White Chicks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
White Chicks
Loiras à Força (PT)
As Branquelas (BR)
 Estados Unidos
2004 •  cor •  114 min 
Direção Keenan Ivory Wayans
Produção Keenan Ivory Wayans
Shawn Wayans
Marlon Wayans
Rick Alvarez
Lee R. Mayes
Roteiro Keenan Ivory Wayans
Shawn Wayans
Marlon Wayans
Andrew McElfresh
Michael Anthony Snowden
Xavier Cook
Gênero Comédia
Música Teddy Castellucci
Direção de arte Paul J. Peters
Direção de fotografia Steven Bernstein
Figurino Jori Woodman
Edição Jeffrey Stephen Gourson
Stuart Pappé
Companhia(s) produtora(s) Revolution Studios
Wayans Bros. Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 23 de junho de 2004
Brasil 27 de agosto de 2004
Portugal 7 de outubro de 2004
Idioma Inglês
Orçamento US$ 37 milhões
Receita US$ 113.086.475[1]
Página no IMDb (em inglês)

White Chicks (As Branquelas (título no Brasil) ou Loiras à Força (título em Portugal)) é um filme americano de 2004, dirigido por Keenan Ivory Wayans.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Kevin e Marcus Copeland, dois agentes do FBI muito atrapalhados, dão-se mal em uma investigação e são ameaçados de perder os seus empregos. Quando um plano para sequestrar as mimadas irmãs socialites Brittany e Tiffany Wilson (paródia, em particular das irmãs Hilton) foi descoberto, seus rivais, Vincent Gomez e Jake Harper, acabam por ficar com o caso, enquanto Kevin e Marcus ficam com a humilhante missão de escoltar as duas socialites do aeroporto para o hotel.

Enquanto são escoltadas, as duas mulheres ferem-se - lábio inchado e corte no nariz - após o seu cachorro causar uma confusão no trânsito e baterem com o carro. Elas recusam-se logo a ir à festa com os ferimentos, então Marcus e Kevin veem-se obrigados a se disfarçar das irmãs socialites para não descobrirem o ocorrido para eles não perderem os seus empregos. Enquanto estão disfarçados eles tentam solucionar o caso eles mesmos sem os recursos do FBI.[2].

Elenco, Personagens e Dublagem[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem Dublador(a) Brasil
Shawn Wayans Kevin Copeland / Brittany Wilson Duda Ribeiro
Marlon Wayans Marcus Copeland / Tiffany Wilson Nizo Neto
Jaime King Heather Vandergeld Priscila Amorim
Busy Philipps Karen Googlestein Márcia Morell
Brittany Daniel Megan Vandergeld Fernanda Crispim
Jennifer Carpenter Lisa Marisa Leal
Jessica Cauffiel Tori Miriam Ficher
Terry Crews Latrell Spencer Márcio Simões
Maitland Ward Brittany Wilson Flávia Saddy
Anne Dudek Tiffany Wilson Fernanda Baronne
Frankie Faison Chefe Elliott Gordon Mauro Ramos
Lochlyn Munro Agente Jake Harper Clécio Souto
Eddie Velez Agente Vincent Gomez Hélio Ribeiro
Faune A. Chambers Gina Copeland Gabriella Bicalho
Rochelle Aytes Denise Porter Sylvia Salustti
John Reardon Heath Jorge Destez
John Heard Warren Vandergeld Dário de Castro
Steven Grayhm Russ Christiano Torreão
Drew Sidora Shaunice Márcia Coutinho
Casey Lee Tony Carlos Marques
Kevin Blatch Aubrey Allure José Luiz Barbeito

Dublagem Brasileira[editar | editar código-fonte]

