WikiScanner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikiscanner
Requer pagamento? não
Gênero base de dados
Cadastro não
Idioma(s) inglês, francês, alemão e japonês
Lançamento 14/08/2007
Desenvolvedor Virgil Griffith
Proprietário Virgil Griffith
Página oficial http://wikiscanner.virgil.gr/

WikiScanner (contração de Wikipedia Scanner)[1] é uma ferramenta criada por Virgil Griffith, um norte-americano de 27 anos (2010), estudante de Ciência da Computação e Sistemas Neurais. Wikiscanner foi liberada em 14 de agosto de 2007,[2] e consiste em um buscador de uma base de dados que contém milhões de editores anônimos da Wikipédia.

Características[editar | editar código-fonte]

O método do WikiScanner é semelhante às ferramentas de busca mais comuns, em que o usuário pode procurar pelos nomes dos possuidores dos domínios que fizeram alterações, pelos locais a partir de onde as mudanças foram feitas, pelo IP dos computadores ou ainda por artigos modificados.

Assim, através do site wikiscanner.virgil.gr é possível buscar os computadores de onde saíram modificações feitas nos artigos da Wikipedia. Atualmente o sistema faz as buscas nas bases de dados das Wikipédias em inglês, alemão e japonês. Mas Griffith, que se define em sua página pessoal como um "cientista louco" e um "tecnologista disrruptivo" (no original, Mad Scientist. Disruptive Technologist.), afirmou:

Através do WikiScanner descobriu-se que críticas e dados negativos acerca de governos e organizações eram muitas vezes apagados dos artigos, e a origem dessas alterações eram os computadores desses mesmos governos (EUA, Austrália, Portugal, Vaticano) e organizações (Microsoft, Apple Inc., PepsiCo, entre outras).[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Katie Hafner (19 de agosto de 2007). «Seeing Corporate Fingerprints in Wikipedia Edits». New York Times. Consultado em 19 de agosto de 2007 
  2. John Borland (14 de agosto de 2007). «See Who's Editing Wikipedia - Diebold, the CIA, a Campaign». Wired. Consultado em 17 de agosto de 2007 
  3. a b Novo site desmascara alterações na Wikipedia, por Marco Aurélio Canônico. Observatório da Imprensa, 29/08/2007 (matéria publicada originalmente pelo jornal Folha de S. Paulo de 28/08/2007 [1]).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a Wikipédia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.