Wikipédia:Artigos bons/arquivo/Parental Advisory

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O selo Parental Advisory atual, introduzido em 1996.

Parental Advisory (abreviado PAL) é uma etiqueta de aviso introduzida primeiramente pela Recording Industry Association of America (RIAA) em 1985 e mais tarde adotado pela British Phonographic Industry (BPI) em 2011. O selo é colocado em gravações de áudio para indicar excesso de palavras de baixo calão ou referências inapropriadas, com a intenção de alertar os pais que naquele produto há material potencialmente incompatível com ouvintes mais jovens. De início, o rótulo era afixado em compact discs (CD) e fitas cassete, e foi mais tarde incluído em listas digitais oferecidas pelas lojas de música online para acompanhar a crescente popularidade do serviço.

Os álbuns com a legenda Parental Advisory são geralmente lançados em conjunto com versões censuradas que reduzem ou eliminam o material questionável. Diversos varejistas distribuem todos os tipos da obra, ocasionalmente com um preço maior para o editado, enquanto alguns vendedores oferecem as edições alteradas como a opção principal e decidem não deixar disponíveis as homólogas explícitas. Contudo, a etiqueta já foi bastante questionada por percebida ineficiência em limitar a quantidade de conteúdo inapropriado ao qual os jovens estão expostos. (leia mais...)