Outras Vozes: Ricardo Voogth, Carla Pompílio, Francisco Quintiliano, Jorge Vasconcelos, Maurício Berger, Ronalth Abreu.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Kevin Copeland- Um agente da FBI, bastante competente, porém também atrapalhado que sempre atua ao lado do irmão mais novo Marcus. Muito mais corajoso e astuto que o irmão, é quem geralmente toma partido das missões e investigações. Após uma investida dar errado, ele e Marcus correm risco de perder seus distintivos, então tentam cumprir por si mesmos a escolta das patricinhas Brittany e Tiffany Wilson. Após o acidente que fere as duas(que são hospitalizadas e submetidas a cirurgias faciais), os dois têm de se disfarçar das duas irmãs, e Kevin faz o papel da mais velha Brittany, bancando a conselheira amorosa das amigas, muito embora tais conselhos não dêem certo, por ele não ter visão feminina e vez ou outra ofender alguma mulher. Ao contrário do irmão, Kevin é solteiro, descompromissado e pronto para se envolver amorosamente ou até mesmo para paquerar e ter um romance ocasional sem continuidade. Por mais que goste de mostrar do que é capaz para impressionar seus chefes e as mulheres, ainda assim se enrola, principalmente quando finge ser outra pessoa.
  • Marcus Copeland- Irmão mais novo de Kevin, Marcus é seu parceiro no FBI, bem mais receoso e apreensivo que seu astuto irmão, sempre hesita e pensa duas vezes antes de já entrar em ação, e é quem geralmente impede Kevin de cometer atos falhos que comprometam sua profissão, além de geralmente se desentender com o mesmo quando este o coloca numa encrenca, sendo notavelmente o mais azarado dos dois. Um dos motivos de Marcus ser mais realista e comedido é com o fato dele ser casado com Gina, uma mulher extremamente exigente e ciumenta, sempre desconfiada dos possíveis rolos românticos que acredita que seu marido talvez se envolva, o que gera várias discussões entre eles(também graças aos mal entendidos criados por Kevin). Após o acidente que hospitalizou as irmãs Wilson, Marcus faz o papel da caçula Tiffany, tentando ao máximo disfarçar suas intenções e se passar por sua "personagem" sem ser notado. O que ele não contava era que conheceria Latrell Spencer, que se apaixonaria loucamente por Tiff e faria de tudo para conquistá-la. Marcus agora tenta afastar o tarado enquanto tenta disfarçar sua missão para com sua esposa desconfiada.
  • Karen Googlestein- Uma das melhores amigas das irmãs Wilson, Karen é uma garota meiga e charmosa, porém bastante insegura, que sonha em encontrar um amor perfeito, sendo apaixonada por Heath, que é o namorado de Heather Vandergeld, uma das irmãs rivais das irmãs Wilson. Karen sofre de depressão por ainda estar solteira e viver sendo iludida por Heath, que costuma esnobá-la e criar esperanças de um dia estar disponível para ela. Costuma ser encorajada pelas irmãs Wilson(na verdade os irmãos Copeland disfarçados), que dizem coisas boas á respeito dela para levantar sua autoestima e seu bom humor. Karen é uma grande aliada das irmãs contra as trapaças das irmãs Vandergeld e quer provar para Heath que ela é uma mulher de valor que não depende dele para nada e merece algo melhor.
  • Tori- Outra grande amiga das irmãs Wilson, viciada em compras e fã da canção "Thousand Miles", compartilhando isto com suas amigas Karen e Lisa, e com as irmãs Wilson. É a mais madura e realista das três amigas, com um discurso independente e uma rivalidade em especial para com Megan Vandergeld, a mais velha das irmãs rivais. Fumante, aparece muitas vezes com seu cigarro de cereja, mesmo em lugares internos(onde ela tecnicamente não deveria fumar). É geralmente quem dirige quando as amigas saem por aí.
  • Lisa- Amiga das irmãs Wilson, de Karen e Tori. Lisa é a mais complexada das amigas, sofrendo de anorexia e bulimia e se irritando intensamente com qualquer pessoa que aponte seus "defeitos físicos"(que segundo ela são defeitos). Em certo ponto da história, se encontra em um provador com Kevin(disfarçado de Brittany), e este fica bastante impressionado com a beleza física desta(segundo os olhares dele), mas ela recebe o elogio como se fosse sarcasmo e desconta suas fúrias na branquela, com bastante raiva da situação. Tem como sonho ser uma grande modelo de alto reconhecimento nas passarelas do mundo inteiro.
