Whip (política)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nos países que aplicam o sistema de Westminster, o whip é o deputado encarregue de assegurar a comparência e a disciplina de voto dos outros eleitos pelo partido de acordo com as orientações partidárias.[1][2] O termo vem do inglês whip que quer dizer «chicote».[3]

Um partido político pode designar um chief whip (whip-chefe) e outros adjuntos. Em função dos parlamentos e dos partidos políticos, o whip pode ser eleito pelos deputados do partido ou nomeado pela sua direção. Em alguns países, nomeadamente no Reino Unido, o chief-whip do partido que forma o governo assiste às reuniões do conselho de ministros.

Funções semelhantes às de chief whip podem existir em países que não apliquem o sistema de Westminster, como o presidente do grupo parlamentar em Portugal, o parlamentarischer Geschäftsführer na Alemanha ou o président de groupe parlementaire em França.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

O escritor e político britânico Michael Dobbs escreveu uma trilogia de livros sobre uma personagem, Francis Urqhart, que é chief whip dos Conservadores no Parlamento. O título do primeiro livro da trilogia, House of Cards, serviu de nome a uma série da BBC baseada nos livros que esteve no ar de 1990 a 1995.[4] A história é adaptada no remake americano da série em 2013, em que, transposta para o Congresso estado-unidense, Frank Underwood é o chief whip dos Democratas na Câmara dos Representantes.[5]

Referências

  1. «House of Commons | British government». Encyclopedia Britannica. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  2. «United States - The executive branch | history - geography». Encyclopedia Britannica. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  3. «Tradução de whip no Dicionário Infopédia de Inglês Português». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 19 de novembro de 2016 
  4. White, Michael (9 de fevereiro de 2007). «The man who cracked the chief whip». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 18 de novembro de 2016 
  5. Sherwin, Adam (13 de junho de 2014). «Kevin Spacey's House of Cards character should be ruthless role model». The Independent (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2016