What I Go to School For

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"What I Go to School For"
Single de Busted
do álbum Busted
Lançamento 2002
Formato(s) CD
Gravação 2001
Gênero(s) pop punk
Duração 03:27
Gravadora(s) Universal Music
Composição James Bourne e Matt Willis
Cronologia de singles de Busted
Último
Último
"Year 3000"
(2003)
Próximo
Próximo

"What I Go to School For" é o single de estréia da banda de pop rock britânica Busted liberado em 2002. Ele foi inspirado em uma professora que o baixista Matt Willis teve uma paquera na escola. A canção foi parodiada pelo grupo Amateur Transplantes em 2004 no seu álbum, e mais tarde foi regravada pelo grupo americano pop-rock/pop-punk Jonas Brothers, em 2006.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "What I Go to School For (Radio Version)"
  2. "What I Go to School For (Album Version)"
  3. "What I Go to School For (CD-ROM Track)"

Versão do Jonas Brothers[editar | editar código-fonte]

A canção também foi regravada e reescrita pela banda pop teen Jonas Brothers para o álbum It's About Time (uma das duas versões feita pela banda além de Year 3000).

Algumas das letras são diferentes da versão original.

O verso de início "So she may be 33...", é alterado para "Her boyfriend's just turning 19/But that doesn't bother me/He's back in college out of town/I find a reason to go round/I climb a tree outside her home/To make sure that she's alone/She looks up and sees me there/I can't help but stop and stare"...

Na parte do refrão, em vez de dizer: "Girlfriends, I've had plenty/But none like Miss McKenzie" diz "Girlfriends, I've had plenty/But she's the one that I need."