  • Heather Vandergeld- Filha mais nova do corrupto Warren Vandergeld e namorada de Heath, através do qual faz inveja á insegura Karen Googlestein. Bastante sedutora, vive tentando mostrar seus dotes físicos onde quer que vá, com roupas curtas e decotadas, seduzindo os homens e enciumando seu namorado Heath, que muitas vezes se mostra tratando-a como um objeto.
  • Megan Vandergeld- Irmã mais velha de Heather, Megan se mostra bastante madura e tenta passar a impressão de bem vivida, porém ainda gosta de provocar as irmãs Wilson, alfinetando-as com piadas de duplo sentido e insinuando que não estão em forma, trocando insultos para com estas. Possui uma rivalidade forte em especial para com Tori, julgando-se mais mulher que ela. Vive paquerando o traficante Russ, muito embora ache-o garoto demais para ela. Adora se aproveitar da boa fortuna de seu rico pai Warren, sendo tão mau caráter quanto ele. É tão exibicionista e vulgar quanto sua irmã mais nova.
  • Latrell Spencer- Jogador de rugby muito rico e um apostador nato, Latrell é um negro forte e musculoso, cheio de ginga e bastante narcisista. Galanteador e um tanto quanto tarado, e aficcionado por garotas branquelas(de preferência loiras), ele chega a conhecer Tiffany Wilson(que na verdade é Marcus disfarçado) e se apaixona perdidamente por ela, tentando á todo custo trazê-la para ele. Em um leilão romântico, ela(na verdade Marcus) é vendida para ele por um preço caríssimo(muito embora Kevin tentasse desviá-lo, fingindo que outros homens também estavam interessados, mas Latrell ficou com a última palavra e acabou levando Tiff). Marcus(disfarçado de Tiff) tenta evitar o pervertido atleta, mas tudo o que faz na intenção de afastá-lo somente o atrai mais ainda, fazendo-o ver coisas em comum para com sua amada, á medida que a leva em restaurantes caros tentando impressioná-la. Por ser um pitboy nato, Latrell possui um furioso rottweiler como cão de guarda em sua luxuosa mansão. É um dos suspeitos no caso das irmãs Wilson, e Kevin tenta coletar provas contra ele, para tentar ver se é ou não um dos criminosos. Em certo ponto do filme, se revela fã da música "Thousand Miles".
  • Brittany "Britt" e Tiffany "Tiff" Wilson-Duas irmãs socialites muito ricas que são herdeiras de uma multinacional. Britt e TIff são duas típicas patricinhas, extremamente materialistas e preocupadas com sua aparência física, tendo como grandes rivais as irmãs Vandergeld, também ricas e mimadas, que vivem fazendo de tudo para prejudicá-las, roubando pretendentes e disputando pra ver quem tem os itens mais caros e valiosos. Suas grandes amigas são Karen, Tori e Lisa, com quem costumam sair ás compras, fofocar sobre homens e sair de carro ao som da canção "Thousand Miles", que é praticamente um símbolo da amizade entre elas, dentre outras atividades femininas. Quando as duas são escoltadas pelos irmãos Copeland, acabam não oferecendo o melhor conforto para eles no carro, preocupando-se apenas com o próprio bem estar, até que sofrem um acidente de carro, saindo feridas e submetidas á cirurgia, se negando a serem vistas com seus rostos feridos. Tal ocorrido obriga os dois irmãos a se disfarçarem delas sem que as duas saibam. Possuem um cachorro bassé, chamado de Neném.
  • Warren Vandergeld- Patriarca rico e poderoso, porém também corrupto, da família Vandergeld, é pai das irmãs mimadas Megan e Heather, para quem as duas vivem recorrendo sempre que querem algum dinheiro ou favor em troca, também quando precisam que ele as defenda após serem ofendidas pelas irmãs Wilson, suas amigas ou qualquer outra pessoa. Possui uma dívida com o pai de Karen que alega não ser devedor. Tem pouca ou quase nenhuma paciência para com bajuladores, em especial seu genro Heath, que vive bajulando-o querendo algo em troca. Warren é um dos suspeitos do caso de sequestro ás irmãs Wilson
  • Delegado Elliot Gordon- Chefão do FBI e patrão dos irmãos Copeland, bastante rígido com estes devido ás suas trapalhadas, cabendo a ele resolver os prejuízos causados por estes. Após uma grande falha numa operação, ele ameaça demitir os irmãos que por um fio, aceitam escoltar as irmãs Wilson enquanto seus rivais, Harper e Gomez, resolvem o caso dos seqüestradores(caso que os irmãos Copeland gostariam de resolver por si próprios). Após descobrir o disfarce dos irmãos, o chefe ameaça tirá-los do caso, obrigando-os a resolver por si próprios sem a ajuda do FBI.
