. O livro que causou mais suicídios que o fim dos Beatles Portal Paraná-Online
  2. Efeito de Werther. Por Ana Filipa Almeida. Análise Psicológica (2000), 1 (XVIII): 37-51

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Os Sofrimentos do Jovem Werther
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.