What Price Hollywood?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
What Price Hollywood?
Cartaz do filme
No Brasil Hollywood
 Estados Unidos
1932 •  p&b •  88 min 
Direção George Cukor
Produção
  • David O. Selznick
  • Pandro S. Berman
Roteiro
  • Gene Fowler
  • Rowland Brown
  • Jane Murfin
  • Ben Markson
  • Robert Presnell Sr.
  • Allen Rivkin
  • Louis Stevens
Baseado em Adela Rogers St. Johns (história)
Elenco
  • Constance Bennett
  • Lowell Sherman
  • Neil Hamilton
  • Gregory Ratoff
Gênero drama
Distribuição RKO
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)
David O. Selznick, chefe de produção da RKO, serviu de inspiração para o magnata do cinema Julius Saxe[1]

What Price Hollywood? (bra Hollywood[2]) é um filme estadunidense de 1932, do gênero drama, dirigido por George Cukor e estrelado por Constance Bennett e Lowell Sherman. Um reflexo da visão romântica que David O. Selznick tinha de sua profissão,[1] o filme proporcionou a Cukor seu primeiro sucesso como diretor.

O enredo, sobre atriz que sai da obscuridade para a fama, tornou-se o modelo para todos os A Star Is Born feitos até 1984 — 1937, 1954 (este dirigido pelo próprio Cukor) e 1976.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Garçonete Mary Evans chega ao estrelato em Hollywood graças à ajuda do diretor Max Carey. Max é alcoólatra e procura manter-se à distância para não atrapalhar a carreira da moça. Mary casa-se com o rico playboy Lonny Borden, que inveja a fama da esposa. O casal se divorcia, Mary descobre que está grávida e Max opta pelo suicídio. Após tornar-se alvo de uma campanha de difamação, Mary tenta juntar os cacos e refazer sua vida.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Constance Bennett Mary Evans
Lowell Sherman Max Carey
Neil Hamilton Lonny Borden
Gregory Ratoff Julius Saxe
Brooks Benedict Muto
Louise Beavers Bonita

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Recipiente Situação
Oscar 1932 Melhor roteiro original Jane Murfin e Adela Rogers St. Johns Indicado[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon. The RKO Story. 3ed. Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  2. «Hollywood». Brasil: CinePlayers. Consultado em 24 de outubro de 2019 
  3. «5.º Oscar - 1932». CinePlayers. Consultado em 24 de outubro de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.