  • Agente Jacob Harper- Agente novato do FBI e que juntamente com seu parceiro Vincent Gomez, é rival dos irmãos Copeland no trabalho. Por mais inexperiente que seja, resolveu muitos casos nos quais os irmãos falharam miseravelmente e se acha mais experiente que estes, sempre questionando seus atos e tentando passar por cima de suas missões. Possui certa queda pelas irmãs Wilson e é visto como um bom partido por Karen, após esta se frustrar com Heath e suas atitudes.
  • Agente Vincent Gomez- Parceiro de Harper no FBI, Gomez é mais maduro que este e tenta orientá-lo na intenção de que os dois sejam superiores aos irmãos Copeland no FBI, desbancando-os. Gomez age como se fosse um autêntico agente secreto, tendo postura séria, sisuda e imponente perante situações de risco, ou seja, o completo oposto dos irmãos Copeland, uma vez que é bastante arrogante. Ele e Harper resolveram muitos casos perdidos pelos irmãos e são incumbidos de caçar os seqüestradores enquanto os irmãos são obrigados a escoltar as irmãs socialites.
  • Denise Porter- A bela e sensual reporter do New York Times que cobre a reportagem sobre as socialites; tal qual faz com a cobertura sobre os esportes, envolvendo Latrell Spencer; dentre outras celebridades. Desperta o interesse em Kevin, que tenta conquistá-la para chamar para um encontro, mas tem dificuldades no relacionamento, devido á sua troca de papel. Aproveitando que Latrell está apaixonado por Tiffany(que na verdade é Marcus disfarçado), Kevin se passa por Latrell, tomando as chaves de casa e do carro deste e levando Denise para sua mansão afim de impressioná-la, apesar de alguns ocorridos que fazem Denise suspeitar de tal disfarce, mesmo ela estando bastante atraída por Kevin(que ela pensa ser Latrell).
  • Heath- Um ator desempregado que é namorado de Heather. Na verdade ele apenas a usa como objeto para alcançar certo status na sociedade, mas se mostra bastante interesseiro e falso. Sabendo que Karen é interessada nele, tenta provocá-la fazendo uso de suas posses e a frustra, se mostrando quase sempre indisponível e não valorizando-a como mulher. Vive bajulando o sogro Warren(por quem é detestado), na intenção de conseguir algo dele, muito embora Warren seja esperto e saiba quem Heath é de verdade. Também é um bajulador de Latrell Spencer, juntamente com seu grande amigo Russ, que é um traficante de drogas. tanto Heath quanto Russ são dois suspeitos.
  • Russ- Baladeiro, melhor amigo de Russ e um traficante de drogas. Russ é bastante jovem e abandonou a faculdade para se dedicar á vida no tráfico de drogas. Também é bem ligado á Latrell, para quem vende droga na intenção deste adormecer Tiffany/Marcus afim de transar com ela(que na verdade é ele). Como Marcus engambela Latrell, este vai parar na cama com o próprio Russ. O rapaz possui uma queda por Lisa, e vive sendo seduzido por Megan, muito embora seja aparentemente muito novo para ela.
  • Tony- Agente de Latrell e aparentemente seu melhor amigo. Quase sempre é visto com este, exceto em momentos românticos, onde Latrell só quer sair com garotas(em especial com Tiffany).
  • Gina Copeland- Esposa de Marcus, bastante ciumenta e sempre desconfiada dos triques de seu marido, sendo bastante incompreensiva quanto á profissão deste e sempre achando que ele vive paquerando ou está tendo um caso amoroso com outra, gerando confusões entre eles, já que ele vive tentando provar que é inocente, mas ela acredita que é apenas uma desculpa esfarrapada e ainda considera Kevin como uma espécie de "cúmplice"em suas investidas.
  • Shaunice- Melhor amiga de GIna, bastante sensual e atraente, porém que sempre concorda com as opiniões desta quanto á Marcus, motivando a amiga a romper seu casamento. Aparentemente, possui uma queda por Kevin, mas não é correspondida.
  • Josh-Interesse amoroso de Tori e Gina, bastante disputado entre as duas.
  • Aubrey Allure-Estilista famoso cujas peças serão apresentadas no desfile em que as irmãs Wilson e as irmãs Vandergeld irão participar. Bastante afeminado, surta sempre que uma de suas investidas dá errado e se declara claramente gay, quando seduzido por Megan.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Em 2009, uma sequência para o filme foi anunciada pela Sony.[3] Sony anunciou mais tarde que eles tinham cancelado o filme antes das filmagens.[4] Em 2013, Marlon Wayans confirmou o interesse em reviver a produção da sequel. Em abril de 2014, Marlon declarou que ele quer fazer uma sequel do filme intitulado White Chicks 2.[5]

