Wiener Werkstätte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Wiener Werkstätte
GmbH
Fundação 1903 (1903)
Fundador(es) Koloman Moser e Josef Hoffmann
Destino Falência
Encerramento 1932 (1932)
Sede Viena, Áustria
Website oficial wiener-werkstaette.at

A Wiener Werkstätte fundada em 1903 pelo designer gráfico e pintor Koloman Moser, o arquiteto Josef Hoffmann e o patrono Fritz Waerndorfer, foi uma associação produtiva em Viena, Áustria, que reuniu arquitetos, artistas, designers e artesãos que trabalham em cerâmica, moda, prata, móveis e artes gráficas.[1] A Oficina foi "dedicada à produção artística de artigos utilitários em uma ampla gama de mídias, incluindo serralheria, marroquinaria, encadernação, marcenaria, cerâmica, cartões postais e artes gráficas e joalheria".[2] É considerado um pioneiro do design, e sua influência pode ser vista em estilos posteriores, como Bauhaus e Art Deco.[3]

Após a Primeira Guerra Mundial, a oficina foi assolada por problemas financeiros e escassez de materiais. As tentativas de expandir a base da oficina não tiveram sucesso, assim como uma reorganização sob a direção do artista austríaco Philipp Häusler. Em 1926, o banco do financista da Oficina Otto Primavesi faliu e a Oficina foi abalada na quebra da bolsa de valores em 1929. Em última análise, foi forçado a fechar em 1932.[2][4][5]

Referências

  1. «The Vienna Secession: a History». theviennasecession.com. 2 de junho de 2012. Consultado em 29 de setembro de 2016 
  2. a b Clericuzio, Peter (16 de maio de 2017). «The Wiener Werkstätte Movement Overview and Analysis». The Art Story. Consultado em 29 de dezembro de 2021 
  3. Pevsner, Nikolaus (2005). Pioneers of Modern Design: From William Morris to Walter Gropius. 4th ed. New Haven: Yale University Press. p. 164. ISBN 0300105711.
  4. R. Rosenman (2012). «A History» (em inglês). Vienna Secession. Consultado em 18 de julho de 2017 
  5. «Wiener Werkstätte» (em inglês). Leopold Museum. Consultado em 18 de julho de 2017