Em 28 de Junho de 2015, Marlon Wayans postou uma foto com a capa do filme White Chicks 2, onde pede para curtirem a publicação, e se caso atingir a marca de 300 mil curtidas no Instagram, a sequência pode sair. As curtidas na foto postada passaram de 300 mil curtidas.[6]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. Latin Thugs
  2. La Bamba
  3. U Can't Touch This
  4. Hey Ms. Hilton
  5. I Wanna Know - Joe
  6. It's My Life
  7. A Thousand Miles
  8. The Realest Niggas (remix)
  9. Trouble
  10. This Love
  11. Un Simple Histoire
  12. Tipsy
  13. (I Got That) Boom Boom
  14. It's Tricky
  15. Crazy in Love
  16. Satisfaction
  17. Let's Get It Started
  18. Move Your Feet
  19. White Girlso[7]

Recepção[editar | editar código-fonte]

White Chicks teve recepção negativa por parte da crítica especializada. Com base em 31 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 41% no Metacritic. Em avaliações mistas, do The Globe and Mail (Toronto), Liam Lacey disse: "White Chick poderia e deveria ser um filme muito mais pernicioso. Meia dúzia de escritores conseguiram criar uma sucessão de desenhos finos que se somam a "Some Like It Warmed Over", com um toque de fedor."

Do New York Post, Megan Lehmann: "Eles recorrem muitas vezes para piadas flatulência infantis e gags bastante óbvios sobre errantes G-cordas, com o enredo anoréxico culminando com os irmãos que têm - bocejo - que aprenderem a respeitar os sentimentos das mulheres."

Baltimore Sun, Chris Kaltenbach: "Quando Crews está na tela, White Chicks é um filme que não teme nada e ninguém. Quando ele não está, é um filme demasiado hesitante e de coração mole para escalar as alturas a farsa que aspira."

The A.V. Club, Keith Phipps: "A estupidez tem trabalhado para os irmãos Wayans no passado, mas White Chicks provavelmente vai testar a paciência de até mesmo seus fãs mais leais."

TV Guide, Maitland McDonagh: "A simples visão de cintagem homens em micro-mini saias que sofrem as indignidades da cueca tanga, vaias e pegadas de artistas insistentes é bom para um par de risos vulgares, mas eles foram muito enterrados na profunda imundície."

Em avaliações favoráveis, do USA Today, Mike Clark disse: "O que temos é uma variação mexida na ladainha de homens disfarçados como mulheres engraçadas: "Some Like It Hot" e "Tootsie", só para começar. Obviamente, esta farsa atrevida soa reciclada e certamente parece ser na próxima atração. No entanto, também é mais engraçada do que o esperado nas maneiras que você não esperaria."

Do The Hollywood Reporter, Kirk Honeycutt: "Este é o tipo de filme que vai deixar muitos membros da platéia gemendo com o riso - e outros simplesmente gemendo. É sátira / comédia de situação que explora os estereótipos com uma vingança e não conhece a vergonha em empréstimos de filmes muito melhores que vão de "Some Like It Hot" para "Tootsie"."

Chicago Reader, da equipe (não creditado): "Não faz um pingo de sentido, e seu racismo e sexismo limítrofe vai ofender muitas pessoas. Mas a comédia é toda a arte de se vender, e esses caras me venderam; sua indiferença vertiginosa me faz lembrar de crianças que competem para quebrar uns aos outros na hora de dormir depois de sua mãe lhes darem Pepsi com o jantar."

Philadelphia Inquirer, David Hiltbrand: "A primeira família de comédia de humor negro vai neste burlesque obsceno com uma questão óbvia. Eles conseguem seus risos, mas não sem um monte de derramamento feio."[8]

Possui um índice de 15% no Rotten Tomatoes.[9]

Referências

  1. «White Chicks (2004)» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 1 de agosto de 2016. 
  2. «As Branquelas - Filme 2004». AdoroCinema. Consultado em agosto de 2013. 
  3. «White Chicks 2 is canceled by Sony Pictures». DVD Woorld Reporter (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2015. 
  4. «' White Chicks 2' Is On The Way"». Screen Rant (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2015. 
  5. Chris Witherspoon. «Marlon Wayans talks ‘White Chicks 2,’ defends Nick Cannon in whiteface controversy». The Grio (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2015. 
  6. = «As Branquelas pode ganhar sequência depende de você» Verifique |url= (Ajuda). Dammit.com.br. Consultado em 29 de junho de 2015. 
  7. «WHITE CHICKS Soundtrack - List Of Songs». Tv Movie Songs (em inglês). Consultado em agosto de 2013. 
  8. «White Chicks» (em inglês). Metacritic. Consultado em 29 de abril de 2015. 
  9. «White Chicks» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 5 de abril de 2014. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]